Em 2014, 28% dos eleitores apontaram compra de votos | Fábio Campana

Em 2014, 28% dos eleitores apontaram compra de votos

compra - votos

Uma pesquisa encomendada pelo TSE sobre as eleições revela um dado espantoso: 28% dos entrevistados dizem ter testemunhado ou tomado conhecimento de episódios de compra e venda de votos em 2014. Em alguns estados, o percentual sobe para 48% – como nos casos do Maranhão e do Acre.Paraná e Distrito Federal registram o mais baixo percentual de respostas positivas sobre a questão: 21%, seguidos de Piauí, São Paulo e Minas Gerais, com 22%, e Rio de Janeiro, com 23%. As informações são de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo.

“Existe ainda muito abuso. É uma realidade, infelizmente”, diz o presidente do TSE, Dias Toffoli. Ele celebra, no entanto, o fato de que 50% dos eleitores entrevistados (1.964 em sete capitais das cinco regiões do país) deram notas entre 8 e 10 à Justiça Eleitoral.

O levantamento servirá de guia para a comunicação do TSE, diz o ministro. O levantamento mostra, por exemplo, que 20% dos eleitores registraram “total desconfiança” nas urnas eletrônicas, dando nota zero ao sistema. Só 16% declaram que elas são “muito confiáveis”.

Toffoli diz que o TSE pretende bater na tecla de que quem organiza a eleição é o Judiciário, “um poder independente e isento”. E que será necessária uma campanha para mostrar que o sistema é seguro e inviolável. “Ele não tem conexão com a internet. É impossível, por exemplo, um hacker entrar em qualquer urna eletrônica”, afirma o magistrado. “O sistema é auditado antes, durante e depois das eleições.”


3 comentários

  1. LUIZ
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 – 13:02 hs

    ENQUANTO EXISTIR A QUADRILHA DO pt,O NORDESTE SEGUE CAMPEÃO NA MODALIDADE COMPRA DE VOTOS,VAI DESDE DENTADURAS ATÉ GARRAFA DE PINGA.

  2. quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 – 14:07 hs

    Qualquer mané sabe que não precisa entrar em “urna merda nenhuma,”, basta controlar o servidor (máquina que recebe as informações) . É que pode um Silvestre da vida dizer ” os “servidores” públicos são incorrup cof cof cof tiveis .

  3. JOÃOZINHO DO SUDOESTE
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 – 15:21 hs

    O eleitor é engraçado,vende e depois admite,é o legitimo NOMEALDO….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*