PSDB mantém a campanha para 2018 | Fábio Campana

PSDB mantém a
campanha para 2018

Ilimar Franco

O combate agressivo da oposição ao governo Dilma não é passageiro. O PSDB pretende manter essa “pressão total” e disputar a opinião pública de forma permanente nos próximos quatro anos. Seus dirigentes avisam que não tem mais “esse negócio de descer do palanque”. Prometem seguir a receita americana e fazer campanha “full time”. E garantem que nunca mais alguém poderá afirmar que não tem oposição.

Os tucanos têm a expectativa de que seu candidato ao Planalto, o senador Aécio Neves, mantenha essa atitude firme e agressiva contra o governo petista. Analistas políticos avaliam que a acirrada competição eleitoral e as pressões posteriores empurraram a presidente Dilma a antecipar o início do segundo mandato. “Com o opositor no calcanhar, foi e é preciso mostrar serviço”, resume um deles. Exultantes, os mais próximos a Aécio chegam a proclamar que essa foi “a derrota mais festejada” que já viram. Eles constatam que há um novo clima em suas fileiras e que, graças à combatividade na luta e na defesa do passado, o “nosso povo” foi às ruas e às redes sociais.


6 comentários

  1. andre albara
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 11:16 hs

    full time vai ser a demonstração de que essa oposição nao representa mudanca, mas sim, retrocesso.

  2. Johan
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 13:35 hs

    Caro FÁBIO, essa manifestação a favor dos tucanos se faz necessário uma avaliação um pouco mais detida para aceitar. Normalmente os tucanos são displicentes, acomodados e gostam dos projetos que lhes caiam no colo. Essa determinação de “ir buscar” não é do feitio tucano. Acredito que seja uma corrida de cavalo paraguaio. Estamos observando manifestações apenas do candidato senador AÉCIO. Há necessidade de ter tucanos atuando no Brasil, nos Estados e nos Municípios. Os senadores dos estados administrados pelos petistas, deverão ter sua administração palmilhada e analisada com lupa. Tem comentários que os petistas repassaram recursos para o Evo Morales da Bolívia, dias antes do primeiro turno. O Morales está com dificuldade de reeleição na próxima eleição. Os tucanos poderiam iniciar e atualizar contatos com os oposicionistas bolivianos que passam por dificuldades. Há necessidade de observar o FORO SÃO PAULO, onde tem atuação intensa do ex-presidente DUENDE LULA. O jogo deve ser jogado por TODOS os atores. Defendo a liberdade de imprensa, liberdade de opinião e liberdade de investigação. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país”, e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, antes da posse, para evitar maiores dissabores a sociedade. Atenciosamente.

  3. fiscal de realeza
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 19:16 hs

    MENTIRAS E MAIS MENTIRAS SÓ QUE TEM UMA COISA AGORA EM 2018 É LULA COMPANHEIRO O BURACO É MAIS EMBAIXO

  4. Beatrix Kiddo
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 19:29 hs

    A teimosia tucana tem cura, e a cura está no Álvaro. Tentar outra cura é não querer acertar, é querer continuar chovendo no molhado, chorando o leite derramado. Acredito sinceramente que o vampiro da Saúde vai querer, novamente, tentar subir a rampa do palácio. E novamente vai quebrar a cara.

  5. Sergio Silvestre
    sábado, 6 de dezembro de 2014 – 19:43 hs

    O esperneio desses caras é que vem ai a duplicação de estradas,a inauguração da transposição do São Francisco,grandes obras ferroviarias e um programa habitacional nunca feito no Pais.
    Os salario continuam com bom poder de compras a classe media baixa e os pobres es tão mais confortáveis e esses tacanhos sabem disso.
    O que estão tentando fazer?Boicotar o governo,tentar travar como o asno do Serra travou e disse a viva voz que fez de tudo para atrasar o trem bala.
    Esse é o povo que está do lado de lá e ainda os sulistas não se deram conta,esse povo que começou os esquemas grandes de corrupção,é esse povo que ve o mel escorrer em abundancia com a fartura de obras e eles não ter nas mãos nenhum poder.
    Voces estão hoje fabricando demônios,o Lobão até ontem era taxado como agressor e estuprador da própria mãe e e unanimidade dos ultra direita,
    Muitos dono de redes de tvs e o Ratinho sendo um deles que conseguiram fortuna nesse governo estão cuspindo no prato que comeram,o Silvio Santos já foi mais inteligente,afastou a Sherazade e chutou o traseiro daquele lixo chamado Paulo Martins.
    Que vá com o Lobão para a saída de emergência ou deem descarga e se enveredam pelo esgoto.

  6. domingo, 7 de dezembro de 2014 – 11:22 hs

    Vamos ver se é verdade mesmo, o PSDB tinha a faca e o queijo na mão quando do estouro do escândalo do mensalão em 2005, quando o Lullalá sumiu da midia e so apareceu numa entrevista na França semanas depois por orientação do seu ministro salvador o “já vai tarde” Marcio tomas Bastos e o que fizeram? se acovardaram e não foram pra cima da “quadrilha do PT” como está nos autos do mensalão do decente minsitro do STF o Joaquim Barbosa e mais recente nas investigações do probo Juiz Federal Sérgio Moro e deixaram essa coisa horrorosa do PT crescer a ponto do próprio Lullalá se restabelecer de novo a ponto de querer voltar em 2018 afff,..tem que ir pra cima mesmo e com o “novo congresso” que virá em 2015 penso que será mais fácil fazer a oposição verdadeira afinal a maioria não está assegurada.

    Só espero que os novos deputados e senadores sejam melhor que a ralé politica que impera hoje com seus Jucás,Calheiros e etc…que estão ai hoje e quiça tenhamos condições de abrir um processo de Impeachment de verdade ( com chances de vitória ) em algum momento de 2015 ou na pior das hipóteses detonar a Diuuuma do poder em 2018 e de quebra mandar ela e seus “amiguinhos” pra conhecer de perto o sistema penitenciário brasileiro na papuda ou outro congenere qualquer.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*