Movimento contra Dilma cresce e fica mais radical | Fábio Campana

Movimento contra Dilma cresce e fica mais radical

sao_paulo_1

Um dia após as prisões de diversos executivos de empreiteiras suspeitas de participar do maior esquema de corrupção do Brasil, milhares de pessoas ocuparam as ruas de ao menos seis capitais para se manifestar contra o Governo federal e para pedir o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Os protestos já tinham sido marcados antes da operação desta sexta-feira que prendeu 23 suspeitos, entre eles um ex-diretor da Petrobras, mas ganhou fôlego após a ação da Polícia Federal.

“Queria saudar e parabenizar o juiz Fernando Moro, da Operação Lava Jato. O senhor está fazendo um excelente trabalho ao limpar o nosso Brasil dessa corja”, disse no carro de som um dos organizadores do movimento em São Paulo, onde cerca de 10.000 pessoas protestaram por quase três horas. O número é mais que o triplo do que os que protestaram no início de novembro.

Ao mesmo tempo em que esse grupo cresceu, também ficou mais diverso e radical na capital paulista. Diverso porque havia punks, militares, hare krishnas, membros de grupos LGBT e skin heads caminhando ao lado de pessoas que não se identificam com movimento algum. Radical porque bastava alguém estender uma toalha vermelha na janela de um prédio para ouvir vaias, xingamentos e uma intensa gritaria com a sentença “vai para Cuba”. Além disso, outra prova da agressividade foi que, em um trajeto de quatro quilômetros (entre o Museu de Arte de São Paulo, na avenida Paulista, e a Praça da Sé, no centro) houve ao menos dois incidentes de agressão entre os manifestantes contrários à Dilma e algumas pessoas que se mostraram descontentes com o protesto.

A primeira agressão foi contra um advogado que levou uma paulada na cabeça enquanto tentava argumentar com um senhor sobre a razão de usar uma camiseta vermelha na qual Fidel Castro, Mao Tsé-Tung e Karl Marx, entre outros comunistas, se confraternizavam com copos de cerveja nas mãos. “Eu estava voltando da academia para a minha casa pela avenida Paulista e comecei a ser agredido [verbalmente] pelos manifestantes. Quis explicar que o que havia na minha camiseta era uma brincadeira, mas parece que o vermelho, que é a cor da paixão, desperta o ódio em algumas pessoas”, afirmou Alexandre Simões de Melo, de 33 anos. Declarado apoiador do PT ele disse estar surpreso com a reação dos manifestantes.

“A nossa bandeira, jamais será vermelha”, diziam os manifestantes

O segundo momento de tensão ocorreu quando um grupo de mais ou menos dez pessoas fez sinal de negativo para os manifestantes enquanto eles gritavam “Fora PT” ou “A nossa bandeira, jamais será vermelha”. A polícia precisou intervir para que as agressões verbais não se tornassem físicas.

“Não vamos nos rebaixar a eles. Eles são violentos, nós não”, afirmou um dos organizadores. Na sequência vários manifestantes se viraram para a janela de um prédio em que uma moradora balançava um pano vermelho da janela do sexto andar e gritaram: “pula, pula, pula”.

Ao que tudo indica a tensão que tomou conta das eleições brasileiras está longe de terminar. Enquanto aquele advogado que foi agredido na Paulista conversava com o EL PAÍS, um manifestante, que não se identificou, passou por ele e aos gritos: “Nosso país é livre. Saia daqui, vagabundo. Vá para Cuba!”. Ao que ele deu de ombros e respondeu: “Se é livre…”
“Vai dizer que ela não sabia da roubalheira?”

Homem fantasiado de Batman em protesto no Rio. / Marcelo Sayão (EFE)

Além de São Paulo, as manifestações que pediram o impeachment de Dilma Rousseff (PT) também ocorreram no dia da proclamação da República, em menor proporção, no Rio de Janeiro, Brasília, Campo Grande, Maceió e Porto Alegre. Apenas nessas duas últimas superou a casa do milhar.

