PT levou o Brasil ao caos no setor energético, afirma Rossoni | Fábio Campana

PT levou o Brasil ao caos no setor energético, afirma Rossoni

unnamed

O presidente do PSDB-PR e da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni, disse que o governo petista levou o Brasil a um verdadeiro caos no setor energético e que isso irá afetar a vida de todos os brasileiros. “O governo federal não fez nada para enfrentar períodos de pouca chuva. Nossos reservatórios estão baixos, a conta de luz alta e o mercado financeiro, com razão, está preocupado com a possibilidade de racionamento de energia”, afirmou Rossoni, eleito deputado federal em outubro.

Reportagem publicada no jornal Valor Econômico desta quinta-feira (27) mostra que a hidrologia desfavorável no início da temporada de chuvas fortalece ainda mais a necessidade de racionamento de energia em 2015. Caso isso aconteça, o mercado financeiro prevê uma forte redução de produção e, consequentemente, de consumo.

O jornal revela que “cinco bancos – J.P. Morgan, Itaú Unibanco, Credit Suisse, BTG Pactual e UBS – divulgaram relatórios com alertas aos clientes sobre a situação. Enquanto isso, as usinas térmicas bateram quatro recordes seguidos de produção desde a semana passada e geradores têm recebido pedidos para evitar manutenções programadas durante o pico do verão, quando as altas temperaturas fazem disparar a demanda nos horários de ponta e podem colocar em risco a segurança do sistema.”

Rossoni não esconde pessimismo: “O Brasil inteiro recebeu um tarifaço na conta de luz do governo federal devido ao uso das termelétricas. Se o volume de chuva não aumentar, chegaremos a abril com índices mais baixos em nossos reservatórios do que no mesmo período do ano anterior. Estamos pagando o preço da falta de planejamento e competência do governo federal”, afirmou.


5 comentários

  1. Flavio
    sábado, 29 de novembro de 2014 – 16:54 hs

    O que gostaria de saber é por que só agora o paladino da justiça esta levantando as lebres, e questionando as coisas erradas que aconteceram desde o primeiro dia de governo do pt.
    Quero ver se em brasília esse babaca vai continuar as
    críticas ou vai se calar como no caso dos diários secretos.

  2. Flavio
    sábado, 29 de novembro de 2014 – 17:14 hs

    Ainda bem que o paraná não ficou para trás.
    O beto conseguiu já no primeiro mandato levar as finanças do paraná ao caos chegando a copiar da dilma para fechar as contas do estado, as custas dos pobres funcionários que terão o 1/3 das férias parcelados em três vezes.
    É um tipo de contabilidade criativa também Alberto Roberto?

  3. Sergio Silvestre
    sábado, 29 de novembro de 2014 – 17:21 hs

    Será que está faltando luz na casa dele?Esse sujeito vago ainda vai cair do cavalo por que essa assembleia seria uma caixa preta que se quiser e sem fazer muita força o MP detona aquilo.

  4. Aguirre
    domingo, 30 de novembro de 2014 – 13:16 hs

    É difícil admitir, mas o Rossoni pode ter razão: “O governo federal não fez nada para enfrentar períodos de pouca chuva…” (sic)
    O governo do PT poderia, pelo menos, encomendar os bons serviços da Fundação Cacique Cobra Coral para conseguir uma chuvinha para as regiões mais secas do país. É coisa simples, nada que uma dança da chuva não resolva.

  5. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 – 12:20 hs

    -O governo federal não investiu em absolutamente nada no setor energético brasileiro nem com o PAC, sem falar na política equivocada da redução de tarifas, que neste momento, está acarretando em aumento de valores para cobrir os gastos com as usinas termoelétricas…parabéns à política imediatista e populista que dá 10 ao povo e depois cobra 20 de volta!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*