Falcão e PT nacional não respeitam o Paraná, afirma Romanelli | Fábio Campana

Falcão e PT nacional
não respeitam o Paraná, afirma Romanelli

roma

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PMDB), líder do Governo na Assembleia Legislativa, criticou em entrevista à rádio CBN Curitiba o presidente nacional do PT, Rui Falcão que disse que o partido vai entrar com uma Adin (ação direta de inconstitucionalidade) contra o reajuste do IPVA no Paraná. “O presidente nacional do PT vem aqui e diz que vai entrar com uma Adin contra uma lei estadual do Paraná. Imagine se fizéssemos o mesmo toda vez que se discutir a governabilidade da presidente Dilma”, disse o deputado.

Com esta atitude, segundo Romanelli, Rui Falcão e o PT estão violando o princípio federativo ao querer retirar recursos da saúde, da educação e dos municípios do Paraná, vez que os recursos do IPVA são destinados a estes serviços e são necessários no momento de crise econômica que o país vive.

“O comportamento que eles estão tendo é absolutamente não condizente com o estado democrático de direito e, mais que tudo, é de desrespeito à relação federativa que temos em nosso país. Não é possível que haja um comportamento assim, de uma intervenção tão drástica no sentido de prejudicar o estado do Paraná”, ressaltou Romanelli.

O deputado, porém, não acredita que os fundamentos da ação do PT prosperarão, vez que o reajuste aconteceu dentro da legalidade. “Foram seguidos o regramento jurídico que prevê a majoração de alíquota, observando os princípios da normalidade e da anterioridade e também é claro utilizando-se a noventena”, completou.


10 comentários

  1. PARANA NETO.
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 18:37 hs

    ….ELES NÃO RESPEITAM NINGUÉM….!!!!!!!!!!!!!!!!!…

    ….POR FAVOR DEMONSTRE INTELIGÊNCIA NOBRE DEPUTADO…..FUJA DESTA GENTE DE QUINTA CATEGORIA….

    …PELO AMOR DE DEUS….ELES QUE ESQUEÇAM O PARANÁ..

    ..PN..

  2. Arne Saknussen Neto
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 18:42 hs

    Dá para dizer que o PSDB e o PMDB do Paraná também não respeitam os paranaenses, dada a quantidade de mentiras contadas pelos representantes destes partidos na última campanha. Dizer que o reajuste aconteceu “dentro da legalidade”é o mesmo que dizer que as doações das empreiteiras ao PT ocorreram dentro da legalidade. A pergunta é : o reajuste foi moral? Foi honesto? Está dentro do pacote “o melhor está por vir”?

  3. Helena
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 19:49 hs

    Sr. Deputado, votei no Gov. Richa porque achei e continuo achando que era o melhor candidato para governar o Paraná. Mas, sou muito sincera em minhas colocações, podendo ser crítica ou elogios, depende de quem a merece. Achei o aumento do IPVA, discrepante com a realidade econômica, se, para o Governo tá ruim, para a população também está. O aumento da alíquota foi alto, desconto à vista é pouco, e as parcelas em apenas três vezes a prazo, também é ínfimo diante dos aumentos diretos e indiretos, pois o valor venal dos carros foi baseado pela tabela FIPE, sendo que o meu carrinho 1.0, não estou conseguindo vender nem mesmo com o preço muito abaixo desta tabela, aliás deputado se o Senhor souber quem quer comprar um bem conservado com valor bem abaixo da referida tabela, me avise tô vendendo para pagar o IPVA, e não aguento mais os preços dos combustíveis, estou descende da classe C (segundo a Dilma) para classe D, E ou outra mais baixo ainda… O preço do carro ou de quaisquer bem, quem regula é o mercado, e não políticos conforme suas necessidades financeiras.

  4. Haroldo
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 20:22 hs

    É lógico que Rui Falcão et caterva estão querendo faturar, mas não se pode negar que o que ocorre no Paraná é uma verdadeira derrama, que pode e precisa ser impedida.
    Onde está o MP que ainda não tomou as medidas contra o aumento abusivo da alíquota, que, aliás é aplicada sobre o valor FIPE dos veículos, hoje muito acima do mercado?
    Aliás, não é só o MP que deveria tomar medidas para impedir que, mais uma vez, o povo paranaense seja extorquido à última medida. Onde estão os deputados, verdadeiros caras-de-pau? E o governador que gastou além das medidas e fez muito pouco? As estradas estão em péssimo estado, ninguém pode negar. Afinal, mais uma vez, o povo vai pagar uma conta decorrente de péssimas administrações, inclusive e principalmente as do atual governador. E esse Romanelli, hein, querendo justificar o injustificável. Será que os valores recolhidos através do IPVA tem sido aplicados convenientemente, dentro das destinações legais?

  5. Haroldo
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 20:24 hs

    Como diz o deputado, o aumento é legal (blah, blah, blah..) Mas a moralidade, hein?

  6. Aguirre
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 20:48 hs

    O Romanelli lembra muito o Romero Jucá: é líder do governo, não importa que governo, e sempre se posiciona contra o interesse da população.

  7. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 20:57 hs

    O Romanelli poderia ao menos cair a ficha e saber onde vai o dinheiro dos nossos impostos.Aumento de 40% do IPVA de uma vez acho que deveríamos adiar ao máximo esse pagamento.

  8. AFANAZIO
    segunda-feira, 23 de março de 2015 – 21:40 hs

    O PT tá querendo falir o nosso Estado ?? Que vergonha !!!! Tá na cara q o PT tá se vingando da Operação Lava Jato !??!?!!

  9. zuleide
    terça-feira, 24 de março de 2015 – 9:29 hs

    O Romaneli você é advogado e esta sendo sacana na sua matéria neste blog. O senhor sabe muito bem que o que esta sendo proposto é corretíssimo. Seja menos sem vergonha.

  10. Helena
    quarta-feira, 25 de março de 2015 – 13:11 hs

    Sérgio Silvestre, concordo com você, vou atrasar o IPVA, tá caro e não tenho essa grana para pagar agora. Vai ficar na garagem.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*