Dilma toma posse com discurso de ajuste fiscal sem mudanças na política social | Fábio Campana

Dilma toma posse com discurso de ajuste fiscal sem mudanças na política social

dilma_em_minas
Presidente vai dizer nesta quinta que 2015 será ‘difícil’, mas que o crescimento virá ‘antes do que os pessimistas imaginam’

Tânia Monteiro, Estadão

Pelo menos seis quilos mais magra e energizada pela retomada das caminhadas, a presidente Dilma Rousseff assume nesta quinta-feira, dia 1º de janeiro, seu 2.º mandato enfrentando um cenário político e econômico bem diferente e bem mais desfavorável em relação àquele que recebeu das mãos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 1.º de janeiro de 2011.

Com um governo mais Dilma e menos Lula, que estará presente para avalizar a “afilhada”, a presidente reeleita fará no discurso de posse uma defesa do ajuste fiscal e vai reiterar sua disposição de combater ininterruptamente a corrupção, pedindo empenho conjunto de todos contra os malfeitos e as irregularidades.

Dilma também vai, segundo assessores do Planalto, prometer mais crescimento da economia, muito antes do que os “pessimistas imaginam”. Vai argumentar que os ajustes são necessários em 2015, mas que tudo será feito sem traumas, sem se afastar “um milímetro” da promessa de assegurar e ampliar as conquistas sociais obtidas nos últimos 12 anos.


Um comentário

  1. Do Interior....
    quinta-feira, 1 de janeiro de 2015 – 22:02 hs

    Mais impostos para tirar o dinheiro daqueles que o PT ODEIA (dos trabalhadores – parece piada), para dar ao bolsa família e se manter no poder.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*