Incoerência | Fábio Campana

Incoerência

“É como se um quadro da CIA fosse indicado para comandar a KGB.”

Aécio Neves sobre a indicação de indicação de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda. Espantado com a incoerência entre o discurso de campanha de Dilma Rousseff e suas iniciativas como presidente reeleita.


6 comentários

  1. Beatrix Kiddo
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 9:46 hs

    Ká ká ká estou adorando os novos ministros, nem o playboy mineiro ou a ex-seringueira fariam melhor. Pestistas de todos os naipes agora se fingem de mortos mortos de vergonha, agora só está faltando a companheira nomear a Neca Setubal para ministra do Meio Ambiente. E o mandato da fera ainda nem terminou, tem maluco dizendo que corremos sério risco de até o Pinoquião assumir um ministério, que só pode ser o 40. Ká ká ká.

  2. Joel
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 10:23 hs

    Proxima nomeação de Dilma, Neca Setubal no Banco Central.

  3. Servidor Municipal
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 10:57 hs

    Ainda tem o Gaievski que tá pronto para assumir algum cargo no alto escalão…..

  4. Beatrix Kiddo
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 14:59 hs

    Caro Servidor Municipal, se o pedófilo de Realeza já estivesse fazendo companhia ao seu Zé Dirceu ,ou seja, livrinho da silva, com certeza assumiria a Casa Civil, o cara andou estagiando por lá e sabe como as coisas são feitas.

  5. Educador
    quarta-feira, 26 de novembro de 2014 – 18:52 hs

    Aécio é anacrônico em tudo, Coronelzinho no século XXI e ainda fala em KGB…

  6. mussum
    quinta-feira, 27 de novembro de 2014 – 11:05 hs

    Foi o Aécio que ganhou a eleição?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*