PR e RJ discutem trabalho integrado de segurança na fronteira | Fábio Campana

PR e RJ discutem trabalho integrado de segurança na fronteira

sec. rj e sec. pr

O governador Beto Richa recebeu nesta terça-feira (13), no Palácio Iguaçu, o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame. Ele veio ao Paraná para conhecer o programa de segurança e discutir parcerias para intensificar as ações de combate ao tráfico de drogas e armas na região de fronteira com o Paraguai e Argentina.

“É mais fácil evitar o contrabando na entrada do que já inserido nos grandes centros. Estamos fazendo uma parceria com o Paraná para atuarmos com inteligência policial na nossa fronteira. Com isso, vamos conseguir melhorar os indicadores de segurança em todo o Brasil”, disse o secretário.

Beltrame também elogiou o governador pela indicação do delegado da Polícia Federal Fernando Francischini para o cargo de secretário de segurança. “É um grande nome que tem a expertise da área de segurança pública”, disse ele, que também é policial federal.

O governador Beto Richa também destacou o trabalho de Beltrame na Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro. Richa disse que inspirado no Rio de Janeiro implantou as Unidades Paraná Seguro (UPS) que reduziram a criminalidade no Estado. “O Beltrame realiza um grande trabalho. Todos que estão dispostos a nos ajudar a combater a criminalidade no Estado são bem-vindos”, disse o governador.

Francischini também participou do encontro e defendeu maior integração entre os estados brasileiros para combater a criminalidade nas fronteiras. De acordo com ele, o Estado do Paraná está criando um centro integrado de fronteira para reduzir a entrada de armas e drogas no Brasil.

Segundo ele, o centro contará com policiais de outros estados, como o Rio de Janeiro e São Paulo. “Temos um grande projeto de segurança para o Paraná. É muito importante contar com a experiência e o trabalho de outros estados. Beltrame é muito experiente e conhece bem a realidade da segurança nacional”, afirmou


Um comentário

  1. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 – 12:44 hs

    -Inteligência policial no Paraná…tá bom…conta outra Beltrame!!!
    -A SESP/PR está falida. Os IML’s não possuem médicos legistas, compraram um monte de viaturas da Renault, contrataram muitos policiais militares, mas os índices não abaixam….acho que está faltando mais trabalho de investigação policial e inteligência para antecipar as ações criminosas!!!
    -Sem falar nas explosões de caixas eletrônicos!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*