Em algumas cidades, os manifestantes compararam a presidenta ao ex-presidente Fernando Collor, que foi tirado de poder após um escândalo de corrupção em 1992. “Por muito menos o Collor foi tirado da presidência”, declarou o empresário Augusto Borges, de 43 anos, e emendou: “Vai dizer que ela não sabia dessa roubalheira de 10 bilhões da Petrobras? Claro que sabia.”

Centenas de faixas seguiam nessa linha. “Dilma sabia de tudo”; “O PT roubou o Brasil” e; “S.O.S Brasil. Acabem com o Petrolão”. Em outros momentos, os manifestantes diziam que os trabalhadores não votam no PT: “Quem trabalha, não vota em ‘petralha’”.

Em São Paulo, um pequeno grupo chegou a pedir uma intervenção militar, mas essa reivindicação estava longe de ser uma unanimidade entre os manifestantes. “Não queremos a Dilma nem o PT, mas pedir que os militares voltem também já é um absurdo”, reclamou a artista plástica Maria Victoria, de 67 anos.


28 comentários

  1. Palpiteiro
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 12:27 hs

    Mas, cuidado: as ratazanas lulopetistas escondidas na mídia tentam desmoralizar os protestos por causa de meia dúzia de idiotas que pregam a intervenção militar. Grandes jornais embarcam nessa versão dos esgotos lulopetistas.

  2. domingo, 16 de novembro de 2014 – 13:04 hs

    Vamos fazer uma corrente positiva no sentido de que o Juiz Sergio Mora e o Ministro Teórico Zavasck, responsáveis pela a homologação das delações premiadas.resistam a pressão pelo o julgamento dos detentores de foro e pela análise dos eventuais recursos a ser apresentados pelos os advogados.Com certeza deveram escrever um novo combate à impunidade.Nele, o mensalão certamente perderá o posto de maior escândalo de corrupção política do pais ou será realmente eternizado com um ponto fora da curva.

  3. Saul
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 13:13 hs

    Em qualquer lugar do mundo tantas denúncias de corrupção já teria causado alguns suicídios, porém no Brasil políticos e empresários já perderam a dignidade, moral e ética. O motivo maior é saber que a impunidade vigora no país que não conta com um judiciário sério. Estamos no país do faz de conta. Os Juízes e policiais corretos sofrem todo tipo de ameaças. Mas damos graças quando aparece um Sérgio Moro para mostrar a sociedade que ainda existe esperança. É o que alimenta o nosso otimismo. Por isso sou favorável ao impeachment da Presidenta Dilma, que jamais deveria ter sido reeleita. A quadrilha do PT ainda está em estado de euforia. Mais 4 anos no galinheiro para esse bando de raposas felpudas. Mas a casa vai cair, como vai. Não9 perdem por esperar. Por muito menos o governo do corrupto Collor caiu. Basta o coro ganhar as vozes das escolas, colégios e faculdades para o resultado positivo. Os0 brasileiros já não suportam mais pagar o preço de tanta corrupção. Fora Dilma.

  4. Juca
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 13:54 hs

    Mas muitos desses que agora protestam votaram na Dilma Youssef !

  5. domingo, 16 de novembro de 2014 – 14:44 hs

    Juca espero que não correto ?É uma vergonha o que está acontecendo em nosso país. Será que vamos engolir mais essa tramoia ? Falido.: Saúde, Educação, Segurança. Será que nós brasileiros (fora os que votaram no 13) não temos sangue nos olhos ?)

  6. Sergio Silvestre
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 15:28 hs

    Então,um dos Mesquita ,donos do Estadão saiu na av Paulista com um cartaz defendendo a DiTADURA MILITAR.
    Pois bem sr Saul,Juca e outros que devem estar aposentados ou que tenham ai uma renda para viver bem e é o que parece.
    Muita calma nessa hora e os cidadãos de bem e que pensam não podem querer um retrocesso onde esses grupos que hoje são o top da mi dia se esbaldaram no regime militar,muitos que tem blogs e hoje é discípulo do atraso foi dedo-duro daqueles que lutaram por democracia.
    Sair por ai já dizendo que a Dilma é a culpada de todos os males que assola o Brasil é precipitado e não estamos num regime de rito sumario.
    As pessoas tem que serem julgadas e se condenadas que pague na proporção dos seus atos.
    Se nós começar a radicalizar,querem o enforcamento em praça publica dos malfeitores em geral podemos sacrificar inocentes que estão tentando por a casa em ordem.
    Sempre digo que a desgraça do Pais não saõ os políticos e sim a justiça e em segundo plano os eleitores.

