Empreiteiro da Lava Jato chama Paulo Bernardo para sua defesa | Fábio Campana

Empreiteiro da Lava Jato chama Paulo Bernardo para sua defesa

PB - defesa

O empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, preso desde 14 de novembro na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR), base da Operação Lava Jato, chamou o ex-ministro da Comunicações, Paulo Bernardo, para ser sua testemunha. Em resposta à acusação feita pela Procuradoria, juntado aos autos da Lava Jato nesta quinta-feira, 29, executivo arrolou também o ex-ministro das Defesa, Jaques Wagner,, o candidato à presidência da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT) entre outros deputado. As informações são do Estadão.

Foi chamado ainda o secretário municipal de saúde de São Paulo, José de Filippi Júnior, ex-tesoureiro da campanha de reeleição do ex-presidente Lula (PT), em 2006, e da primeira campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), em 2010, e ex-prefeito de Diadema, cidade da região metropolitana da capital paulista. No documento, a defesa não explica o porquê de ter arrolado estas testemunhas. O executivo é o primeiro empreiteiro, réu da Lava Jato, a arrolar para sua defesa políticos e autoridades muito próximas de Dilma e Lula.

Pessoa é suspeito de liderar o ‘clube vip’ de empreiteiras alvo da Lava Jato, que investiga corrupção e propina na Petrobrás. No documento, ele alega cerceamento de defesa por falta de acesso a documentos e depoimentos prestados em delações premiadas, considerados imprescindíveis para responder à acusação.

“Provas amplamente utilizadas contra o denunciado são mantidas em sigilo sem que ele tenha a oportunidade de conhecê-las por inteiro e possa rebatê-las”, afirmam os criminalistas Alberto Toron, Carla Vanessa Domenico, Renato Marques Martins e Luisa Moraes Abreu Ferreira, que defendem o executivo.

A defesa do executivo fez ainda uma ‘reclamação’ à Justiça. Segundo os advogados, as empresas Odebrecht e Andrade Gutierrez estão na denúncia do Ministério Público, como partes constituintes da ‘organização criminosa’, mas não fazem parte da ação penal.

“A denúncia sustenta que a dita organização criminosa era constituída, entre outras empreiteiras, pela Odebrecht e Andrade Gutierrez. Ocorre que não se vê nenhum controlador ou mesmo executivo destas empresas no polo passivo desta ação penal”.


9 comentários

  1. mauro
    quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 – 16:36 hs

    Esse cara vai arrebanhar a quadrilha inteira, será que chamou o Lula e o Zé Dirceu???????

  2. J&P
    quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 – 16:38 hs

    Quando aparecerem para testemunhar podem virar hóspedes da PF também.

  3. Juca
    quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 – 16:52 hs

    Ele é suspeito, pois participava do governo e todos nesta condição são suspeitos. Ele e a mulher tem de explicar a dinheirama recebida. E membro da quadrilha não serve de testemunha de defesa em favor dos demais membros.Além do mais, todos os políticos são mentirosos e é bom que deponham, pois como testemunhas, se forem aceitos, terão de dizer a verdade sob compromisso perante o Juiz. E podem responder processo por falso testemunho. Vai Pauno Bernardo e minta bastante que vai sobrar para você se Deus quiser, e acho que agora ele quer.

  4. quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 – 17:31 hs

    A bem da verdade nao se escreve corruPTcao, sem o PT !!

  5. quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 – 17:43 hs

    quando estourar a do BNDES vai voar merda pra todos os lados!

  6. FUI !!!
    sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 – 6:06 hs

    O grande problema é que o cara chama estas testemunhas que após o
    depoimento vão ficar presos tambem.

  7. Johan
    sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 – 9:21 hs

    Caro FÁBIO, esse convite para participar como testemunha nesse caso, faz parte do jogo de cena. O PB é membro qualificado da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA, e como tal irá alegar que ” não sabia de nada”. Há também a informação de que é mentiroso como os demais membros, portanto é muito insólito a participação e a contribuição nesse caso. Poderá até contribuir informando que o acusado não praticou nenhum crime. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país”, e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, agora no poder, para evitar maiores dissabores e VERGONHAS a sociedade brasileira. Atenciosamente.

  8. Barboza
    sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 – 9:38 hs

    O candidato do pt a prefeitura de Maringá em 2012 recebeu doação da UTC. Quais outras teriam recebido?

    Seria propina legalizada e o marido da barbie anã o intermediário?

    Veja aí Sergião Moro, que tanto orgulha Maringá.

  9. Sueli Guimaraes
    sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 – 11:37 hs

    E se achava o todo poderoso !!
    Agora tem menos importancia que o tiririca !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*