O salto alto dos doutores da Lava-Jato | Fábio Campana

O salto alto dos doutores da Lava-Jato

sergio_moro
Juízes, procuradores e policiais engrandecidos pela opinião pública tendem a confiar na própria infalibilidade e acham que admitir erro é vergonha. É o contrário

Elio Gaspari, O Globo

O juiz Sérgio Moro esqueceu-se do versinho: “A vida é uma arte, errar faz parte”. Desde novembro, ele se transformou numa esperança de correção e rigor. Botou maganos na cadeia, desmontou as empulhações do governo, da Petrobras e das empreiteiras.

Tomou centenas de providências, mas deu-se mal quando prorrogou a prisão de Marice Corrêa de Lima, cunhada do comissário João Vaccari Neto. Aceitou a prova de um vídeo obtido pela Polícia Federal, endossada pelo Ministério Público, na qual ela foi confundida com Giselda, sua irmã.

Desde o primeiro momento, o advogado de Marice disse que a senhora mostrada no vídeo era Giselda. A própria Giselda informou que era ela quem aparecia no vídeo. Depois de manter a cidadã presa por vários dias, Moro mandou soltá-la dizendo que “neste momento processual, porém, não tem mais este Juízo certeza da correção da premissa utilizada”.

Caso típico para uma bolsa de Madame Natasha. Não se tratava de ter ou não certeza, mas de admitir que houve um erro. O Ministério Público não comentou a trapalhada, e todos esperam por uma perícia da Polícia Federal.

Juízes, procuradores e policiais engrandecidos pela opinião pública tendem a confiar na própria infalibilidade e acham que admitir erro é vergonha. É o contrário. Não custa repetir a explicação do juiz David Souter num voto dado na Corte Suprema, ao admitir que contrariava o que dissera noutro julgamento: “Ignorância, meus senhores, ignorância”.

Elio Gaspari é jornalista


13 comentários

  1. Juca
    domingo, 26 de abril de 2015 – 18:59 hs

    Mas e daí. As duas estão envolvidas e são parecidas. Mas quem usa esses caixas eletrônicos percebe que há uma câmara instalada no equipamento e bem em frente ao rosto da pessoa que se coloca em posição de fazer a operação desejada. Saque, depósito etc. Será que não funciona tal equipamento por defeito ou propositalmente? A fotografia de cada usuário deveria ser colhida no momento da operação bancária, simples, não? Assim não haveria dúvidas quanto à identidade da pessoa!

  2. domingo, 26 de abril de 2015 – 19:02 hs

    PQP ,,O CARA DESMONTA O MUNDO DA CORRUPÇÃO..E QUANDO TEM UM PEQUENINHO ERRO.JÁ QUEREM DETONAR ….FALA SÉRIO..QUE O SER HUMANO É HIPÓCRITA ..ISSO O É;;;;;;;;;;;;;

  3. valdecir trindade
    domingo, 26 de abril de 2015 – 19:16 hs

    Será que um possível equivoco das autoridades responsáveis pela condução da Lava Jato é motivo de tamanha drama? Faça-me o favor Eli Gaspari. Vá plantar batatas.

  4. valdecir trindade
    domingo, 26 de abril de 2015 – 19:16 hs

    corrigindo? TAMANHO

  5. Cesar Bom Retiro
    domingo, 26 de abril de 2015 – 20:24 hs

    Descobri que o Emeregildo é o próprio Elio Gaspari.

  6. Helena
    domingo, 26 de abril de 2015 – 20:46 hs

    Para enfrentar a bandidagem dessa quadrilha, tem usar todos os saltos para enfrentá-los sem medo, e dar-lhes de dedo na cara dos ladrões do povo brasileiro.

  7. BigPeter
    domingo, 26 de abril de 2015 – 22:53 hs

    Péraí doutor Élio.
    Não tenha recaídas petistas, nem comece a botar sua manguinhas de fora. Te conheço de vários e vários carnavais.
    Ele soltou, porque a justiça mandou. Mas não está confirmado que não era ela mesma, a mulher naquela fila de banco.
    E caso a perícia confirme, ela volta na mesma hora pra cadeia. –
    Ademais, ela tem várias outras acusações no lombo, há vários anos; e se Moro quisesse, poderia ter trancafiado-a, impondo-lhe qualquer uma dessas outras acusações.
    Aquilo ali é mercadoria, como se diz no jargão policial, e lugar de gente desse tipo, e ainda petista, é só na cadeia..

  8. Strapasson
    domingo, 26 de abril de 2015 – 23:24 hs

    Elio Gaspari é jornalista e petista.

