Citação a Lula não atendia a critérios de Janot para tomar providências | Fábio Campana

Citação a Lula não atendia a critérios de Janot para tomar providências

do Painel, Folha de S. Paulo:

O ex-presidente Lula e o ex-ministro Paulo Bernardo não apareceram na lista da Lava Jato, nem mesmo entre os casos arquivados, porque a equipe do procurador-geral Rodrigo Janot adotou dois critérios para analisar as menções a políticos: só pedir abertura de inquérito nos casos de citação direta e, quando fosse indireta, só adotar providências mediante um mínimo “caminho de prova”. A conclusão foi que a menção de Paulo Roberto Costa a Lula não preenchia nenhum dos requisitos.

Uma e outro Sobre a presidente Dilma Rousseff, Janot se manifestou, alegando impedimento constitucional de investigá-la por ato anterior ao mandato, porque havia a acusação de que sua campanha recebeu dinheiro de propina, além do “eles sabiam” do ex-diretor da Petrobras.

Quase Já Paulo Bernardo chegou a figurar na lista até o último domingo, quando foi excluído após divergências na equipe de Janot. A petição sobre o ex-ministro estava pronta. No fim, ele foi arrolado como testemunha no inquérito contra a mulher, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Embaixo Além disso, a PGR avaliou que qualquer investigação contra Lula teria de ser feita pela força-tarefa da Lava Jato, pelo fato de ele não ter foro privilegiado. Só “subiram” para o STF os políticos nessa condição que tinham envolvimento direto.

E ele? Ainda assim, o PSDB deve enviar ofício a Janot para que informe por que a menção a Lula não deu origem a nenhuma petição, ainda que pelo arquivamento.

Ocultos “Apoiamos integralmente o trabalho do procurador-geral, mas falta essa informação aos brasileiros. Mesmo ausentes da lista, Lula e Dilma a encabeçam”, justifica o líder tucano no Senado, Cássio Cunha Lima (PB)


6 comentários

  1. domingo, 8 de março de 2015 – 10:57 hs

    pqp, esse cara é mais escorregadiu que bagre ensaboado !

  2. Magda Montenegro
    domingo, 8 de março de 2015 – 11:00 hs

    Tenho a maior esperança que o nome desses dois, o do Lulla especialmente, fará parte sim, de investigação. Faltam as delações dos empreiteiros É óbvio que ele está por trás de tudo, desde o mensalão, e ela é cúmplice.

  3. Palpiteiro
    domingo, 8 de março de 2015 – 12:14 hs

    É gritante a parcialidade do embromador-geral da república. Só faltou pedir desculpas por ter que mencionar os nomes de Lula e Dilma.

  4. domingo, 8 de março de 2015 – 12:49 hs

    Esses dois miliantes têm muito que responder. Pois devem muitos esclarecimentos , desde a morte do CELSO DANIEL, do MENSALÇAO e agora do PETROLÃO.

  5. LUIZ
    domingo, 8 de março de 2015 – 16:15 hs

    CLARO,SÃO DA MESMA QUADRILHA,CORJA DE VAGABUNDOS,MILITARES FAÇAM JUSTIÇA.

  6. Freddy Kruger
    segunda-feira, 9 de março de 2015 – 13:08 hs

    Depois desta, a Dilma e o Lula ainda tem coragem de dizer que o FHC tinha um procurador engavetador. Com certeza, se houve, ele era fichinha perto deste do PT.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*