Joaquim Levy sitiado | Fábio Campana

Joaquim Levy sitiado

joaquim-levy
Ilimar Franco

Nomeado pela presidente Dilma com a tarefa de fazer um ajuste fiscal, o novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, não tem sustentação política. Analistas preveem que ele terá de enfrentar muitas contestações, inclusive as que virão de dentro do Planalto. Os principais operadores da presidente (Aloizio Mercadante, Miguel Rossetto e Pepe Vargas) resistem a ajustes ditos “neoliberais”.


Um comentário

  1. Luigi
    segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 – 13:57 hs

    Imaginem só se esse gran tecnocrata, que passa longe do sociogramscismo que domina esse governo, vai dar conta de segurar o dique prestes a estourar, quando o déficit do governo já é o maior da história (Estadao de 29/12/14)?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*