Grevista pode ter ponto cortado, alerta Justiça | Fábio Campana

Grevista pode ter ponto cortado, alerta Justiça

unnamed

No Tribunal de Justiça do Paraná, o desembargador Luiz Mateus de Lima (foto), que intermediou as negociações entre o governo e representantes da APP-Sindicato fez um alerta ontem aos comandantes do movimento grevista. Disse que a partir de segunda-feira, 9, os professores que não voltarem ao trabalho poderão ter o ponto cortado e deixar de receber pelos dias parados. Mateus de Lima disse que a multa de R$ 20 mil pelo não cumprimento da decisão judicial pode não ser significativa para o sindicado, o mas a perda salarial é uma penalizacão severa para os trabalhadores da educação.


9 comentários

  1. deisy andrade
    sábado, 7 de março de 2015 – 12:05 hs

    a JUSTIÇA está sendo avacalhada pela APP, imagine – eles se
    escondem para não receber a intimação . aumentem a multa , quebrem esses sindicalistas de merda, estão a serviço da dilma/lula corruptos e podres – hum milhão de jovens sem aula, só interessa ao
    PT, O

  2. Do Interior.....
    sábado, 7 de março de 2015 – 14:45 hs

    Neste sábado, nas praças das cidades, o APP-MST-Sindicato, estenderam faixas com os dizeres de beto richa que “… não precisa dos professores para ganhar a eleição…”.

    Utilizou-se somente este tom POLÍTICO, sem mencionar nenhuma reinvidicação da classe.

    Professores, abram o olho!!!!!

  3. Juca
    sábado, 7 de março de 2015 – 14:50 hs

    É isso aí. Nada como uma boa mexida no bolso dessa turma para acabar com a greve. E o leãozinho deve honrar a promessa e pagar os danos causados por sua turma a serviço do PT na Assembleia Legislativa. Essa turma aí pensa que berimbau é gaita,mas não é não.

  4. BigPeter
    sábado, 7 de março de 2015 – 15:56 hs

    Não cortaram ainda? – É por isso que esses desocupados deitam e rolam nesse país.

  5. Mauro Parolin
    sábado, 7 de março de 2015 – 19:54 hs

    Depois de cortar o ponto quero ver o professor que vai repor aula. Ai é que vai feder de uma vez. Vamos com calma Sr. Desembargador.

  6. Sergio Silvestre
    sábado, 7 de março de 2015 – 21:59 hs

    Eita desembargador,para que serve isso hein.Estamos numa democracia sr e greve é um direito a não ser que vossa onipotência pague os atrasados dos professores.

  7. Gustavo Prof.
    sábado, 7 de março de 2015 – 23:54 hs

    Chega de greve. Segunda eu tô na minha escola.

  8. Strapasson
    domingo, 8 de março de 2015 – 11:22 hs

    BIS, Gustavo. Chega de greve. Segunda eu estou na minha escola.

  9. Juca
    domingo, 8 de março de 2015 – 13:03 hs

    S.S. pare de escrever besteiras.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*