A força das universidades estaduais paranaenses | Fábio Campana

A força das universidades estaduais paranaenses

joao carlogs gomes-

de João Carlos Gomes:

O governo do estado do Paraná tem investido na expansão e no fortalecimento do sistema de ensino superior. Hoje, é o único estado brasileiro que mantém sete universidades com recursos próprios. Essa situação faz do Paraná um caso ímpar, seja pelo número de unidades, seja pelo volume de recursos financeiros aportados. Em termos relativos, Paraná e São Paulo são os estados que mais investem no ensino superior.

O investimento do governo do Paraná em ciência, tecnologia e ensino superior e nos hospitais universitários foi de R$ 6,2 bilhões, de 2011 a 2014. Número que demonstra o compromisso com o ensino superior público, gratuito e de qualidade em nosso estado. Nosso sistema de ensino superior oferece graduação gratuita nas mais diversas áreas do conhecimento; ensino de pós-graduação; desenvolve tanto pesquisa básica como aplicada; e promove a extensão, a cultura e a cooperação técnica científica institucional nacional e internacional.

Uma característica do sistema é a regionalização, com ensino presencial em 34 municípios do estado, e ensino a distância que alcança vários outros municípios por meio de cursos e polos credenciados pela Universidade Aberta do Brasil (UAB/MEC). O sistema atende em torno de 100 mil estudantes em 333 cursos de graduação e pós-graduação – em nível de especialização com 263 cursos, 155 mestrados e 58 doutorados. Na graduação, aproximadamente 80% dos estudantes são paranaenses. O sistema conta com um quadro de servidores composto por 9,6 mil agentes universitários e 7.660 docentes, sendo 87% desse total com mestrado e/ou doutorado.

O ensino superior estadual está entre os melhores do país, segundo o Índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação, com muitos cursos de graduação com nota máxima e de pós-graduação com excelente avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O IGC divide as instituições por valores contínuos que vão de 0 a 500 e em faixas que vão de 1 a 5. As universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (Unioeste) e do Centro-Oeste (Unicentro) – universidades já consolidadas que possuem nota 4 – estão classificadas entre as 50 melhores do país, considerando todas as instituições do sistemas federal, estadual e privado). A Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), que está em processo de consolidação, tem nota 3; e a Universidade Estadual do Paraná (Unespar), recentemente criada, passará pela primeira avaliação nos próximos anos.

Diferentemente do panorama nacional, em que as universidades federais oferecem mais da metade dos programas de pós-graduação, no Paraná esta realidade se verifica nas instituições estaduais. Isso se deve ao crescimento significativo dos cursos de mestrado e doutorado nos últimos cinco anos no sistema estadual de ensino superior.

Com a finalidade de dar às nossas universidades estaduais melhores condições de cumprir com seus objetivos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, o governador Beto Richa assinou na semana passada o Decreto 456/2015, que instituiu um grupo de trabalho para realizar estudos para a implantação da autonomia das universidades estaduais do Paraná, atendendo a uma reivindicação de mais de 25 anos de toda a comunidade universitária (docentes, agentes universitários e acadêmicos). Mais uma comprovação do compromisso do governo do estado do Paraná com nossas universidades.

João Carlos Gomes é secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.


4 comentários

  1. Carlão
    segunda-feira, 2 de março de 2015 – 12:10 hs

    tudo para se manter no emprego, né????
    existe ainda a palavra “pelego”????

  2. segunda-feira, 2 de março de 2015 – 13:02 hs

    Também é verdade, basta ler um pouco, se informar melhor, participar de uma Universidade e conhecer outras Universidades do país , para constatar tal fato.

  3. joão batista
    segunda-feira, 2 de março de 2015 – 15:41 hs

    só sé foi lançado por outros governo porque pelo sr Beto nem Brasileiro acredita kkkkkkkkkk

  4. Marllon Oliveira
    segunda-feira, 2 de março de 2015 – 16:18 hs

    Vem aqui na Unespar-Fafipar em Paranaguá pra vcs verem oque é faculdade, descaso total, faculdade em péssimas condições.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*