Apesar da ameaça de multa, caminhoneiros mantêm protestos | Fábio Campana

Apesar da ameaça de multa, caminhoneiros mantêm protestos

Foto: Luiz Carlos da Cruz/Gazeta do Povo gazeta - greve - estradas

da Gazeta do Povo:

A paralisação dos caminhoneiros entrou nesta sexta-feira (27) no 10º dia sem previsão de acabar. Na manhã desta sexta, havia pelo menos 71 pontos bloqueados em estradas federais de seis estados. Nas rodovias estaduais do Paraná, são 41 trechos interditados, conforme último boletim da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) divulgados às 9 horas.

O protesto, que começou no dia 18 de fevereiro, se intensificou nos últimos dias, comprometendo o abastecimento de combustíveis e suprimentos em vários municípios. Os bloqueios nas estradas chegaram a atingir 12 estados, mas agora estão mais concentrados nos estados do Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul.

Havia a expectativa de que os protestos fossem terminar gradualmente após a reunião de negociação realizada pelo governo com empresários e caminhoneiros, mas as propostas do governo não foram aceitas por toda a categoria. Apesar de parte dos grevistas ter aceito o pacote de propostas do governo, outra parte deles continua paralisada. Para o governo, o pacote atende generosamente os pedidos dos caminhoneiros, e não há como avançar.

Sem acordo
Na tentativa de dissuadir os manifestantes, o governo endureceu o tom e anunciou na quinta-feira que os caminhoneiros que bloquearem as rodovias podem ser multados em até R$ 10 mil. Apesar da ameaça, os protestos continuam nesta sexta.

O presidente da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Diumar Bueno, admitiu nesta quinta-feira que “não foi boa” a aceitação dos caminhoneiros ao acordo apresentado na quarta-feira pelo governo federal, uma vez que os dois principais pleitos da categoria, a redução do diesel e o aumento do frete, não foram contemplados.


10 comentários

  1. Johan
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 15:10 hs

    Caro FÁBIO, os caminhoneiros não necessitam de PELEGOS dos sindicatos para negociar com os dirigentes da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA. Após a infeliz manifestação da presidente DILMA VAGALUME afirmando que o “BRASIL não pára com os caminhoneiros” ela errou profundamente. A sociedade civil deve apoiar e manifestar-se favoravelmente a mobilização dos caminhoneiros. A proposta mais simples para os caminhoneiros é a REDUÇÃO de R$ 0,50 a mais no preço do litro de DIESEL na bomba, no BRASIL, pelos próximos 06 meses. Os caminhoneiros carregam o BRASIL nas costas. Não foram os caminhoneiros que provocaram o endividamento do BRASIL, no valor equivalente a 03 LULLA. UM LULLA equivale a R$ 1.0 tri em CORRUPÇÃO. Não foram os motoristas que elevaram os juros a 12,0% ao ano. Agora eles não podem pagar toda a CORRUPÇÃO e INCOMPETÊNCIA dos membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA. Defendo a liberdade de imprensa, liberdade de investigação e liberdade de opinião. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país”, e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, agora no poder, para evitar maiores desentendimentos e VERGONHAS a sociedade brasileira . Atenciosamente.

  2. AMARAHAL
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 15:29 hs

    Acho interessante que índios, ladrões, bandidos quadrilheiro, MSTistas, quilombolas, prostitutas, presidiário, bolsistas vadios, gls, etc…. possuem mais direitos e podem tudo nesta terra de Alice, mas os pobres trabalhadores são ameaçados com multas e truculências pelos “governantes” corruptos neste país das maravilhas .
    Onde será que estamos, num mundo real ou surreal ???
    Precisamos sair desse pesadelo…..acorda Brasil !

  3. Patobranquense
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 16:24 hs

    País engraçado….quando os vagabundos do MST fazem das suas, como sempre, aliás, as autoridades ficam quietinhas e o nosso senador boquirroto também assim se mantém, qual guri cagado, quietinho….agora, quando uma categoria briga por seus direitos, aí vem a polícia em cima….pqp…

  4. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 16:31 hs

    Porque o governo não convoca as tropas de assalto do lulopetismo para distribuir pancada. O lulopetismo está treinando suas próprias SA e SS. Quem serão seus Röhm e Himmler?

  5. Roberto
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 17:05 hs

    Todo apoio aos caminhoneiros… Mas apoio mesmo… vamos lá, ficar com eles nos protestos… greve geral já…

  6. imaurricci
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 18:55 hs

    Concordo em gênero, número e grau com o comentário lúcido,brilhante e inteligente do Sr JOHAN acima. Parabéns.

  7. sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 19:11 hs

    Fábio,os agricultores,estao em plena safra,nao podem perder a sua colheita,já fomos atropelados,por muita chuva,mas acho,que Ate dia quinze de marco,estamos com as colheitas feitas,que sao o nosso sustento. Mas se o Governo Federal, nao resolver os problemas do Camioneiros,que sao os mesmos dos Agricultores, Pois o Diesel sobe justamente na hora de Voce colher, e o que mais se gasta e diesel nas colheitas,vamos engrossar,e apoiar os Camioneiros,com as nossas maquinas,bloqueando inclusive as estradas de terra!! Aguardem!!!

  8. pereira vieira
    sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 – 22:13 hs

    Os caminhoneiros aproveitaram para escancarar a realidade brasileira.
    o salário que ai está não da pra cobrir as despesas do dia-a-dia, assim como os fretes não pagam os custos do transporte.
    ficou pior com o aumento do diesel e a diminuição da produção industrial.
    precisaríamos engrossar as fileiras protestando junto com essa categoria!
    rumo as BR´s!

  9. JOAO SEM TERRA
    sábado, 28 de fevereiro de 2015 – 14:21 hs

    Contra os caminhoneiros a Justiça agiu rapidamente, agora vamos ver contra os demais.
    O governo federal subiu os combustiveis pela Petrobrás e agora determinou a alta da energia elétrica pela ANEEL, está na hora da bancada do PMDB do Pr, baterem de frente, já que inclusive fazem parte do governo federal.

  10. Maurílio Viana Pereira
    sábado, 28 de fevereiro de 2015 – 16:53 hs

    os (des)governos do beto e da dilma, são natimortos!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*