Ex-diretor da Petrobras afirma ter deixado 'alma mais pura' com delação | Fábio Campana

Ex-diretor da Petrobras afirma ter deixado ‘alma mais pura’ com delação

prc
Em defesa apresentada à Justiça, Paulo Roberto Costa diz que ‘sucumbiu às exigências partidárias’ e que ‘está arrependido’

Renato Onofre e Leonardo Guandeline, O Globo

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, o paranaense Paulo Roberto Costa, declarou que “sucumbiu às exigências partidárias” para conseguir virar dirigente da estatal.

Em defesa apresentada à Justiça do Paraná, ontem, Costa disse que a delação premiada “aliviou sua alma” e que está “arrependido amargamente” do que fez.

O delator é um dos principais operadores do esquema de corrupção que desviou cerca de R$ 10 bilhões dos cofres da empresa.


4 comentários

  1. quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 – 12:39 hs

    Se Paulo Roberto Costa e Youssef deram um rombo de R$10.000.000.000,00 (dez bilhões de reais), onde está os outros R$78.000.000.000,00 (setenta e oito bilhões de reais) ? Cadê o nosso dinheiro Dilma, Lula e Graça ? Respondam antes que ele seja encontrado e daí o bicho pega.

  2. Helena
    quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 – 14:57 hs

    Ficou devendo uma delação mais explicita, poupou os dois principais artífice dessa quadrilha da qual foram e ainda são beneficiados por ela – O PODER PETISTA.

  3. eneri h. keke
    sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 – 8:33 hs

    Todo esse dinheiro deveria ser confiscado para cobrir o rombo nos cofres públicos e reverter em benefícios do povo brasileiro e não aumentar impostos, tarifas, etc, como está sendo feito.

  4. QUESTIONADOR
    sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 – 12:39 hs

    -“aliviou sua alma” e que está “arrependido amargamente”…sei me engana que eu gosto!!!
    -Todo este “arrependimento” é porque está preso, caso contrário, continuaria com seus crime…simples assim…se fosse no Irã, já estaria morto!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*