Richa anuncia Casa Civil só depois do dia 18 | Fábio Campana

Richa anuncia Casa Civil só depois do dia 18

rossini-sciarra-deonilson-3

Na semana que entra, o governador Beto Richa deverá anunciar novos e antigos membros de seu secretariado para 2015. O primeiro que ele quer anunciar é o nome de Ratinho Jr, do PSC, na secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Os secretários do staf palaciano só saem no dia 18 de dezembro, depois da diplomação dos eleitos em outubro. A jóia da coroa é a Casa Civil, que se respeitada terá grandes poderes. O deputado Valdir Rossoni está quase fora do páreo. A pasta é cobiçada pelo servo de casa, Deonilson Roldo, que almeja um upgrade, passar de secretário de gabinete para Chefe da Casa Civil. Mas há controvérsias. Nove de cada dez da base de apoio de Richa preferem Eduardo Sciarra, do PSD.


5 comentários

  1. Albert Lamb
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 12:28 hs

    Só para conferir, o mais cotado, esse deputado votou com o partido do Governador, na última grande discussão no Congresso? De fato o povo tem mesmo que tomar no…………..!!!!!

  2. PT
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 12:45 hs

    E O NOVO SECRETÁRIO DA FAZENDA, AQUELE CARLISTA DA BAHIA – SEGUNDO OS JORNAIS, “CRIA” DE ANTONIO CARLOS MAGALHÃES, QUE NA ÉPOCA, AS SUAS ATITUDES CAUSARIAM INVEJA AO MENSALÃO E AO PETROLÃO – AINDA SERÁ “IMPORTADO” POR ESSE GOVERNO QUE AÍ ESTÁ?

  3. Profeta
    domingo, 7 de dezembro de 2014 – 1:58 hs

    OAB/PR pede para Assembleia implodir aumento de tarifas pedido pelo governo
    Nota oficial do Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Paraná divulgada depois da reunião realizada ontem (05):
    Não aos aumentos de impostos e tarifas
    O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Paraná, tendo em vista as notícias sobre majoração de impostos e tarifas a serem promovidas pelas diferentes instâncias governamentais, vem a público declarar sua indignação, pelas razões que a seguir expõe:
    1. A população brasileira já é vítima de carga tributária excessiva, sem que haja contrapartida do poder público em áreas fundamentais como saúde, educação e segurança, entre outras;
    2. Nesse sentido, é lícito esperar que a administração pública ofereça, de sua parte, demonstrações de gestão racional dos recursos do erário, eficiência gerencial e combate total e irrestrito aos casos de corrupção;
    3. O aumento de impostos e tarifas irá gerar retração econômica e desemprego, prejudicando a distribuição de riquezas e, ao fim do círculo vicioso, a arrecadação do próprio governo;
    4. A imensa maioria dos brasileiros que vive do seu trabalho, diário e árduo, endividada ao limite, repudia o caminho fácil da majoração de impostos e tarifas, enquanto a lassidão governamental não dá retorno aos anseios de quem já paga muito para usufruir muito pouco.
    Isso posto, a OAB Paraná conclama o Poder Legislativo, a quem cabe aprovar as medidas oriundas de cada instância executiva, a votar de acordo com as aspirações da população, que lhes outorgou mandato e não pode, mais uma vez, arcar com as consequências da falta de planejamento.

  4. domingo, 7 de dezembro de 2014 – 10:52 hs

    UMA DAS PESSOAS MAIS COMPETENTES NO BRASIL,,SR REINHOLD STEPHANES NAO PODE FICAR FORA DE UM CARGO PÚBLICO, ..POIS SEMPRE DESEMPENHOU COM MUITA CAPACIDADE……………………………………..EM TODAS AS AREAS EM QUE ATUOU;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

  5. incredula
    segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 – 9:26 hs

    Vou mandar fazer o adesivo volta Requiâo. Só porque ganhou a eleição esse gov mostrou todo o lixo que tem nas gavetas. Eles não querem economia, querem que o povo continue pagando a conta salgada da desorganização e da incompetência.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*