Indonésia confirma execução de brasileiro para domingo | Fábio Campana

Indonésia confirma execução de brasileiro para domingo

advogado. indon.

O presidente da Indonésia não atendeu a apelos da presidente Dilma Rousseff para poupar a vida de dois brasileiros presos no país asiático e condenados à morte por tráfico de drogas, segundo informou nesta sexta-feira (16) o assessor especial para assuntos internacionais do Brasil, Marco Aurélio Garcia. Informações do G1.

Os dois brasileiros são Marco Archer e Rodrigo Gularte. Segundo Garcia, Dilma conversou por telefone nesta sexta com o presidente indonésio, Joko Widodo. De acordo com o assessor, o fuzilamento de Archer deve ocorrer neste domingo (18).

“Não houve sensibilidade por parte do governo da Indonésia para o pedido de clemência do governo brasileiro. Em princípio, a execução deve se dar à meia-noite de domingo, hora de Jacarta, às 15h no horário de Brasília”, informou Garcia.


18 comentários

  1. jose carlos pinto
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 16:24 hs

    JÁ PENSOU SE FOSSE A TURMA DO PETROLÃO O QUE ERA BALA QUE IAM GASTAR NO FUZILAMENTO.OS GATOS DA PETROBRAS HAJA PAREDÃO HEIM

  2. LUIZ
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 16:31 hs

    DEVERIAM TRANSMITIR ESSE ESPETÁCULO AO VIVO PRA O NOSSO ” ILUSTRE ” PAÍS,SE TIVESSE ESSA LEI JUSTA POR AQUI,NÃO TERIA TANTO LIXO DENTRO DAS CADEIAS.

  3. Juca
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 16:43 hs

    Dá até para imaginar a conversa entre a Dilma e o presidente da Indonésia:

    Dilma: Quebra essa mano, deixa os homes viver e manda eles para cá. Aqui o tráfico de toneladas de pó é punido com penas de trabalho comunitário Mano.

    Joko Widodo: Além disso, os fuzis já foram azeitados mano e o pessoal excitado. Não vai dá não mano. Que é isso mano, aqui a coisa é séria, tenho que manter a moral perante o povo, não é como no Brasil. A companheirada aí, incluindo a senhora Pres. Dilma e o cachaceiro, se estivessem aqui, cometessem os crimes que cometeram no Brasil, também seriam fuzilados. Ponto final mano.

    Uma coisa é certa. Se Marco tivesse sido condenado pelo mesmo crime aqui no Brasil, tinha cumprido uma mixaria de pena e já estaria traficando de novo. Lá de quebra, além da pena de morte ficou fechado 10 anos.

    Agora não adianta chorar, sabia muito bem o que estava fazendo.

  4. ex-funcionário
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 18:01 hs

    Quem sabe um dia essa pena de morte vem pro Brasil?

  5. Dieter
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 20:01 hs

    Sabia dos riscos, entao tem que pagar . O problema do brasileiro é achar que as leis não servem pra ele, afinal de contAs , vive num país onde o respeito pelas normas nao vale grande coisa.

  6. o limpador de traficante
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 20:52 hs

    traficante bom é traficante mortooooooooooo

  7. ser loque gomes
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 20:54 hs

    lamentável somente para a família! mas o negócio é o seguinte: sensibilidade é o que falta aos nossos legisladores em não perceber que, devido a “mansidão” e frouxidão das nossas Leis (principalmente a Constituição e o Código Penal), milhares de famílias brasileiras sofrem na carne a consequência resultante do tráfico de drogas, isso sim é falta de sensibilidade, o resto é conversa pra boi dormir! Quem mandou se meter a traficante por aquelas bandas, pensou que estava no Brasil, paraíso de bandidos de toda ordem (inclusive umas m… de fora que somos obrigados a engolir)! Agora não adianta chorar! Que Deus (Ele sim) tenha piedade de sua alma!

  8. sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 21:29 hs

    É complicado e só me resta lamentar a dor dos pais. Ele errou e tem que pagar pois as leis lá são assim então fazer oK ?

  9. VERDADE
    sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 – 23:19 hs

    Juca…você eh Juca mesmo! Kkkkk

  10. FUI !!!
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 3:24 hs

    Apesar do rigor da pena de morte, o imbecil que trafica na Indonésia
    sabe muito bem que por lá o tráfico de drogas é punido desta forma.
    Mais imbecil ainda é a Dilma e curriola querer fazer bonito tentan-
    do salvar o cara. Esta lei deveria valer por aqui porque assim não
    estaria esta baderna que vemos todos os dias.

  11. Beatrix Kiddo
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 8:23 hs

    Que coisa mais horrível, a companheira presidanta estava crente de que com o seu extraordinário “poder de convencimento” era fazer o presidente da Indonésia voltar atrás. Mas o cara não se deixou enrolar pela companheira, o cara já está acostumado com este tipo de “conversa”. Na próxima vez que o nosso “compatriota” for para a Indonésia ele não puxa mais este tipo de “carguinha”.

  12. NA CORDA BAMBA
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 8:27 hs

    O Brasil continua caminhando na contramão da lógica. Pagamos
    um imposto absurdo, somos roubados na cara, não temos serviços
    dignos de cidadão e ainda existe um bando de idiotas que continuam
    votando neste governo do PT. Lamentável…

  13. Marcão
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 8:36 hs

    Sabia do risco e dançou…

  14. Luiza Crocetta Tonelli
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 8:59 hs

    Minha opinião, se no Brasil se adotasse este modelo! não triamos tanto jovens perdidos,e tantos crimes, e eu só tenho pena dos pais e da familia,, agora ele, era sabedor das leis do Pais,

  15. gilberto
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 10:18 hs

    Isso e perveso desse pais indonesia,o brasil tem q quebrar relacao com esse pais q e um lixo,ofensa pro brasil.dilma acaba com essa relacao com esse pais,estou revoltado,o rapaz nem matou,ja quer executar isso e fim do mundo

  16. Helena
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 11:04 hs

    Cada país tem suas aberrações, aqui pode tudo até quem deveria dar o bom exemplo de honestidade, enquanto lá na Indonésia, traficar não ´pode, mas em nome de do profeta pode sair matando à vontade…

  17. LUIZ
    domingo, 18 de janeiro de 2015 – 13:39 hs

    SR GILBERTO,QUANTOS JOVENS ESSE LIXO MATOU COM A DROGA QUE ELE VENDE,TA COM PENA LEVA PRA TUA CAMA,OTÁRIO

  18. Na Ativa
    domingo, 18 de janeiro de 2015 – 18:58 hs

    Perverso Gilberto, é ver crianças sendo usadas para vender drogas em escolas, contaminando outras crianças.
    Perverso Gilberto, é ver um pai de família perder os seus filhos para o tráfico;
    Perverso Gilberto, é sentir a faca no pescoço de um viciado, que para saciar o seu vício, não se preocupa com as consequências;
    Perverso Gilberto, é ver uma criança ser vítima de estupro em razão do tráfico;
    Perverso Gilberto, é achar que é normal a roubalheira que assola o nosso País;
    Perverso Gilberto, é olhar nos olhos de uma pessoa que perdeu o seu ente querido em razão das drogas;
    Perverso Gilberto, é achar que as leis de um país, por serem diferentes das nossas, o transforma em um lixo;
    Perverso Gilberto, é achar que a atitude dele (traficar), não leva a morte das pessoas;
    Perverso Gilberto, é achar que fazer cumprir a lei, seja em qual país, é uma ofensa ao Brasil;
    Perverso Gilberto, é ler o vosso texto e perguntar onde foi que a professora errou.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*