Ney propõe criação de Pronto Atendimento Cardiológico | Fábio Campana

Ney propõe criação de Pronto Atendimento Cardiológico

coração - reab

O deputado Ney Leprevost em parceria com a professora universitária de Fisioterapia, Educação Física e Enfermagem, Bárbara Coelho, enviou documento oficial a Prefeitura Municipal de Curitiba propondo a criação da primeira Unidade Pública de Pronto Atendimento Cardiológico e de Reabilitação Cardíaca na capital.

De acordo com Ney, nesta primeira fase a proposta é inaugurar uma Unidade de Pronto Atendimento Cardiológico e de Reabilitação Cardíaca utilizando uma estrutura já existente. “A sugestão inicial foi o Hospital do Idoso, até por ser um local que deve concentrar a maior parte das pessoas que sofrem com doenças cardíacas”, afirmou.

A professora universitária, Bárbara Coelho, afirma que a equipe de atendimento será multidisciplinar, composta por profissionais de diversas áreas de saúde e educação que, de forma integrada, desenvolverá ações preventivas e um acompanhamento integral ao paciente. “A avaliação diagnóstica levará em conta a condição física do enfermo, estado nutricional, condições psicológicas e saúde em geral”, adiantou Bárbara.

Após o período de avaliação, o objetivo será viabilizar a construção de um Centro de Referência na Prevenção e Tratamento de Doenças Cardíacas que atenda pacientes de todo o Estado.

“Através da parceria com uma instituição de ensino superior, a ideia é que o Centro desenvolva pesquisas com a finalidade de evitar os riscos de doenças cardíacas virando referência no País”, explicou o parlamentar.

As doenças cardiovasculares em idosos são mais comuns e podem ser genéticas ou resultado de hábitos como má alimentação, tabagismo ou sedentarismo. Os sintomas são variáveis e estão associados ao tipo de doença que o indivíduo tem. Normalmente, os sintomas só começam a aparecer em fases em que a doença já está instalada, dificultando a sua prevenção. Alguns sintomas podem ser: dificuldade em respirar, dor no peito, desmaio, alterações no ritmo cardíaco.


4 comentários

  1. Diogo
    quarta-feira, 19 de novembro de 2014 – 12:13 hs

    Por isto gosto do Ney. Enquanto os outros estão se engalfinhando por cargos, ele trabalha com projetos.

  2. Ademar
    quarta-feira, 19 de novembro de 2014 – 12:14 hs

    Não tenho dúvidas de que o Ney Leprevost, se quiser, será o próximo prefeito de Curitiba. Pena que o Fruet está deixando o município endividado.

  3. Marquinhos
    quarta-feira, 19 de novembro de 2014 – 18:37 hs

    Ney nosso futuro Prefeito!!!!!

  4. terapeuta
    sexta-feira, 21 de novembro de 2014 – 10:39 hs

    Com certeza Ney Leprevost vai ser um grande prefeito…..daqui 2 anos vamos a luta Ney, tem razão pena que o prefeito atual esta acabando com Curitiba..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*