Richa põe os pingos nos is | Fábio Campana

Richa põe os pingos nos is

Aumento professores

O governador Beto Riha acaba de dar entrevistas para todas as emissoras de TV sobre a reforma previdenciária, sua necessidade nesta quadra da vida paranaense. A reforma será votada amanhã, em segunda rodada. Beto falou também sobre as pressões corporativas e pediu serenidade.Logo mais, no ar.


16 comentários

  1. Carol
    terça-feira, 28 de abril de 2015 – 18:51 hs

    O único problema é que ninguém mais acredita num pingo de i que ele fala, né :/

  2. Nalva Gurgel
    terça-feira, 28 de abril de 2015 – 21:20 hs

    Boa noite Governador….apoio seu partido na Campanha do Senador Aécio Neves….para Predidente…estava firme e forte com todos do PSDB…Beto Richa para Governador..e Senador Alvaro Dias sou do Nordeste do RN…mas gosto de política. ..(Presidente)..que Deus abençoe Vossa Excelência. ..e sua família. …

  3. Sergio Silvestre
    terça-feira, 28 de abril de 2015 – 21:24 hs

    Deveria explicar como consegue quebrar um estado,aumentando a arrecadação e esfolando o contribuinte.
    Sem contar que teve muitos empréstimos e sumiu com o dinheiro,Das duas uma,ou tem uma equipe de larápios no governo,ou ele é megalomaníaco e está jogando dinheiro na lareira.

  4. Zangado
    terça-feira, 28 de abril de 2015 – 21:58 hs

    E ele também pos o pingo no i dele ?
    Ele é um i importante em todos esses is ….
    Talvez o I maiúsculo.

  5. terça-feira, 28 de abril de 2015 – 22:18 hs

    Primeiro tem que por os parentes na cadeia, e depois parar de dar calote no funcionalismo governo caloteiro………

  6. OBSERVADOR
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 0:21 hs

    PARABÉNS GOVERNADOR, POR NÃO SE DEIXAR LEVAR POR ESSES PULHAS DA APP, CUT, MST E PT. E ESSES PROFESSORES MASSA DE MANOBRA QUE VOLTEM PARA A SALA DE AULA, SÃO MUITO BEM PAGOS PARA ISSO. É POR ESSAS E OUTRAS QUE DEFENDO O FIM DA ESTABILIDADE PARA FUNCIONALISMO PÚBLICO.

  7. OBSERVADOR DO SUDOESTE.
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 1:52 hs

    PARABÉNS GOVERNADOR! NÃO SE DOBRE À ESSA GANG PATROCINADA E MOTIVADA PELO PT; APP; CUT E MST. ESSES PROFESSORES ESTÃO SENDO USADOS E SE DEIXAM USAR COMO MASSA DE MANOBRA DA GLEISE E DO REQUIÃO, E DESTES PARTIDECOS INEXPRESSÍVEIS. É POR ESSAS E OUTRAS QUE A TAL ESTABILIDADE DE FUNCIONALISMO PÚBLICO DEVERIA DEIXAR DE EXISTIR.

  8. Kátia Flávia
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 9:00 hs

    Papo furado, esta faltando documentos para o Ministério da Previdência liberar esta reforma, é tudo rolo não fazem nada a favor do povo.

  9. COMANDO
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 9:10 hs

    Chega o povo não é burro, sabemos exatamente o que está acontecendo…

  10. MANOEL BOCUDO.
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 9:31 hs

    VAMOS TODOS JUNTOS PENSAR NO QUE REQUIÃO FEZ COM A PR PREVIDÊNCIA, E AGORA QUER POSAR DE BONZINHO. SERÁ ????
    NINGUEM TIRA DIREITOS DE NINGUEM

  11. Edson
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 9:45 hs

    Caro Fábio! Com todo o respeito que tenho por você e por sua profissão jornalística e apesar de toda a minha antipatia e asco pela CUT, APP e PT, penso que, no caso da Paranaprevidência, o Governador não está correto. O dinheiro do Fundo Previdenciário, cerca de 8,5 bilhões já foi descontado mensalmente na folha de pagamento dos funcionários públicos, portanto, não é propriedade do Estado e sim do funcionalismo. Não pode ser “garfado” para aliviar o caixa do Estado. O funcionalismo não tem culpa pelos erros de administrações anteriores e atuais. A Assembleia Legislativa está somente ratificando o roubo (roubo é subtrair coisa alheia mediante violência). Há promessas de futuramente capitalizar o Fundo de Previdência (para compensar o afano que pretendem fazer agora), mas são promessas. Quem garante que serão cumpridas pelo atual e por futuros governadores? Por quê não jogam tais promessas para cima do Fundo que querem extinguir? A garantia de sustentabilidade da Paranaprevidência que era de 50 anos, agora dizem eles mesmos (o governo e os deputados) que ainda será garantida por 29 anos. Mas o futuro só a Deus pertence. E se os próximos governadores também reduzirem esse tempo? Ninguém sabe dizer o que vai acontecer daqui para a frente. O dinheiro é do servidor, já foi descontado. Não é do governo. Portanto, apossar-se dele é roubo.

