Protestos chegam a 170 cidades dos EUA | Fábio Campana

Protestos chegam a 170 cidades dos EUA

usa
Milhares protestam pelo 2º dia contra decisão de não indiciar policial branco que matou jovem negro em Ferguson

Protestos foram realizados em 170 cidades de 37 estados americanos de inconformismo com a decisão do júri de não indiciar o policial Darren Wilson que em agosto disparou contra o adolescente negro Michael Brown e o matou na cidade de Ferguson, no estado de Missouri. De acordo com a CNN, milhares saíram às ruas na noite de terça-feira nos Estados Unidos, de Nova York a Los Angeles, em rejeição à decisão que os manifestantes consideram que encoraja o racismo e ignora o uso discriminatório da força pelos policiais contra membros das minorias. O presidente Barack Obama condenou a violência dos protestos:

— Incendiar edifícios, atear fogo em carros, destruir bens, colocar pessoas em perigo, não há desculpa para isso. Estes atos são criminosos — disse Obama em Chicago.


2 comentários

  1. Saul
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 9:49 hs

    Tirar a vida de um jovem negro não revolta o Presidente Obama, que se diz indignado com a violência dos protestos mas, que o crime de racismo as vezes nos leva a raia do ódio, nos leva. E o revoltante é a impunidade dos assassinos. Dá-se a impressão que mataram um animal perigoso e causaram um bem a coletividade. Até quando vamos ter que conviver com a praga do racismo no mundo. Somos todos iguais seus idiotas.

  2. TICO
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 13:57 hs

    LÁ O POLICIAL FALOU TÁ FALADO NÃO É IGUAL AQUI QUE PREVALECE A PALAVRA DOS BANDIDOS!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*