  7. domingo, 16 de novembro de 2014 – 17:10 hs

    Serginho, “pelamordeDeus” vá tomar o seu remédio, só tá falando meléca !

  8. Luiz B.
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 17:54 hs

    SÓ A INTERVENÇÃO MILITAR SALVA O BRASIL DESSA QUADRILHA DE VAGABUNDOS,O PRIMEIRO A IR PRA RIPA TEM QUE SER O CHEFE DESSA QUADRILHA,O COMUNOLULADRÃO.

  9. Paulo
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 18:01 hs

    O governo Dilma foi e é ilegal. Vejam bem: Em 2010 dinheiro da Tractebel, caso Passadena. Dinheiro ilegal ao PT e PMDB financiando suas campanhas e quantos mais ? Em 2014 dinheiro do Petrolão financiando com dinheiro ilegal roubado pela quadrilha da Petrobrás: Dinheiro ilegal ao PT, PMDB e PP e outros como PSDB e PSB. Há ainda as duvidas na apuração das eleições. O governo Dilma é ILEGAL portanto ILEGITIMO. Precisa acabar agora. Precisamos recompor a ORDEM E PROGRESSO. Quais brasileiros tem essa obrigação? Que o façam então, ou, esses também trairão o povo brasileiro !

  10. domingo, 16 de novembro de 2014 – 18:37 hs

    Cara de Pau o Ministro de Justica e cara de óleo de peroba da Presidenta,sao uns canalhas,querem debitar a oposição o roubo deles!!!

  11. Parreiras Rodrigues
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 18:55 hs

    Ué, sérgio silvestre – Se Lula saia por ai dizendo que Nunca na história do país etc e tal, porque não sairmos nosotros dizendo da cleptocracia que virou esse governo…

  12. VERDADE
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 18:56 hs

    Gente pelo menos vamos acertar o nome do juiz Sergio Moro! Eh isso que dah ler noticias pela metade! Não vamos esquecer que das 9 empreiteiras 6 deram dinheirinho para a campanha do Aécio! Mas, calma eleitores do derrotado o dinheiro era da conta particular dos empreiteiros doadores e ele não sabia de nada! Kkkkkk

  13. Juca
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 18:56 hs

    Sérgio Silvestre, você tem razão, estou aposentado após 44 anos e 3 meses de trabalho com muito orgulho. E também tenho ótima renda, fruto de anos de economia e administração competente de meu patrimônio. As primeiras férias foram tiradas após 10 anos de trabalho pois sempre troquei férias por pecúnia. E foram 33 anos e 4 meses trabalhados numa só empresa. Mas não só Dilma Youssef mas também a quadrilha que chefia hoje juntamente com o conselheiro cachaceiro Lula são culpados sim e você é um petista que provavelmente mama nas tetas do governo. E finalmente, você também tem razão, os eleitores são culpados pela desgraça, mas não em segundo plano, mas diretamente. O pessoal que vive de bolsa isso ou aquilo não está preocupado com nível de emprego, inflação, corrupção, roubalheira na Petrobrás, Banco do Brasil ou Caixa Econômica, fica esperando a esmola no final do mês e como se contenta com migalhas, é mantido pelo governo do PT e assim garante a eleição desse povo.

  14. Vigilante do Portão
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 19:24 hs

    É a pior reação:

    A dos ENGANADOS.

    Tenho receio disso.

    Nada vai impedir o repeteco de junho/2013.

    Com mais intensidade.

    É só passar as festas de fim de ano.

    Leiam a entrevista com o Professor Pastore, Folha de Hoje.
    Desnuda a nossa situação e os próximos passos.

