Curitiba fechou 2014 sem dinheiro para cumprir obrigações financeiras | Fábio Campana

Curitiba fechou 2014 sem dinheiro para cumprir obrigações financeiras

fruet1

A prefeitura de Curitiba fechou o ano com apenas R$ 30,7 milhões de disponibilidade de caixa líquida. Pior: nos chamados recursos livres, faltaram R$ 145,1 milhões para fechar as contas.Segundo o balanço, a prefeitura tinha R$ 472,5 milhões em caixa no final de 2014, e R$ 441,7 milhões em obrigações a serem pagas. Isso significa uma disponibilidade líquida de R$ 30,7 milhões. Entretanto, esses números juntam recursos vinculados, as chamadas “verbas carimbadas”, e recursos não vinculados, ou livres. As informações são da Gazeta do Povo.

Nas verbas “carimbadas”, a prefeitura até apresentava uma certa folga – cerca de R$ 175,9 milhões. Mas a folga é relativa: alguns fundos importantes, como os fundos de saúde e urbanização estavam no vermelho – faltavam, respectivamente, R$ 30 milhões e R$ 33 milhões.

Em recursos livres, usados para a maioria das obrigações da prefeitura, o cenário era oposto: a prefeitura tinha R$ 26,6 milhões e precisava de R$ 171,8 milhões para cumprir suas obrigações – um déficit de R$ 145,1 milhões. Isso significa, de maneira resumida, que a prefeitura até tem dinheiro, mas não pode usá-lo por questões legais.

Em 2014, a receita corrente da prefeitura ficou abaixo do que foi orçado inicialmente (96,2%). A expectativa era arrecadar R$ 6,3 bilhões, mas efetivamente entraram no caixa R$ 6,1 bilhões. Tanto as receitas tributárias quanto as transferências recebidas de outros entes governamentais estiveram abaixo do previsto. Não chega a ser uma situação inédita: em 2013, a prefeitura arrecadou 95,6% do que esperava.

Já a taxa de investimento quebrou recordes negativos. Apenas 2,1% das despesas foram com obras ou aquisição de bens permanentes. Desde 2009, essa taxa oscilava entre 4,7% e 6% – a exceção foi 2010, quando foi investido apenas 2,9%. Em relação ao que foi orçado, a queda foi brutal: de 35,9% em 2013 para 9,7% em 2014. Desde 2009, a prefeitura nunca investiu tudo o que era previsto. O melhor desempenho foi em 2009, quando foi investido 62% do orçado.


11 comentários

  1. tadeu rocha
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 14:33 hs

    até que o prefeito esta fazendo milagres… como ele pegou a prefeitura.

  2. Alvaro Lunardi
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 15:12 hs

    Eu acredito que o mesmo vale para o governador, não?

  3. mansueto aires
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 15:29 hs

    OUTRO QUE SE FAZ DE VÍTIMA, PARA ESCONDER A INCOMPETÊNCIA!!!O SALDO NO CAIXA ERA MAIOR QUE AS
    OBRIGAÇÕES…NÃO HAVIA NECESSIDADE DE TARIFAÇO NO
    IPTU – nem da cobrança sem nexo…em data inoportunas…em cima da desvalorização imobiliária…aliás, aquele patrimônio em GUARATUBA foi adquirido como???!!!investiguem nos cartórios…

  4. valdir bassai
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 15:35 hs

    Quer ver a Ptezada vir aqui e dizer que a Prefeitura Municipal de Curitiba estava quebrada e a culpa foi do FHC?
    Estado quebrado ptzada entram em delirio, ja quando falam de Curitiba, ficam caladinhos.
    Ambos estado e municipio falharam administrativamente, mais a ptzada darem uma de corretos, ai não da.

    Ainda bem que o fim deste partideco está chegando.

  5. Ilson
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 16:02 hs

    Agora raciocine o fruet recebeu o governo municipal metade administrado pelo então governador beto richa e metade administrada pelo então deputado federal luciano ducci e o beto richa recebeu o governo estadual reeleito administrado por ele próprio e com uma bomba dessa. Ele consegui duas façanhas deixou a prefeitura num situação critica e agora recebeu o estado administrado por ele mesmo numa situação ainda mais critica…….que tipo de gestores são estes……

  6. sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 16:28 hs

    Se o Estado o Richa deixou de quebrado em quatro anos, imagine como ficou a prefeitura após 8 anos? Gustavo pegou a prefeitura como “terra arrasada” não há como fazer milagres. Sejamos coerentes.

  7. Roberto
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 17:07 hs

    E ainda tem comissionado cara de pau que quer defender o Fruet… O caixa da PMC tá cheio…

    Basta o TC fazer uma auditoria e vai achar o dinheiro…

  8. indignado
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 17:27 hs

    Jaime Lerner, Cássio Taniguchi, Beto Richa, Luciano Ducci e Gustavo Fruet são do mesmo grupo político e se a prefeitura está quebrada cada um tem sua parcela de culpa. Beto fica posando de bonzinho mas Luciano que é baba ovo seu quebrou a prefeitura. Parece que eles combinaram, eu assumo o Estado, deixo a prefeitura quebrada para vc e depois quebro o Estado e nós dois ficamos bem e o povo que se foda!

  9. KAREKA
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 20:21 hs

    ESSE É O VERDADEIRO LEGADO DA COPA DO MUNDO……NO DIA DO SORTEIO…COMEMORARAM, GRITARAM, FESTEJARAM E ATÉ CHORARAM………….E AGORA O POVO QUE COMEMOROU, NÃO PODE RECLAMAR, TUDO É FESTA, O PAIS DO FUTEBOL, DO SAMBA E DO CARNAVAL, É TUDO UMA FESTA………CERTO ESTAVAM EU E O ROMÁRIO, QUE SEMPRE FOMOS CONTRA A COPA DA VERGONHA E DA LADROAGEM….

  10. SOLANGE LOPES
    sábado, 28 de fevereiro de 2015 – 11:37 hs

    Mais uma trapalhada de nosso ilustre Prefeito. A partir do dia 01/04/ todos os funcionários segurados da apólice de Vida em Grupo da PMC podem ficar sem a cobertura do seguro. Ocorre que a Seguradora que detem a apólice, já expediu carta endereçada ao Imap, informando que não renovará a apólice. Com um detalhe, não existe Seguradora no mercado que queira pegar este mico, uma vez que trata-se de um péssimo negócio.

  11. carlos
    sábado, 28 de fevereiro de 2015 – 13:47 hs

    o fruet e imcopetente mesmo nunca trabalhou na vida a careteira de trabalho nunca foi assinada sempre viveu no rabo do pai que foi bebado e corrupto e tambem nao fez nada como prefeito so vivia com o queicho mole o povo de curitiba se fudeu mais uma vez votou no beto bicha e no fruet achando que ia ser igual o pai se fosse assim pae viado ia ter filhos viados tambem ha.ha.ha.ha…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*