Indonésia rejeita pedido de Dilma e confirma execução de brasileiro no domingo | Fábio Campana

Indonésia rejeita pedido de Dilma e confirma execução de brasileiro no domingo

unnamed

O presidente da Indonésia não atendeu a apelos da presidente Dilma Rousseff para poupar a vida de dois brasileiros presos no país asiático e condenados à morte por tráfico de drogas, segundo informou nesta sexta-feira (16) o assessor especial para assuntos internacionais do Brasil, Marco Aurélio Garcia. Informações do G1.

Os dois brasileiros são Marco Archer e Rodrigo Gularte. Segundo Garcia, Dilma conversou por telefone nesta sexta com o presidente indonésio, Joko Widodo. De acordo com o assessor, o fuzilamento de Archer deve ocorrer neste domingo (18).

“Não houve sensibilidade por parte do governo da Indonésia para o pedido de clemência do governo brasileiro. Em princípio, a execução deve se dar à meia-noite de domingo, hora de Jacarta, às 15h no horário de Brasília”, informou Garcia.


3 comentários

  1. sábado, 17 de janeiro de 2015 – 17:46 hs

    O PT e um ensentivador das drogas,abrindo as fronteiras das Farcs,Bolívia Paraguay tudo nos conchavos dos Bolivarianos fracassados. Argentina,naomteram gasolina e comida,Venuzuela tem gasolina e nao tem comida,Cuba esta arrazoada e quem e a bola da vez? B R A S I L

  2. fernando
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 18:43 hs

    O BRAZUCA ACHA QUE TUDO PODE….QUE TODO MUNDO EH OTARIO…LA FORA ESCREVEU NAO LEU…PAU COMEU..PARABENS A INDONESIA !!!

  3. Curitiba 2030
    sábado, 17 de janeiro de 2015 – 19:43 hs

    O medo dos brasileiros , era libertarem esse marcos archer e em 2018 ou 2022 ele se candidatar a presidente do Brasil e ganhar , pois estamos em um pais sem leis, parabéns a Indonésia onde prevalece a lei,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*