  15. Beatrix Kiddo
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 20:06 hs

    Isto é uma estupidez, não podemos tirar na marra quem não gostamos do poder. Ainda vivemos em um Estado Democrático, sob o Império da Lei e da Ordem. É óbvio que estes tempos já dão sinais de que não vai ser assim durante muito tempo. O desejo de esvaziar o Poder Legislativo, via Decreto criando os tais Sovietes, é coisa que não podemos concordar e, muito menos compactuar. Mudar na base da ignorância, isto nunca mais. Ditadura, nem que seja Socialista, nunca mais. Nunca existiu e nem existirá ditadura boa. Nem socialista.

  16. Amaury Pio
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 20:43 hs

    “Radical” ?????? Nunca vi uma postagem do Blog dizendo isso sobre PT……agora uma vez a cada trocentos anos fazer uma manifestação na paulista defendendo a constituição e mesmo o direito a liberdade de expressão é “radical”….se o PT conseguir o poder pleno vcs vão ver o que é radical…

  17. domingo, 16 de novembro de 2014 – 21:04 hs

    Apesar de tudo ainda existe alguém que defende esse governo quero dizer desgoverno.Taca lhe pau senhor juiz Sergio Moro e
    a nossa brilhante Polícia Federal……………………………….

  18. Strapasson
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 21:39 hs

    Pessoal, doação de empresas ou donos de empresas é previsto em lei, portanto legítima.

    A questão que estamos tratando aqui é de caixa dois, doação por debaixo do pano. Se for provado isto, não há saída: é processo para a saída do poder, seja quem estiver ocupando o trono.

    Aécio recebeu doação de empresas e de seus donos? Foi declarado? Se não foi, “dura lex, sede lex”. Simples assim.

    O PT têm muito o que explicar sim. Não adianta vir com essa que não sabia, viu Verdade!

  19. LENZA TOLEDO
    domingo, 16 de novembro de 2014 – 21:39 hs

    jovens, a força é de vocês. Parabéns!

  20. domingo, 16 de novembro de 2014 – 22:17 hs

    O que mais me deixa impressionado é: ONDE ESTÃO OS ESTUDANTES QUE NÃO SE MANIFESTAM ATRAVÉS DE SEUS DIRETÓRIOS E DIRETÓRIOS CENTRAIS DE ESTUDANTES. Será que essa geeração é covarde? ou simplesmente omissa e subserviente pelo dinheiro que o governo injeta nesses Diretórios. A União Nacional dos Estudantes (UNE) não se manifesta pois acoberta todos os malfeitos desse governo corruPTo.
    Acordem e se manifestem pela ordem e progresso deste nosso País. Digam não a corrupção.

  21. FUI !!!
    segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 6:43 hs

    Cada um com a sua opinião, porem este governo montou a maior rouba-
    lheira nunca vista no planeta. E o pior é que continuarão no poder por mais
    quatro anos eleitos pelo voto popular !? Isto é uma democracia tupiniquim
    onde os acéfalos são a grande maioria e os honestos pensantes uma pe-
    queniníssima MINORIA…

  22. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 7:29 hs

    Acho que todos julgamentos de pessoas,ou insinuações são precipitadas.
    Veja no caso do Juca que insinuou que eu sou pago pelo PT para talvez defender ou tecer loas ao partido.
    Sr Juca,a exatos 4 anos descobri uma diversão pedagógica para mim que é escrever ,meio que sem muita concordância no Fabio Campana mesmo tendo estudado somente 4 anos.
    Talvez eu seja um cidadão honesto e pacato como o Srs,mas com um pensamento diferente sobre o Brasil,talvez por ter sofrido muito e ter trabalhado desde os 11 anos como chefe de familia.
    Talvez eu esteja errado,mas categoricamente quem esta certo?Com xingamentos e desmerecendo o Pais não vamos chegar a nada.
    Lutar contra moinhos de vento é coisa de escritores com muita imaginação.
    Se alguem perdeu ,que se contente em ter sido oponente,se alguem ganhou,palmas para ele,se prevaricou,roubou ou burlou a lei,que a justiça do Pais,não se importando como ela seja que puna.
    Aqueles que são revolucionários ou anarquistas que vão vender seu peixe para atrair outros adeptos,que o melhor discurso e o melhor desempenho prevaleça.
    É uma pena,mas eu deveria ter condições na epoca e fazer minha revolução particular se fosse um bom flautista e conseguisse uma multidão me acompanhar,.

