Professores em greve em todo o Paraná | Fábio Campana

Professores em greve
em todo o Paraná

curitiba_greve_professores_primeiro_dia_03

Os professores entraram em greve hoje em todo o Estado. Segundo a APP-Sindicato, a adesão é alta e deve paralisar toda a rede estadual de ensino. Marlei Fernandes, secretária de Finanças da APP-Sindicato, diz que a mobilização é total.

Hoje, ainda, os professores vão entregar ao governo ofícios em que pedem a retirada de dois projetos de lei que consideram prejudiciais ao funcionalismo. Um é o que acaba com as subidas de nível e com o nível três da progressão da carreira. O outro é o que acaba com as gratificações do anuênio e do quinquenio.

Os professores estão orientados para comparecer às escolas e apresentar seus argumentos aos alunos e pais de alunos.


9 comentários

  1. COMANDO
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 9:02 hs

    Os servidores públicos deste estado merecem dignidade e não sacanagem
    vamos rever essas medidas. B A S T A…

  2. segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 9:30 hs

    Vivemo um momento sombrio da politica brasileira. Com certeza temos a pior leva de gestores públicos em todas as esferas: federal, estaduais e municipais. Gente incompetente que priorizaram loteamentos de cargos, negociatas e corrupção como pilares de suas gestões. Por isso o pais está quebrado, o estado do Paraná e vários estados da federação estão quebrados e a maioria dos municípios da federação estão com grave crise financeira.

  3. srimparcial@yaho.com.br
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 9:40 hs

    Tadinho dos professores estao ganhando pouco em media R$ 8.000,00 fora as vantagens e tem professor que ganha ainda mais, e acqualidade do ensino para o nosso estado e uma beleza ne professores.

  4. Coxa Branca
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 10:35 hs

    Quem está perdendo, e muito, são os alunos. Esse prejuízo ninguém contabiliza. INFELIZMENTE!

  5. Antonio Alvaro Rosar
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 10:39 hs

    Torno a dizer que sou a favor das solicitações de nossa classe, porém esta faltando um pouquinho de divisão de responsabilidades deste caus, pois na esfera Federal os cortes na Educação é de maneira nunca visto e estas bandeiras vermelhas deveriam ser tiradas dos protestos por demonstrar a tendencia de apoiadores que não deveriam ser aceitos por ser uma reivindicação de classe e não de partido, já não basta a bandeira vermelha da energia que subiu 83%.

  6. Morador Centro
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 11:02 hs

    Não entendo como perda de direito, questões como a retirada do vale transporte nas férias, a manutenção pela natureza do benefício e lei que a criou seria ilegal, quanto as licenças a ocorrência durante o ano letivo prejudicaria aos alunos e com certeza a concessão tem que passar pela avaliação superior. Limite de aposentadoria e outros benefícios já foram retirados dos funcionários federais, medidas que me prejudicaram mas que diminuem a diferença entre a iniciativa privada e o setor público. A toda administração pública ou privada os gastos com a folha salarial precisam de limites.

  7. Antonio Alvaro Rosar
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 11:06 hs

    Concordo com você Edilson Fogaça, pois a coisa é feia a nível nacional.

  8. Observador
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 11:40 hs

    Porque será que o Juízes e Promotores não fazem greve. Já sei: por respeito ao povo? ou porque ainda não tem auxilio greve? kkkkk

  9. Do Interior.....
    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 – 13:55 hs

    Concordo com Antônio Alvaro Rosar.

    Não duvido se tiver dinheiro sujo desviado da Petrobrás para o APP sindicato para patrocinar as despesas desta greve!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*