Morreu Dionísio | Fábio Campana

Morreu Dionísio

unnamed

Morreu na madrugada desta segunda-feira, aos 58 anos, no Hospital Vitória, na Cidade Industrial de Curitiba. o comentarista esportivo e ex-jogador Antônio Dionísio Filho, o Djonga. Ele estava internado desde terça-feira (10). Djonga estava com um problema nas vias biliares, chegou a ficar internado alguns dias no final do ano e teve que voltar para o hospital para continuar o tratamento.

Dionísio começou a carreira em 1970, no Botafogo-SP, e ficou mais conhecido quando atuou pelo Atlético-MG entre 1976 a 77. Depois passou por outros clubes do futebol brasileiro, mas fez fama no futebol paranaense. Como lateral-esquerdo, atuou pelo Atlético, Coritiba e Pinheiros (duas vezes), além do Cascavel. Ele conquistou os estaduais de 1984 e 1987 pelo clube que deu origem ao Paraná.


4 comentários

  1. segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015 – 14:47 hs

    É UMA PENA..CONHECI-O QUANDO EU TRABALHAVA NO POTE CHOPP CENTRO DE CURITIBA,,ELE SE TORNOU UM GRANDE AMIGO…GENTE FINA..INTELIGENTE, CRITICAS BEM DIRECIONADAS,,ENFIM….MORREU MUITO CEDO,,,SENTIMENTOS A FAMILIA….

  2. Pedro Rocha
    terça-feira, 17 de fevereiro de 2015 – 6:27 hs

    Mas jogou mesmo, no Furacão; nos tempos da arquibancada de meio tijolo, também conhecida como meia-bunda. –
    Lembro bem dele no Atlético; menino ainda; baita negão; sério; enorme, e um exemplo de atleta.
    Adeus, Djonga. Nós, os atleticanos que tiveram a sorte de conhecer teu futebol, te desejam paz eterna, e condolências à tua família.

  3. Eduardo Moreno
    terça-feira, 17 de fevereiro de 2015 – 13:57 hs

    Sangue bom, Lamentavel´´´´

  4. José Diniz
    quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015 – 11:40 hs

    Que pessoa querida era o Dionga, tratava a todos muito bem. Fiquei triste. Última vez que esse amigo, estava como sempre sorrindo. Me chamava de Dinizinho.
    Amigo, você deixou muita saudade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*