PT não tem o que dizer a respeito de sua crise | Fábio Campana

PT não tem o que dizer
a respeito de sua crise

angeli1

de Josias de Souza, no UOL:

O PT reúne seu diretório nacional nesta sexta-feira. Há sobre a mesa três problemas: um governo na UTI do PMDB, um coletor de verbas na carceragem da Polícia Federal e um partido a caminho da cova. Os dirigentes petistas estão tontos. Não têm nada razoável a dizer a respeito de nenhum desses temas. Não dispondo de uma solução, convivem com a meia-sola.

Num momento em que a palavra impeachment caiu no gosto de 63% dos brasileiros, convém tourear os humores de Eduardo Cunha e Renan Calheiros, os peemedebistas que presidem a Câmara e o Senado. E Michel Temer revelou-se um interlocutor mais promissor do que o ministro petista Aloizio Mercadante, detestado por ambos. De resto, é melhor ter o vice como coordenador do que como conspirador político.

Num instante em que a delação premiada virou ferramenta trivial de investigação, resta ao petismo encarar a cadeia como um puxadinho do próprio PT. O partido está preso junto com o companheiro João Vaccari Neto. O coletor de verbas passou o chapéu munido de procuração da estrela vermelha. Ainda integra a coordenação nacional da corrente majoritária do PT, Construindo um Brasil Novo, a mesma que abriga Lula. Para o PT, um cúmplice parece a essa altura menos danoso do que como delator.

Numa hora em que a conjuntura começa a roer até o prestígio de Lula, o cinismo é o mais próximo que o PT consegue chegar da honestidade. Um líder honrado que comanda uma ilicitocracia há 12 anos e continua enrolado na bandeira da moralidade já não consegue retirar o partido do rumo do cemitério. Mas pelo menos concede ao PT o último privilégio de poder escolher o seu próprio caminho para o inferno.


7 comentários

  1. A CULPA É DO FHC
    sexta-feira, 17 de abril de 2015 – 18:37 hs

    SINAIS DOS TEMPOS.

    NO PASSADO, ALIADO PELO PROCURADOR LUIZ FRANCISCO, PELA PASTORAL RURAL, PELOS ENCARCERADOS, PELOS INTELECTUAIS OS IMPOLUTOS INTEGRANTES DO PT BRADAVA AOS QUATRO VENTOS SEUS PREDICADOS DE HONESTIDADE, PROBIDADE, VINCULAÇÃO COM A VERDADE E INTRANSIGÊNCIA NA DEFESA DO PATRIMÔNIO PÚBLICO.

    HOJE, OS EX-DETENTOS DO PT (CASO DO MENSALÃO) E OS FUTUROS (LAVA JATO), RECLAMAM DA AÇÃO EFICIENTE DA POLÍCIA FEDERAL.

    COMO CONSEQUÊNCIA: O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA NÃO PAGA HÁ MAIS DE DOIS MESES AS DIÁRIAS DOS POLICIAIS FEDERAIS QUE ESTÃO À DISPOSIÇÃO DA OPERAÇÃO LAVA JATO.

    É MAIS UMA CLARA REPRESÁLIA EM RAZÃO DA AÇÕES DA POLÍCIA FEDERAL QUE PRENDE OS LARÁPIOS DOS RECURSOS PÚBLICOS, INVARIAVELMENTE FILIADOS AO PT, QUE AGORA QUEREM CERCEAR O TRABALHO DA PF.

    ACORDA BRASIL!!
    VAMOS EXERCITAR NOSSO DIREITO, AINDA QUE PELAS PRÓPRIAS MÃOS, PRENDENDO PETISTAS LADRÕES DOS NOSSOS RECURSOS.

  2. CRISTOVÃO
    sexta-feira, 17 de abril de 2015 – 18:41 hs

    SÓ ESTA FALTANDO DESLIGAR O APARELHO E ABOTOAR O PALETO

  3. BigPeter
    sexta-feira, 17 de abril de 2015 – 19:18 hs

    Palavras duras; porém reais. Parabéns ao ótimo Josias de Souza. Quanto ao petê, bem esse moribundo já vai tarde, e não vai deiar nenhuma saudade. Pelo contrário.
    Vai deixar apens um rastro de miséria, roubos, falcatruas, e até morte.
    Malditos sejam pela eternidade, petismo canalha.

  4. sexta-feira, 17 de abril de 2015 – 19:24 hs

    Esta seita satânica acabou,vao curtir o inferno da vida,,

  5. Juvenil cordeiro
    sábado, 18 de abril de 2015 – 1:32 hs

    Fora lula fora Dilma. Fora PT
    Estão experimentando do próprio veneno tudo que fizeram para FHC

  6. VISIONÁRIO
    sábado, 18 de abril de 2015 – 5:00 hs

    O PT foi comprovado como verdadeiro partideco de fundo de quintal que
    cresceu confiante no poder dos trabalhadores. Trabalhadores inocentes
    que como força não teria ninguem pela frente. O que aconteceu é que a
    fome do Lula, Dilma e curriola foram maiores do que as fortuna das estatais
    e deu no que deu. Embebedaram tanto no poder a ponto de esquecer a
    chave da casa e dormiram na rua. O PT virou cinza preta !!!

  7. Do Interios.....
    sábado, 18 de abril de 2015 – 9:24 hs

    O PT, a corrupção e a mentira são irmãos siameses. Indissociáveis. Diz que não aceitará mais doações de empresas, mas não larga a tetas das estatais, de onde desviou e desvia dinheiro.

    Como acreditar no PT que coloca no seu estatuto que se, seus membros, condenados em processo judicial será expulso mas que depois de condenados fazem o contrário: além de não expulsar, defendem os condenados, enaltecem os bandidos. Na eleição, diz uma coisa e fez outra. Acusou e critica o capitalismo mas adora dinheiro e anda abraçado com banqueiros.

    Como acreditar que o PT que agora, com essa “declaração” será diferente?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*