Deputados aprovam projeto que acaba com o feriado do dia 19/12 | Fábio Campana

Deputados aprovam projeto que acaba com o feriado do dia 19/12

Os deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira (16), a revogação do feriado do dia 19 de dezembro, data da Emancipação Política do Paraná. Para valer, o projeto precisa passar por uma segunda votação e ser sancionado pelo governador Beto Richa antes de quinta-feira (18).

Pela proposta, a data da emancipação política do estado, não será considerada feriado civil e sim ponto facultativo. Caberá às repartições públicas definirem, por decreto. O placar da votação foi de 36 deputados a favor da revogação e de 6 contra.

Para o deputado Valdir Rossoni, que apresentou o projeto, a data só foi considerada feriado ou ponto facultativo pelos órgãos públicos e que, diante da discussão que se instalou nos últimos dias, poderia haver prejuízos à economia do Estado, ainda mais um feriados próximo ao fim de ano.


10 comentários

  1. TÁ CERTO
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 9:34 hs

    TEM QUE ACABAR COM FERIADOS E INCLUSIVE OS RECESSOS PARLAMENTARES O PAIS PRECISA DE PRODUÇÃO E O POVO QUER SEUS REPRESENTANTES TRABALHANDO TAMBÉM.

  2. tadeu rocha
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 9:36 hs

    VOTE NELES BRASILEIROS BURROS…….

  3. ricardo crovador
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 10:18 hs

    Eles servem aos seus senhores, os empresários.

  4. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 10:51 hs

    Cinquenta anos vigorando e jamais houve confusão ou dúvida sobre se era ou não feriado. Alguém semeia a cizânia e é preciso mobilizar o Poder Legislativo estadual para sanar a dúvida. Coisas do Paraná.

  5. Valdenir
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 14:30 hs

    NÃO ENTENDERAM AINDA PESSOAL!!!!

    ELES SÃO OS COMERCIANTES, E O PREJUÍZOS VÃO ATRAPALHAR A ECONOMIA DELES……

    ELES SÃO OS SENHORES DO MUNDO, TUDO O QUE FOR CONTRA A ELES, ELES VOTAM E PRONTO, NINGUÉM MAIS ATRAPALHA….

    E OUTRA… NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES ELES VÃO SER ELEITOS NOVAMENTE…. NÓS SOMOS ACOMODADOS E ELES AGRADECEM…

  6. CLAUDIO
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 18:22 hs

    AINDA BEM QUE VOTARAM CONTRA ESTE FERIADO MAS PRECISA REVER OUTROS FERIADOS E VOTAR CONTRA O MPAIS NAO PODE PARAR.

  7. anti pt
    quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 – 23:44 hs

    O BETO VAI SER A FAVOR DO FERIADO,POIS ELE NAO É MUITO CHEGADO AO TRABALHO

  8. Peter
    quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 – 9:29 hs

    Teatro continua em alta!!!

    Quando anunciado que a Alep iria se pronunciar sobre o assunto “vamos e venhamos” nós trabalhadores das diversas categorias que movimentam o estado já sabíamos que o resultado não seria favorável aos “eleitores” que elegeram os deputados “Copa do Mundo” , “Olimpíadas” , mas creio que fica melhor chamá-los de “Bissextos”.

    Ora, ora, 34 a 17 na votação do pacote de aumento de impostos proposto pelo governo, e agora para agradar os empregadores 36 a 6 na aprovação de projeto de autoria do ‘Deputado’ revogando a Lei 4.658, de 1962.

    O que é fato em tudo isso, é que nós trabalhadores estamos tomando goleada em cima de goleada, parecemos aqueles times que não ganham uma para alegrar sua torcida “a família” que também perde com essa nova aprovação da Alep que joga a favor da minoria.

    Faço o que eu “dito”, mas não faça o que eu faço, realmente temos que concordar com os Deputados que votaram contra os trabalhadores, ficar um dia a mais em casa sem produzir causa um prejuízo muito grande ao estado, mas ausentar-se para trabalhar na campanha de reeleição, ou para ajudar o governo, e ainda de quebra ter 55 dias de recesso, com certeza não gera prejuízo aos cofres púbicos, e sabe por que?

    Porque a grande massa de trabalhadores continuam na labuta. Ou será que causa!?

    Hummmm!!! “…somos todos iguais…” mas por quê Senhores Deputados os trabalhadores de um segmento tem o direito assegurado a folgar no feriado e nós não!? Nós também queremos fazer valer o direito ao convívio familiar, ao descanso, ao lazer, a educação, a saúde a segurança, me desculpem toquei em assuntos que os senhores gostam de empurrar com a urna, porque se resolvessem os problemas, ou votassem projetos voltados a estes, não teriam mais discursos empolgantes para iludir a população, como se diz por aí, “povo inocente, sabe de nada”.

    Será que é pedir muito que este meio de comunicação deixe explícito os projetos e o posicionamento de cada deputado? Assim, se elegermos de novo o que jogam contra os interesses da maioria, vamos ter que rever nossos conceitos.

  9. Laertes
    quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 – 9:47 hs

    Alguns acham, que aqui deve ficar igual a alguns estados, que tem feriado para tudo.

  10. MENSALEIRO JÚNIOR
    quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 – 11:29 hs

    OS deputados DEVERIAM ACABAR É COM A CACHORRADA QUE É O TAL DE RECESSO PARLAMENTAR E AS FOLGAS QUE ELES TEM.NÃO TRABALHAM NEM 10 HORAS POR SEMANA E GANHAM MILHÕES ANUAIS A CUSTA DO SUOR DO POVO TRABALHADOR. JÁ ESTÁ PASSANDO DA HORA DOS MILITARES SÉRIOS(NÃO ME REFIRO AOS 3 PATETAS) DAREM UM BASTA NISSO TUDO E METEREM ESSES POLÍTICOS TODOS NA CADEIA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*