  23. Paula
    segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 9:11 hs

    Você esqueceu de citar Curitiba, foi em menor proporção também, infelizmente, mas é porque parece que o povo curitibano não acredita nessa mobilização.
    É de tirar o chapéu para a manifestação de São Paulo.

  24. BETO
    segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 9:25 hs

    Toda esta roubalheira, esta corrupção nunca vista antes, é proveniente do PT, partido que ai esta, ladrões indicados por Lula e Dilma e quem é a `chefe de estado`chama-se Dilma que por sua vez elegeu-se pelo PT. Assim como gestora deve sim responder pelos seus e deve pagar por isso com a perda da mandato, inclusive responder Processo criminal e devolver o dinheiro roubado dos cofres públicos, dinheiro meu, seu, do povo brasileiro pagos através de impostos, de nosso trabalho.

    ACORDEM BRASILEIROS.

  25. segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 9:50 hs

    “Quem essa turma do pt pensa que é? Se julgam semi-deuses do alto clero do partido. Desceram do monte olimpo pra visitar a ralé e os simples mortais que cá vivem. Que não fazem parte do politiburo? Como essa Nação pode aceitar isso de maneira tão passiva e criminosamente alienada? Como? Protestaram nas manifestações do ano passado como Leões predadores. Mas… Nas eleições votaram como ovelhas conduzidas por seus próprios tosquiadores. Uma parcela da imprensa que ainda não se prostituiu, que não recebe verba, faz o seu papel de cobrar e denunciar a grave crise que o Brasil está passando. A LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal foi um marco, um divisor de águas na Administração Pública e não pode CRIMINOSAMENTE se tornar LETRA MORTA por conta da incompetência e irresponsabilidade desses esquerdopatas carcomidos pelo câncer da corrupção que está sangrando os recursos do País. Levando o nível de corrupção a niveis nunca antes vistos. Se vivessemos num Páis só um pouquinho mais sério estariam todos presos. Direitos politicos cassados e bens indisponiveis para tentar recuperar uma infima parte do que foi roubado da maior empresa do Brasil e uma das maiores do mundo. Desafortunadamente a Petrobras se transformou na PTBRAS com essa quadrilha que a tomou de assalto e aparelhou todas as suas diretorias como erva daninha…” – Profº Celso Bonfim

  26. Milton
    segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 19:28 hs

    Estamos diante da maior quadrilha organizada para saquear a nação brasileira. Não precisamos de militares para arrancar esses idiotas do poder.Temos que começar sacaneando cada Pteba que conhecçemos,seja no tarabalho ,no clube,na igreja etc.. vamos formar uma bola de neve dos descontentes e desassistidos,ou seja como dizem os PTebas as Elites,vamos sim baixar o pau nos caras.Eles fazem isso ,por que não podemos fazer? A palavra de ordem é mobilização,união ,barulho e articulação de diversos grupos em todas as cidades deste país.Vamos pressionar todos os políticos que colocamos nos mandatos e exigir pressão no senado e na camara dos deputados .Vamos cobrar desta imprensa frouxa que mostre os verdadeiros fatos ,vejam a GLOBO como foi comprada após a eleiçaõ,fora Bonner,fora os Marinhos e sua corja de jornalistas comprados.
    Viva o Brasil Livre…..

  27. Zé da Bota
    terça-feira, 18 de novembro de 2014 – 8:12 hs

    Como diria o molusco…..”nunca na história deste país se roubou tanto”….

  28. geni
    terça-feira, 18 de novembro de 2014 – 17:44 hs

    Parabéns aos manifestantes, vamos continuar com esses movimentos para tentar melhorar esse País. O governo federal devia saber da corrupção, com certeza ela dei corda isso ir acontecendo para chegar ao ponto que chegou, pois a intenção desse governo é desconstruir o Brasil, fingindo que está trabalhando para o bem, mas é ao contrário. Devem continuar com as divulgações dos movimentos já que a imprensa têm seus interesses acobertados pelos governos em todas as esferas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*