PDT quer se afastar do PT em Curitiba | Fábio Campana

PDT quer se afastar
do PT em Curitiba

fruet1

do Fernando Tupan

Pedetistas de alto coturno estão trabalhando para que o prefeito Gustavo Fruet dê um chute no PT na eleição de 2016. A legenda de Lula e Dilma Rousseff vem sendo bombardeada por denúncias de desvios na Petrobras e outro caso deverá estourar nos próximos meses. A ideia é escantear o PT, continuar próximo ao PV e trazer o PSC de Ratinho Junior e o PMDB de Stephanes Junior para fazer parte do governo. Com o movimento Fruet engorda o tempo de televisão e desarticula a candidatura de Ratinho Jr, que lidera as intenções de votos na Paraná Pesquisa. Ninguém esconde na prefeitura que os petistas são parceiros indesejáveis e incômodos na batalha da reeleição.


11 comentários

  1. Kátia Flávia
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 10:43 hs

    Sai fora do PT !!

  2. quinta-feira, 19 de março de 2015 – 10:54 hs

    NAUM ACREDITO!!!HO GUSTAVO OS CUMPANHEIRO FORAM SEUS CUMPANHEIRO!!!GLEYCI BERNARDO E CIA LMTA POIS SEMPRE FOI UMA EMPRESA O PT!!!AGORA SÓ P QUE O MORO FALOU DELES VC JA QUER DEIXAR OS AMIGOS NA MÃO???POXA NUM FAZ ASSIM NÃO….LEMBRO MUITO DE VC ANDANDO AGARRADO E MÃO NO OMBRO E DANDO ENTREVISTA COLADO E REUNIÃO DENTRO DO AP!!!E AGORA??POXA,,,,,,,

  3. COELHO RICOCHETE
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 11:11 hs

    Boa atitude, mas não vai adiantar: o Fruet é muito ruim mesmo. Não precisa de ajuda nem colaboração dos petinhas. Se embola sozinho.

  4. O CURITIBANO
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 11:57 hs

    APROVEITA E DEVOLVE OS 30 MILHOES DO PAULO BERNARDO E DA GLEISE

  5. henry
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 14:00 hs

    ESTÁ UM POUCO TARDE PRA ESSE AFASTAMENTO DOS corruPTos DO pt,, QUE O GUSTAVO FRUITinha ESTÁ QUERENDO FAZER. JÁ PASSOU O TEMPO DE ARREPENDIMENTO.

  6. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 15:23 hs

    Ele, Fruet, não pode dizer que não sabia:

    O Prefeito, enquanto Deputado, pelo PSDB, capitaneou a CPI do Mensalão, acusando LULA e a turma do PT de Ladroagem.

    Depois, para ser prefeito, aliou-se aos “ladrões”.

  7. DANIEL
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 15:24 hs

    AGORA QUE O “BICHO TÁ PEGANDO” NÃO ADIANTA. CURITIBA NÃO TEM OBRAS, É SÓ PINTURA DE CICLOVIA. O METRÔ (TIRO NO PÉ), PROPOSTA DE CAMPANHA, NEM SAIU DO PAPEL. AS TRINCHEIRAS NECESSÁRIAS EM VÁRIOS PONTOS DA CIDADE, ESQUEÇAM. JÁ ERA “CUMPANHERO” FRUET. NÃO VOTO MAIS EM VOCÊ NEM PRA SINDICO.

  8. Do Interior....
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 16:59 hs

    Bem que faz. Sai dessa fria Fruet

  9. Rafaela Figueiredo
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 17:00 hs

    Fruet elegeu-se pelos seus méritos. Foi um legislador combativo, sério, respeitado e ao mesmo tempo temido pelo PT. O povo paranaense, principalmente o curitibano, o respeitava e o tinha como um dos poucos políticos honestos. Sempre sonhou ser prefeito de Curitiba, em 2004, pelo PMDB e 2012 pelo PSDB, mas foram preteridos. Leiloou seu passe e o PDT o acolheu possibilitando a candidatura, porém cometeu grave erro ao aceitar a coligação com o PT e aceitar como vice Miriam Gonçalves, petista de carteirinha. Elegeu-se porque o povo curitibano sempre o admirou e o respeitou, somente por isso. Ao montar sua equipe de governo cometeu muitos erros, uma equipe de tecnocratas predominante, pouca experiência política e ainda não se preocupou com a distribuição de técnicos nos lugares certos. Através de seus assessores, muitos funcionários de carreira foram preteridos. Perdeu e esta perdendo muitos talentos da casa. Para 2016, como não poderia ser diferente, o nome mais citado para ser candidata do PT à Prefeitura de Curitiba é a vice Miriam Gonçalves, do chamado PT do Bem. Uma resposta firme do partido ao aliado Fruet que se elegeu, segundo eles graças ao PT e não cumpriu 5% dos compromissos que assumiu. Então como diz Fabio pedetistas de alto coturno estão trabalhando para que o prefeito Gustavo Fruet dê um chute no PT. Não vacile Gugu, ainda há tempo!!!

  10. Paporeto
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 18:40 hs

    Para mim o afastamento não irá resolver a questão. Até porque já está no início do final de mandato e terá que cumprir o acordo até o final. Pois a estrutura política não irá permitir já que são muitos acordos e pessoas comandando ao Prefeitura do partido da Vice que alias, como disse é do PT, como ele ficaria rompendo com o partido da Vice?
    Já diz o velho ditado que o remendo fica pior que o soneto, Já que a coisa não foi bem conduzida no passado agora é arcar com as consequências.

  11. Campanario
    quinta-feira, 19 de março de 2015 – 19:31 hs

    Fruet comteu o erro justamente de deixar um monte defuncionarios de carreira tucanos e ligados a ducci que no ultimo momento no segundo turno aderiram oportunistamente a sua candidatura. Vejam o primor que é a URBS, uma empresa dos de ” carreira” e que esta arrebentando com o povo no transporte coletivo. Fruet foi eleito para mudar e se entregou a mesmice, manteve a mesma corja que administrou Curitiba durante 24 anos. O PT não manda nada nessa gestão, bem menos que o Ducci

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*