Dilma carimba novo governo com marca do fisiologismo ao tirar Aldo do Esporte | Fábio Campana

Dilma carimba novo governo com marca do fisiologismo ao tirar Aldo do Esporte

o-ministro-do-esportes-aldo-rebelo-concede-entrevista-para-o-programa-uol-esporte-entrevista-no-estudio-do-uol-em-sao-paulo-nesta-sexta-feira-1328905623180_615x300

Via Blog do Camarotti, no G1

Na noite desta segunda-feira (22), a presidente Dilma Rousseff chamou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), ao seu gabinete no Palácio do Planalto. A conversa foi longa. Dilma não poderia manter o compromisso assumido com Aldo, em dezembro de 2013, quando ele decidiu não disputar a reeleição para deputado federal. O acerto era de que ele permaneceria no comando do Esporte durante a Copa do Mundo (o que aconteceu) e nas Olimpíadas (o que não vai acontecer).

É verdade que Dilma queria confirmar Aldo Rebelo no Ministério do Esporte. Mas foi impedida, porque a pasta passou a ser cobiçada por outros partidos: PMDB, PT e PRB. Com Copa e Olimpíadas, o Esporte deixou de ser o “patinho feio” da Esplanada dos Ministérios.
Como já é tradição, o loteamento político pesou mais na hora de Dilma tomar uma decisão. O PRB aumentou o tamanho de sua bancada na Câmara dos Deputados na eleição deste ano. Com mais poder de barganha, a sigla exigiu trocar a Pesca pelo Esporte. Por outro lado, o PC do B de Aldo encolheu o número de deputados e perdeu um senador. Enfraquecido, teve que ceder.
No entanto, Aldo Rebelo caiu para cima. Para compensar um aliado fiel, Dilma transferiu o comunista para o Ministério da Ciência e Tecnologia. O PC do B, contudo, perdeu visibilidade nacional.
Aldo assumiu os Esportes no momento em que o governo Dilma vivia uma crise política com a faxina na Esplanada dos Ministérios. Deu credibilidade ao ministério e viabilizou a Copa do Mundo.
Por causa do toma-lá-dá-cá, Dilma decidiu correr todos os riscos ao colocar um ilustre representante do baixo clero no Esporte: o deputado George Hilton, do PRB. Com isso, Dilma inicia o seu segundo governo com o carimbo do fisiologismo.


2 comentários

  1. CORINGA
    segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 – 9:02 hs

    O PC do B FOI EXTREMAMENTE INCOMPETENTE NA ADMINISTRAÇÃO DO ESPORTE .O ESPORTE CHEGOU AO VÃO DO TACO.A UNICA PREOCUPAÇÃO DOS ADMINISTRADORES DO ESPORTE NESTES ÚLTIMOS 12 ANOS SÓ ESCÂNDALOS. SUPERFATURAMENTO EM OBRAS.OBRAS REALIZADAS CONDENADAS POR ERRO DE PROJETOS E MATERIAIS DE BAIXA QUALIDADE.OS PROJETOS SOCIAIS QUE ALCANÇARAM RECONHECIMENTO INTERNACIONAIS FORAM DIZIMADOS . SOBRARAM APENAS OS CARGOS DE ASSESSORES QUE VIAJAM AS CUSTAS DO ERÁRIO PELO BRASIL E PELO EXTERIOR COM JUSTIFICATIVAS MAIS ABSURDAS E SEM PÉ NEM CABEÇA.CHEGA DE MAMAR QUEM SABE AGORA ESTA NA HORA DE TRABALHAR, NÃO SEI SE ELES SABEM MAS DEVERIAM APRENDER NÃO FAZ MAL É BOM VOCÊS VÃO VER.

  2. Johan
    segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 – 15:39 hs

    Caro FÁBIO, há necessidade de avaliar o passado dos novos ministros, pois foi a mesma “DILMA LANTERNA” que anunciou no dia da comunicação de que sucederia DILMA, onde exerceria o “novo governo, com novas idéias”. A presidente “DILMA LANTERNA” continua a mesma, indicando para ministro um representante do baixo clero, um mesmo que a tempo passado, já foi pego com 11 caixas de dinheiro. Ela não consegue se libertar do dinheiro. Sair dessa roda viva dos “cumpanheros”. Serão mais 04 anos de desastres econômicos, e haja economia e trabalho da sociedade para pagar os IMPOSTOS tomados das populações mais necessitadas, para repassar aos membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA. Irá faltar penitenciária. Defendo a liberdade de imprensa, liberdade de opinião e liberdade de investigação. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país” e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, antes da posse, para evitar maiores constrangimentos e VERGONHAS a sociedade brasileira. Atenciosamente. .

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*