E-mails provam que Lula e Dilma poderiam ter parado a corrupção | Fábio Campana

E-mails provam que Lula e Dilma poderiam ter parado a corrupção

capa380

Da VEJA

O doleiro Alberto Youssef disse à Justiça que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras. Agora, mensagens encontradas pela PF em computadores do Planalto mostram que eles poderiam ter interrompido o propinoduto, mas, por ação ou omissão, impediram a investigação sobre os desvios

Antes de se revelar o pivô do petrolão, o maior escândalo de corrupção da história contemporânea brasileira, o engenheiro Paulo Roberto Costa era conhecido por uma característica marcante. Ele era controlador e centralizador compulsivo. À frente da diretoria de Abastecimento e Refino da Petrobras, nenhum negócio prosperava sem seu aval e supervisão direta. Como diz o ditado popular, ele parecia ser o dono dos bois, tamanha a dedicação.

De certa forma, era o dono — ou, mais exatamente, um dos donos —, pois já se comprometeu a devolver aos cofres públicos 23 milhões de dólares dos não se sabe quantos milhões que enfiou no próprio bolso como o operador da rede de crimes que está sendo desvendada pela Operação Lava-Jato. Foi com a atenção aguçada de quem cuida dos próprios interesses e dos seus sócios que, em 29 de setembro de 2009, Paulo Roberto Costa decidiu agir para impedir que secassem as principais fontes de dinheiro do esquema que ele comandava na Petrobras. Costa sentou-se diante de seu computador no 19º andar da sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, abriu o programa de e-mail e pôs-se a compor uma mensagem que começava assim:

“Senhora ministra Dilma Vana Rousseff…”.

O que se segue não teria nenhum significado mais profundo caso fosse rotina um diretor da Petrobras se reportar à ministra-chefe da Casa Civil sobre assuntos da empresa. Não é rotina. Foi uma atitude inusitada. Uma ousadia. Paulo Roberto Costa tomou a liberdade de passar por cima de toda a hierarquia da Petrobras para advertir o Palácio do Planalto que, por ter encontrado irregularidades pelo terceiro ano consecutivo, o Tribunal de Contas da União (TCU) havia recomendado ao Congresso a imediata paralisação de três grandes obras da estatal — a construção e a modernização das refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Getúlio Vargas, no Paraná, e do terminal do Porto de Barra do Riacho, no Espírito Santo. Assim, como quem não quer nada, mas querendo, Paulo Roberto Costa, na mensagem à senhora ministra Dilma Vana Rousseff, lembra que no ano de 2007 houve solução política para contornar as decisões do TCU e da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional.

Também não haveria por que levantar suspeitas se o ousado diretor da Petrobras que mandou mensagem para a então ministra Dilma Rousseff fosse um daqueles barnabés convictos, um “caxias”, como se dizia antes nas escolas e no Exército de alguém disposto a arriscar a própria pele em benefício da pátria. Em absoluto, não foi o caso. Paulo Roberto Costa, conforme ele mesmo confessou à Justiça, foi colocado na Petrobras em 2004, portanto cinco anos antes de mandar a mensagem para Dilma, com o objetivo de montar um esquema de desvio de dinheiro para políticos dos partidos de sustentação do governo do PT. Ele estava ansioso e preo­cupado com a possibilidade de o dinheiro sujo parar de jorrar. É crível imaginar que em 29 de setembro de 2009 Paulo Roberto Costa, em uma transformação kafkiana às avessas, acordou um servidor impecável disposto a impedir a paralisação de obras cruciais para o progresso da nação brasileira? É verdade que às vezes a vida imita a arte, mas também não estamos diante de um caso de conversão de um corrupto em um homem honesto da noite para o dia.


30 comentários

  1. LUIS B.
    domingo, 23 de novembro de 2014 – 12:11 hs

    TÁ E O QUE ISSO VAI DAR,NADA,QUEM DEVERIA JULGAR E CONDENAR ESTA APODRECIDO NA CORRUPÇÃO JUNTO COM ESSA QUADRILHA É SO VER A MAIORIA DO STF,SÃO MALACOS COLOCADOS LÁ DENTRO PRA LEGISLAR EM FAVOR DESSA QUE É,FOI E SEMPRE SERÁ A MAIOR QUADRILHA DE VAGABUNDOS QUE JÁ EXISTIU NO PAÍS.

  2. domingo, 23 de novembro de 2014 – 14:13 hs

    Se fizerem uma enquete ou pesquisa, noventa e cinco por cento (95%) dos entrevistados dirão que ambos sabiam da corrução existente e que se omitiram e também foram coniventes. Dilma e Lula a PAPUDA os espera. o contrato de locação já está assinado só falta fazerem a mudança.

  3. Paolo
    domingo, 23 de novembro de 2014 – 16:18 hs

    Este e-mail demonstrou toda ingenuidade de Paulinho do Lula, pelo menos naquele momento! Mal sabia ele (agora já sabe) que quem montou o “ixquema” foi a própria, a mando do CHEFE!!!!!!!

