Romanelli estreou | Fábio Campana

Romanelli estreou

romanelli

O deputado Luiz Claudio Romanelli, do PMDB, estreou como líder do governo. Ainda não de direito, mas de fato. Foi à tribuna para defender o indefensável, ainda mais para um militante das causas sociais em tempos idos. Gastou o verbo e as citações para defender o tarifaço, a alta dos impostos encaminhada pelo governo Richa à Assembleia. Não consegiu falar muito, sufocado pelas vaias do povo nas galerias. O presidente da Casa, Valdir Rossoni, diante do tumulto, suspendeu a sessão por 15 minutos. Longe dali, o morubixaba do PMDB, senador Requião, vociferava e descia a borduna em Romanelli, em Richa, no novo secretário da Fazenda etc, etc, etc.


6 comentários

  1. PT
    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 – 20:24 hs

    OS EX-GOVERNADORES APOSENTADOS E AS VIÚVAS DOS EX-GOVERNADORES, TAMBÉM PAGARÃO A EXCRESCÊNCIA DOS 11% QUE ESSE GOVERNO QUE AÍ ESTÁ, TENTA EMPURRAR “GOELA ABAIXO” DOS APOSENTADOS DO ESTADO?

  2. Ataide
    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 – 22:19 hs

    Agora passarei acreditar mais no Requião; sou filho de aposentado e jamais esquecerei esta data.

  3. Bernardo
    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 – 1:59 hs

    Como pode a Executiva do PMDB permitir que
    esse deputadozinho assuma esse ridiculo papel de pseudo líder, sendo que o partido lançara candidato contra o atual governador!? Reunam-se senhores, convoquem os membros da Executiva e se necessário for o diretório estadual e decidam se serão oposição ou não, e se forem,cortem as asas desse infeliz que nada mais enxerga, embebecido pelo poder do vil metal. Dá nojo isso tudo! Ulisses da cambalhotas onde estiver sepultado…livrem o velho PMDB dessas desgraças.

  4. Francisco Carlos
    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 – 8:50 hs

    Este é o legítimo político ….. VIRA CASACA.

  5. jaferrer
    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 – 9:31 hs

    O Beto Richa está dando um tiro no pé. Não terá mais como sustentar que o estado está sendo bem administrado e, se continuar com este arrocho e outros como mexer na aposentadoria dos funcionários que são estatutários, suas pretensão para voos mais altos sofrerá abalos. O que tudo indica é que teremos greve no próximo ano.

  6. mae joana
    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 – 17:07 hs

    PARABENS a nos que cometoms mais uma vez o erro de votar parece que gostamos de sofrer e o pior nao pensamos
    nos nosso filhos e netos que herdarao o nossos erros novamente em votar em malaria.DESCULPE FILHO(A) NETO(A)POR NAO APRENDER E CONTINUAR ERRANDO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*