  12. CLOVIS PENA -o custo da pressa
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 10:04 hs

    As declarações do ministro mostram alto risco a que se submete o governo do Paraná. Como entender que o governo do estado, tendo feito uma consulta e ainda não recebido o parecer, quer aprovar uma nova lei desconhecendo o teor da resposta à sua própria consulta ? Leia com atenção as palavras do ministro:

    “Se for tomada alguma medida ilegal contra as normas, nós cassaremos imediatamente o certificado”, afirmou. Gabas afirmou que o governo do estado encaminhou recentemente uma solicitação para que a pasta avaliasse as alterações em discussão na Assembleia. Segundo ele, a análise não foi concluída porque faltam informações.

  13. CLOVIS PENA -o custo da pressa
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 10:05 hs

    A matéria completa está na Gazeta do Povo, de hoje.

  14. Johan
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 10:36 hs

    Caro FÁBIO, depois que o governador BETO, em entrevista na data de 06.10.14 afirmou que “o melhor está por vir”, infelizmente ele apenas cometeu impropriedades, que estão derretendo o inicio do seu 2° governo, pois já se passaram 04 meses, e para a sociedade paranaense está se caracterizando um FIASCO. Está longe de ser um governo igual ou parecido ao da Presidente DILMA VAGALUME, que não mais existe, porém está derretendo e comprometendo o potencial político conquistado até 30.12.14. As 04 facções existentes no interior do seu governo, estão provocando fissuras que estão congelando as ações administrativas necessárias para colocar o governo EM PÉ, e que estão paralisando a administração. Assuma o governo, coloque a ALEP nos eixos e mãos a obra, o PARANÁ o aguarda. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a mobilização dos CAMINHONEIROS e a redução de R$ 0,50 por litro de diesel, e proponho com mais intensidade o IMPEACHMENT JÁ, da DILMA, agora no poder, para evitar que cometas maiores VEXAMES e VERGONHAS, praticadas contra a sociedade brasileira. Atenciosamente.

  15. eleitor sem respeito
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 12:02 hs

    Na Gazeta do Povo

    Questionado pelo Jornal de Londrina no último domingo (26), o parlamentar havia dito que votaria contra a proposta por entender que o governo do estado estava descumprindo um acordo com os professores de que não mexeria na previdência estadual. Na segunda-feira (27), porém, Cobra foi um dos 31 deputados a se posicionar a favor da matéria, na primeira votação do projeto.

    Procurado pela reportagem, o parlamentar do PSC disse que estava em uma reunião. Já em um áudio divulgado na internet, ele justificou que o jogo é “desigual” e “extremamente pesado” na Assembleia. “Não queira ninguém de vocês estar na minha pele”, afirmou.

    Na sequência, citou o caso do colega Tercílio Turini (PPS), que, desde que passou a votar com a oposição, não estaria conseguindo aprovar nenhum projeto de autoria dele na Casa. “Oposição aqui não tem vez de nada, nem de ir ao banheiro. O governo só dá coisas pra quem está na base. [Para] quem está na oposição, ele não dá nada”, disse. “Se eu me posicionar na oposição, esse cara [Richa] não me dá nada. Vou ser um deputado de quatro anos fazendo oba-oba, sem levar nada para a minha região.”

    Procurado por telefone, o secretário da Casa Civil, Eduardo Sciarra, não foi encontrado para comentar as declarações.

    Histórico

    Em fevereiro, quando a Assembleia tentou votar a primeira versão do “pacotaço”, Adelino Ribeiro (PSL) afirmou que o secretário da Saúde, Michele Caputo, condicionou a liberação de um ônibus para o transporte de pacientes de um município da base eleitoral do parlamentar ao voto favorável às propostas do governo. Caputo negou as acusações e disse que nem sequer conversou com Ribeiro. Na segunda-feira, Adelino votou contra a mudança na previdência.

  16. luiz¨
    quarta-feira, 29 de abril de 2015 – 13:46 hs

    incompetência tem quantos is?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*