PF deflagra operação para combater corrupção no IBAMA | Fábio Campana

PF deflagra operação para combater corrupção no IBAMA

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (2), a Operação “Ferro e Fogo I e II, para desarticular uma organização criminosa formada por servidores públicos do IBAMA, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão – SEMA e empresários. A quadrilha atuava nas cidades de São Luis e Imperatriz.

Os servidores desses órgãos auxiliavam na tramitação de processos administrativos e repassavam informações privilegiadas a particulares acerca de fiscalizações, fraudes em processos ambientais, entre outros. Foram cumpridos dois mandados de prisões preventivas, 21 mandados de prisão temporária, 28 mandados de busca e apreensão e seis conduções coercitivas de pessoas diretamente envolvidas com os fatos.

As investigações tiveram início em setembro de 2013, após informações repassadas pelo IBAMA de que alguns servidores da autarquia estariam envolvidos em atividades ilícitas relacionadas, inclusive, com áreas protegidas da Amazônia. As investigações revelaram desvios de condutas de 15 servidores do IBAMA, de um servidor do SEMA e de dois ex-superintendentes adjuntos da SEMA, sendo que um deles ocupa hoje o cargo de Superintendente do INCRA do Estado do Maranhão.

Os investigados estão sendo acusados de praticarem vários atos de corrupção, exigindo e propina para aliviar e sabotar a fiscalização. Os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa, concussão, corrupção passiva e ativa, prevaricação, advocacia administrativa e violação de sigilo funcional, cujas penas, somadas, podem chegar a 25 anos de reclusão.

*O nome da operação remete ao livro “A Ferro e Fogo” do pesquisador Warren Dean. Esse livro narra com rigor histórico as formas de destruição da floresta brasileira.


10 comentários

  1. justino bonifacio martins
    terça-feira, 2 de dezembro de 2014 – 16:24 hs

    Providencia tardia mas benvinda, visto que há muito esse órgão vem servindo aos interesses da turma da motosserra, daqueles que aprovaram o retalho do Código Florestal, dos que desmatam e promovem queimadas. Espero que a turma do PSDB e do DEMO apoiem. Será que vão dar tiro no pe?

  2. Tarzan
    terça-feira, 2 de dezembro de 2014 – 17:19 hs

    Quando será que essa podridão de corruptos vai acabar? Os caras são muitos caras de pau.

  3. terça-feira, 2 de dezembro de 2014 – 19:36 hs

    I A P,este e o problema,infeliz o PAIS,e em que quem, quer produzir,e tem que esperar a aprovação de quem nao faz nada. ESTE PESSOAL DO IAP ESTAO NA MAO DOQS GRANDRAO!!!! QOs peque que q.s.f.

  4. Beatrix Kiddo
    terça-feira, 2 de dezembro de 2014 – 20:50 hs

    Pelo amor de Deus, se é que você já acredita nele companheira, mande este pessoal da PF parar de se meter em órgãos estatais, daqui a pouco vão faltar funcionários até para atender o telefone. Lugar de funcionário público corrupto nem é na rua, é na cadeia mesmo.

  5. terça-feira, 2 de dezembro de 2014 – 20:54 hs

    Este meu Brasil virou o País da CORRUPÇÃO, pois dia sim outro não, senão todos os dias há uma comprovação de corrupção. O PT aprimorou e lapidou a corrupção de tal maneira de que ela vem a tona diariamente. Triste destino País e da nossa população. Até quando iremos nos conter? Até quando eles nos explorarão afora os desmandos e a má gestão.

  6. MENSALEIRO JÚNIOR
    terça-feira, 2 de dezembro de 2014 – 21:48 hs

    EU GOSTARIA DE SABER EM QUAL ÓRGÃO APARELHADO PELO PT NÃO EXISTE CORRUPÇÃO. TALVEZ O SS OU O JBM POSSAM ME INFORMAR. DESDE JÁ AGRADEÇO SE ELES SOUBEREM INFORMAR EM QUAL ÓRGÃO NÃO TEM CORRUPÇÃO.

  7. Magaiver
    quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 – 9:03 hs

    Quem tem que fiscalizar e punir ROUBA, Tamu perdido !!

  8. Juca
    quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 – 9:35 hs

    No IBAMA a exemplo de todos os órgãos públicos aparelhados pelo PT vão ser encontrados muitos caras de pau!

  9. De Olho
    quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 – 12:25 hs

    Tinha que ter uma investigação do MPF aqui no Paraná, principalmente no IAP (Instituto Ambiental do Paraná), foco de corrupção em vendas de licença Industrial e Florestal, começando pelo presidente do orgão que em quatro anos enriqueceu, é só ver o salário que ganha com a vida que leva, construindo mansão em Jacarezinho e um super barco, isso que ele é técnico de nível médio.

  10. LUIZ B.
    quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 – 12:55 hs

    COMO SEMPRE A ESCÓRIA DOS CORRU=PT=OS NÃO SABIA DE NADA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*