  9. PEGA PRÁ CAPÁ
    segunda-feira, 27 de abril de 2015 – 0:31 hs

    PASMEM SRS OPERADORES DO DIREITO.

    PARA A PRISÃO PREVENTIVA DEVEM HAVER PROVAS CABAIS DO PREENCHIMENTO DOS SEGUINTES REQUISITOS, QUAIS SEJAM:

    1º: PROVA DA MATERIALIDADE E INDÍCIOS DE AUTORIA;
    2º: PROVA DE QUE O INVESTIGADO VENHA ATRAPALHANDO AS INVESTIGAÇÕES, TAIS COMO DESTRUIÇÃO DE PROVAS, E AMEAÇAS(TORMENTO) A TESTEMUNHAS.
    3º: PROVA DE SUSPEITA DE FUGA EM RAZÃO DA FALTA DE RESIDÊNCIA OU EMPREGO FIXO.
    CONTUDO, PENSO QUE ESSES REQUISITOS NÃO VEM SENDO OBSERVADO, DANDO MARGEM PARA ALGUMAS ABERRAÇÕES JUDICIAIS, E ABRINDO A POSSIBILIDADE DE PEDIDO DE INDENIZAÇÃO..
    É O MEU ENTENDIMENTO, QUE SE QUER CONHEÇO ALGUM DOS INVESTIGADOS.
    ADEMAIS, EXPOR UMA PESSOA NA MÍDIA SEM O CUMPRIMENTO DOS REQUISITOS ORA ELENCADOS FERE-SE OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS ELENCADOS NOS INCISOS: LVII, LXI E LXXV DA CF/88.

  10. ferreira
    segunda-feira, 27 de abril de 2015 – 9:07 hs

    O sr. chapa branca hélio gaspari presta um grande deserviço à nação e um grande serviço aos ptistas e aliados corruptos.
    A prisão dessa senhora foi corretíssima, ela levou 400.000 reais do sr. alberto doleiro e este fato parece que está sendo irrelevante ao colunista ptista, ela deveria ainda estar no xadrez, o mal feito foi libertá-la da prisão !

  11. segunda-feira, 27 de abril de 2015 – 9:08 hs

    “É claro. É o obvio ululante que todos temos que admitir nossos erros. Mas… Devagar com o andor. Isso em hipótese alguma e sob qualquer hipótese ou argumento isso invalida o brilhante trabalho que essa turma de meninos tem feito. Promotores e Juízes. Estão todos de parabéns. Essa nova geração não tem compromisso com as velhas praticas dos acostumados a desviar o erário público sem consequências. Achando que ficarão protegidos do rigor da lei por exercerem mandatos legislativos ou executivos. Com mágicas contábeis inexplicáveis que até uma criança de jardim de infância não acredita. E não precisa ser nenhum especialista em auditoria para saber isso. Está aí para todos verem. O Céu de Brigadeiro dos marqueteiros da campanha está com densas nuvens avisando que maiores tempestades virão por aí. Tudo mentira desse País tupiniquim de terras d’além mar com COMPLEXO DE ALICE. Insistentemente não me canso de repetir que vivemos num País de cordeiros criminosamente alienados. E tenho dito!…” – Profº Celso Bonfim

  12. Beatrix Kiddo
    segunda-feira, 27 de abril de 2015 – 9:24 hs

    Pois é ,pois é, quando começaram a queimar incenso para o juiz Moro, alçando-o aos píncaros que alçaram o JB, só podia dar nisto aí, os microfones e as câmeras das televisões transformam as pessoas em “celebridades da noite para o dia”. Difícil resistir a tanta e tamanha tentação, estar na mídia se torna um obsessão, quase um vício. Este povo segue ao pé da letra aquele ditado popular, tão em voga nestes tempos de redes sociais, falem bem ou falem mal, mas pelo amor de Deus, falem de mim.

  13. Gilberto
    segunda-feira, 27 de abril de 2015 – 15:34 hs

    Afinal de contas, houve roubo ou não? Se houve roubo, foi roubo de pé de chinelo ou foi coisa graúda? Se foi graúda, vamos discutir o fato e tomar providências, ou vamos discutir a cor do bigode do camarão?
    Tem gente que quer tomar tanto cuidado com as potencias ofensas a este ou aquele, e não quer ver o caos que se tornou este país. É muito nhenhenhe.
    Dá-lhe Juiz Moro. Dá-lhe Ministério Público. Dá-lhe Polícia Federal.
    Continuem nos dando um pouco de esperança! Ponham a ladrãozada na cadeia!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*