Youssef pode recuperar até R$ 20 milhões com delação premiada | Fábio Campana

Youssef pode recuperar até R$ 20 milhões com delação premiada

yousseff
Defesa conseguiu inclusão de cláusula na qual doleiro receberá 2% de todo o dinheiro que ajudar a recuperar

SÃO PAULO – Além de garantir pena máxima de cinco anos de prisão, o doleiro Alberto Youssef terá uma vantagem financeira ao fim da operação Lava-Jato. No acordo de delação premiada, a sua defesa conseguiu a inclusão de uma cláusula de performance, ou taxa de sucesso, na qual ele receberá 2% de todo o dinheiro que ajudar a recuperar. Caso a Justiça consiga, com apoio de Youssef, colocar as mãos em uma fortuna de R$ 1 bilhão que circularia em paraísos fiscais, o doleiro embolsaria R$ 20 milhões no final da ação.

O valor é a metade de todos os recursos confiscados pela Justiça em nome de Youssef. Além de imóveis e carros de luxo, a Polícia Federal ainda apreendeu R$ 1,8 milhão em espécie no escritório do doleiro em São Paulo. O acordo de delação premiada foi homologado na quarta-feira pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo tribunal Federal.

A cláusula de performance de Youssef é de 1/50. Ou seja, ele receberá R$ 1 milhão para cada R$ 50 milhões recuperados. A chamada taxa de sucesso é comum nas operações do mercado financeiro. Em dezembro do ano passado, ao denunciar 36 suspeitos no esquema, o Ministério Público Federal pediu o ressarcimento de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, valor que eles querem a ajuda de Youssef para recuperar.

— Não se trata de privilégio, pelo contrário, tudo foi negociado estritamente dentro da lei. A delação é premiada, portanto, pressupõe vantagens ao meu cliente — disse Antonio Figueiredo Basto, que defende Youssef. Ainda segundo o acordo, voltarão para as mãos da família três imóveis e dois automóveis de luxo blindados.

Entre os bens apreendidos de Youssef estão 74 apartamentos em um hotel em Aparecida, no interior de São Paulo, seis apartamentos em um hotel de luxo em Londrina, 35% das ações de um hotel em Jaú, também em São Paulo, e 50% de um terreno de 4,8 mil metros quadrados, avaliado em R$ 5,3 milhões.

Figueiredo Basto voltou a afirmar que seu cliente é “uma peça da engrenagem” do esquema de corrupção na Petrobras. Segundo ele, Youssef se colocou à disposição da Justiça não só para arrecadar recursos desviados como também chegar a pessoas envolvidas nas fraudes.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/youssef-pode-recuperar-ate-20-milhoes-com-delacao-premiada-15143551#ixzz3Pm9BWKK2
© 1996 – 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


8 comentários

  1. LENZA TOLEDO
    sábado, 24 de janeiro de 2015 – 21:38 hs

    Afinal, esse cidadão está preso para ser julgado e condenado ou está apenas internado e sendo preparado para uma boa promoção? Tudo muito esquisito. Esquisito mesmo!

  2. VERDADE
    domingo, 25 de janeiro de 2015 – 0:13 hs

    O que? O cara rouba o povo brasileiro e nos ainda temos que pagar para ele devolver o que eh nosso? Meu Deus…além de sair ileso vai sair com a nossa grana de premio…País de vagabundos todos inclusive quem homologa esta barbaridade!

  3. bico doce
    domingo, 25 de janeiro de 2015 – 1:25 hs

    Está Decretado: No Brasil o crime compensa.
    Em país sério seria enforcamento, fuzilamento, injeção, tiro no ouvido, apedrejamento, jogado aos leões, qualquer coisa letal. Menos acordo com bandido.
    Como diria o filosofo taverneiro, ” isto é como jabuticaba, só dá no Brasil “.

  4. FUI !!!
    domingo, 25 de janeiro de 2015 – 4:34 hs

    Independente da delação premiada como que um cara que rouba tanto
    pode recuperar esta fortuna !!??

  5. justino bonifacio martins
    domingo, 25 de janeiro de 2015 – 8:28 hs

    Não é dinheiro ilícito? Como premiar um safado, 171,com 20 milhões de reais? Com isso a justiça está incentivando a prática da corrupção!

  6. KAKREKA
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 – 13:32 hs

    Pelo visto ele receberá uma PROPINA, se conseguir a devolução do dinheiro roubado………..preso por receber propina, agora é convidado a receber……..isoo dá um nó na minha cabeça….

  7. NA CORDA BAMBA
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 – 15:00 hs

    Que país é este ??? O cara rouba, faz a delação “premiada” e ganha um
    baita premio !? É uma prova contuntende de um país degradado porque
    no momento que sentimos que somos otários pagando tantos impostos
    estratosféricos, os caras roubam descaradamente e cumprem uma pequena
    parcela da pena em regime semiaberto e depois vão gastar a grana toda
    mundo afora… tenho vergonha de ser brasileiro !!!

  8. KAKREKA
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 – 17:13 hs

    RESUMINDO….Eu assalto o banco, levo embora 10 milhoes, a policia me prende, dai eu devolvo 200 mil e vou embora……baita negócio, tchau pessoal estou indo ao banco…..volto semana que vem, mas volto com o bolso cheio.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*