Atlético é o 5º melhor clube brasileiro no ranking mundial | Fábio Campana

Atlético é o 5º melhor clube brasileiro no ranking mundial

elenco - atlético 2014

da Gazeta do Povo:

O Atlético é o quinto clube brasileiro mais bem-colocado no ranking mundial de times. De acordo coma lista publicada nesta terça-feira (13) pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS), o Furacão está entre as 100 melhores equipes do mundo, na 83ª colocação, com 134 pontos.

Confira os primeiros colocados do ranking da IFFSH.

Em relação aos times brasileiros, o Atlético fica atrás somente do atual bicampeão brasileiro Cruzeiro (14º, com 219 pontos), do Atlético-MG (16º, com 208 pontos), do Grêmio (35º, com 172 pontos) e do São Paulo (45º, com 160 pontos).

O líder do ranking da IFFHS é o Real Madrid. Atual campeão da Liga dos Campeões, o torneio mais importante de clubes do mundo, o time espanhol soma 391 pontos no topo. Em seguida vem o alemão Bayern de Munique, com 276 pontos, o Atlético de Madrid – atual campeão espanhol e vice da Liga dos Campeões -, com 267 pontos, o Barcelona, com 251 pontos e o colombiano Atlético Nacional, com 249,5 pontos.

O ranking da IFFHS computa os resultados de competições oficiais pelo mundo desde 1991. As competições mais valiosas para a lista são a Liga dos Campeões e a Libertadores da América: cada vitória nessas competições valem 14 pontos, enquanto que um empate vale sete pontos.


Primeiros colocados do ranking da IFFSH

1. Real Madrid (Espanha) – 381 pontos

2. Bayern de Munique (Alemanha) – 276 pontos

3. Atlético de Madrid (Espanha) – 267 pontos

4. Barcelona (Espanha) – 251 pontos

5. Atlético Nacional (Colômbia) – 249,5 pontos

6. Juventus (Itália) – 245 pontos

7. Arsenal (Inglaterra) – 233 pontos

7. Napoli (Itália) – 233 pontos

9. River Plate (Argentina) – 228 pontos

9. RB Salzburg (Áustria) – 228 pontos

Equipes brasileiras

14. Cruzeiro – 219 pontos

16. Atlético-MG – 208 pontos

35. Grêmio – 172 pontos

45. São Paulo – 160 pontos

-83. Atlético-Pr – 134 pontos

99. Flamengo – 129 pontos

131. Corinthians – 112 pontos

151. Botafogo – 105 pontos

156. Fluminense – 104 pontos

159. Internacional – 102 pontos

164. Santos – 100 pontos

202. Goiás – 89,5 pontos

214. Bahia e Vitória – 86 pontos

247. Sport – 80 pontos

273. Coritiba – 76 pontos

379. Figueirense – 68 pontos

377. Chapecoense – 64 pontos

392. Criciúma – 62 pontos

439. Palmeiras – 58 pontos


15 comentários

  1. tadeu rocha
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 15:38 hs

    COMEÇOU CEDO AS PIADAS DE 2015,,, ESSA FOI DE FFFFFFF, ..CONTE OUTRA QUEM FALOU ISSO…. CONTE QUEM ESTICOU A COBRA.

  2. Marcão
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 15:39 hs

    ahahahahahahah conta outra Campana, essa foi boa.

  3. TETECA
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 18:45 hs

    Dá-lhe FURACÃO !!!!

  4. Werner
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 18:50 hs

    Então, segundo a gloriosa Federação de História e Estatística do Futebol, Deus criou o mundo em 1991.

    E o Atlético-PR está rankeado à frente de Santos, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Internacional, etc.

    Muito bem.

    Grande federação de História e Estatística !

  5. SOLANGE LOPES
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 18:52 hs

    Também, dando o calote em todo o mundo. O tretis deveria trocar de nome e se chamar ¨não pago¨.

  6. Simões
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 20:54 hs

    Essa foi de fder. Me engana que eu gosto.

  7. Loop
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 21:08 hs

    Se verdade fosse, para que serve a posição se nada ganha!?

  8. terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 22:01 hs

    Confundiram o dia primeiro do ano com o primeiro de ABRIL. Grande piada.

  9. Raphael Junqueira
    terça-feira, 13 de janeiro de 2015 – 22:58 hs

    A inveja é uma m…!,,,
    Chupa que é de uva, coxarada!
    Vão lá no site e confiram, oras!

  10. BigPeter
    quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 – 2:04 hs

    Enquanto a caravana passa, os cães ladram. A inveja é um negócio sério, não? – Aprendam, vocês da periferia, que o Clube Atlético Paranaense é um clube de ponta.
    Um clube de renome e respeito mundial. Infelizmente, pra nós, estaremos sozinhos em pouco tempo; boa parte, ou quase todos os cubes paranaenses, vão desaparecer. É a lei da selva.
    E por aqui, não teremos nem mais em quem bater; ou melhor, desculpem, não teremos mais com quem treinar. Faltarão sparring partners, ou sei lá como se escreve isso em inglês…

  11. Selbach
    quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 – 9:54 hs

    Eu morro e não leio tudo. Será não foram Ets que fizeram esta classificação?

  12. ivan
    quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 – 10:22 hs

    que piada

  13. LUIZ
    quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 – 11:15 hs

    SOU ATLETICANO,MAS TENHO QUE CONCORDAR COM OS ADVERSÁRIOS,DE QUE ADIANTA A NOBREZA SEM A COROA.

  14. Adroaldo Maffuz
    quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 – 13:54 hs

    Atleticano é um argentino nascido em Curitiba. Pensa que torce para o Manchester, que revelou o Messi, que tem o público do Real Madrid e o número de títulos do Barcelona.

  15. BigPeter
    quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 – 5:22 hs

    Não, Adroaldo Maffuz. – Atleticano é um ser forjado na bigorna dura imposta a nós, pelo teu presidente Evangelino Neves pelo José Milani, um esperto presidente da FPF, e pelo teu patrício Munir Calluf.
    Esses três sujeitos, deveriam ter ido da cadeia, para o cemitério, onde estão, por tantas que aprontaram contra o futebol paranaense, e especialmente contra o Clube Atlético Paranaense.
    O futebol estadual não aguentou a dose letal, e morreu. – Não existe mais.Coitado.
    O Clube Atlético Paranaense, por ser forjado em têmpera especial, superou a tudo, ressurgiu das cinzas; empurrou a coxarada pro buraco imundo de onde jamais deveria ter saído, e estamos aí, firmes, fortes, sobranceiros.
    Um dos orgulhos do futebol brasileiro, para o mundo. Enquanto o teu time, já há, quem classifica-o como um clube em extinção…
    Sorry, periferia…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*