Pátria Educadora? Creches? Enem? | Fábio Campana

Pátria Educadora? Creches? Enem?

unnamed

O estudo feito com dados do Siafi (sistema de acompanhamento de gastos federais) aponta uma queda de 85% nos investimentos em educação – de R$ 2,12 bilhões nos três primeiros meses de 2014 para R$ 317 milhões neste ano, diz a coluna Painel da Folha de S. Paulo deste domingo, 5.

No mesmo jornal, Elio Gaspari conta que Lula e Dilma garantiram que o MEC realizaria dois exames do Enem a cada ano. Foi parolagem. Em 2013, quando era ministro da Educação, o comissário Aloizio Mercadante disse que não faria o segundo exame porque sairia caro, preferindo construir mais creches.

Em 2014 não houve o segundo Enem e o desembolso do governo para a construção de creches foi de apenas 25,3% dos R$ 3,5 bilhões previstos, desempenho inferior ao do ano anterior. Trocaram uma parolagem por outra.


7 comentários

  1. Vigilante do Portão
    domingo, 5 de abril de 2015 – 18:50 hs

    Vamos aprofundar o debate?

    Quantas CRECHES o Prefeito construiu?

    Quantas vagas (na gestão dele, não vale citar as obras iniciadas na gestão anterior) foram criadas?

    Na campanha, enfaticamente, falavam em 10 mil vagas.

    Caminhamos para a metade do 3º ano de mandato.

  2. domingo, 5 de abril de 2015 – 19:14 hs

    Roubaram tudo,em um pais serio,seriam condenados a morte?? O que e pouco pela desgraça que fizeram ao nosso pais brasil

  3. Beatrix Kiddo
    domingo, 5 de abril de 2015 – 22:04 hs

    Adoro este tipo de xororô, é coisa de quem não se conforma com o resultado das urnas. Não adianta chorar gente, vamos ter que aguentar o que a maioria dos otários escolheu, eles eram em maior número do que os otários que não escolheram a pre$idanta. Agora nos restam poucas alternativas, os que tem alguma grana e podem sumir para Miami, já estão fazendo isto. Os que podem se arrancar para Miami e lá lavar privadas, ganhando US$1,500.00` mensais que o façam. Mas aqueles que por diversas razões não podem fazer nem uma nem outra coisa façam o que podem, rezem, rezem, rezem bastante, porque só foi isto o que nos restou, fé em Deus e seja o que Ele quiser.

  4. MANOEL BOCUDO.
    segunda-feira, 6 de abril de 2015 – 10:01 hs

    PÁTRIA EDUCADORA ??? E OS REPASSES PARA OS ESTADOS COMO FICA,
    OS PREFEITOS E GOVERNADORES COM OBRAS PARALIZADAS.VÃO COM PIRES NA MÃO ATÉ O GOVERNO FEDERAL E SÓ RECEBEM PAPEIS E PROMESSAS. OS RECURSOS NADA, MAS PARA COMPRAR 36 AVIÕES GRIPEN DA SUÉCIA TEMOS DINHEIRO, OU SERÁ QUE É OUTRA ARMADA PARA PEGAR UM CAPILÉ ??? JATOS PARA POLICIAR BRASÍLIA, TERÃO MUITO TRABALHO PARA MIRAR NOS GATOS DE PROPINAS

  5. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 6 de abril de 2015 – 12:35 hs

    Se o novo ministro está tão bem informado sobre o Brasil e a educação brasileira, quanto demonstrou na entrevista da Folha, então seria melhor chamar o Tiririca para ser ministro. Uma pessoa cheia de conceitos deformados e ideológicos vai levar a um desastre ainda maior a tal “Pátria Inducadora”. Afinal para que serve a educação, como diz Lula, do alto da sua sabedoria de botequim, de quem formou-se na “universidade da vida”…

  6. JÁ ERA...
    segunda-feira, 6 de abril de 2015 – 17:43 hs

    Um país que não investe nada em educação e saúde é simplesmente
    medíocre e com futuro garantido para o inferno. Não podemos esperar
    mais nada deste país… fomos sucateados pelo PT !!!

  7. FUI !!!
    terça-feira, 7 de abril de 2015 – 4:38 hs

    Se o governo investisse o que deve na educação e saúde faltaria dinheiro
    para os políticos. O povão que espere porque os políticos estão MUITO BEM.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*