  4. Helena
    domingo, 23 de novembro de 2014 – 18:54 hs

    Como parar?! Se essa turma serviu para bancar o PT perpetuar-se no poder!

  5. domingo, 23 de novembro de 2014 – 21:37 hs

    Atentaram ao detalhe: o TCU alertou o PALÁCIO DO PLANALTO pelo TERCEIRO ANO CONSECUTIVO que havia superfaturamento e o que fizeram? NADA, é crime de prevaricação e portanto CRIME DE RESPONSABILIDADE, logo o IMPEACHMENT espera essa coisa horrorosa.

    Esperamos que o AÉCIO e a oposição de verdade faça seu papel em 2015 e no momento oportuno exija a abertura de um processo de impedimento desse lixo humano, afinal ser tungado mais 4 anos é D+ para todos nós que trabalhamos e pagamos impostos pra ser roubado todo santo dia na maior cara de pau.

    FORA DILMA, FORA PTRALHAS.

  6. Jacinto Pena
    domingo, 23 de novembro de 2014 – 21:55 hs

    COM DIZIA O MESTRE LULA: MARACUTAIA É UM BOM NEGÓCIO QUE DEIXARAM ELE DE FORA.

    AGORA E OUTRORA QUE ELE ESTAVA DENTRO NÃO ERA MARACUTAIA ERAM NEGÓCIOS.

    E QUANDO ESTOURAR O NEGÓCIO DO FRIBOI?? O FILHO DELE SEMPRE FOI UM RONALDINHO NOS NEGÓCIOS?? OU FOI SEMPRE A AJUDINHA DO GOVERNO – DAS EMPREITEIRAS – DOS AJUDANTES??

  7. domingo, 23 de novembro de 2014 – 22:00 hs

    Aliás a dupla, lula/dilma foi avisado várias vezes mas o chefão e sua sombra nunca imaginaram que íam ser pegos e assim foram montado seu castelo de poder…ééé mas a casa caiu

  8. Andre Luis
    domingo, 23 de novembro de 2014 – 22:11 hs

    O Povo Brasileiro gosta disso, nem liga mais, acabamos como Patria, agora cada um que cuide de sua vda e podendo enviar os filhos para fora que se enve, é o que nos resta, o Brasil virou terra de Ninguem!!!

  9. zangado
    domingo, 23 de novembro de 2014 – 23:07 hs

    Essa caterva toda conta com a cultura da impunidade e com a falta de vergonha do povo brasileiro não se importa que roubem dinheiro público que está faltando para saúde, educação e segurança, que causa desemprego, mantem os juros escorchantes e os tributos exorbitantes no país.

    Cumpre que as autoridades deem o exemplo de que não podemos continuar nesse caminho sob consequência de começar a ruir todas as estruturas sociais e democráticas da nação.

    Esse empresariado corrupto deveria ser objeto de execração por parte da classe empresarial honesta e que não compartilha desse tipo de procedimento, mas se encontra quietinha como se nada fosse com eles.

  10. Rock
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 0:24 hs

    Isso é só choro de perdedor que esta em busca do terceiro turno, enterrem os mortos e deixem o ´povo em paz com essa bagunça de golpe de viúvas .

  11. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 1:05 hs

    Estou estranhando uma coisa,Cade o Alvaro para comentar a veja.Essa pessoal da Veja é bem safado né.

  12. FUI !!!
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 5:50 hs

    Já está mais do que provado que o Lula e a Dilma conheciam do esquema
    que foi montado dentro do Palácio do Planalto desde a época mensalão.
    José Dirceu e a Gleisi foram Chefe da Casa Civil bem do lado dos dois.
    Quem acha que não sabiam de nada é louco ou bandido !!!

  13. Sherlock Holmes
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 7:40 hs

    O Lula é o Chefe da quadrilha;
    A Dilma é a sub chefe;
    O STF vai dizer que não existe roubo;
    O STF vai dizer que foi uma falha técnica:
    O ministro corrupto Tófoli vai culpar o sistema:
    O ministro Levandoski vai concordar com o Tófoli:
    O Povo, CONTRIBUINTE, vai continua agindo como AVESTRUZ, verdadeiros otários;
    E o Congresso Nacional continuará com o FAZ DE CONTA;
    Porque a maioria recebe os frutos da corrupção para fazer isso;
    Mas, o Juiz Sérgio Moro será o vilão que não quer o desenvolvimento deste país…

  14. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 7:56 hs

    A “nota” do governo é VAGA.

    Faltou empenho, faltou atitude, faltou vontade.

    O nome disso?

    PREVARICAÇÃO!

    Lula e Dilma:

    Foram Partícipes?
    Foram CONIVENTES?
    Foram omissos?

  15. segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 8:35 hs

    “Alguém em sã consciência ainda acredita que “ELES” NÃO SABIAM? Povo criminosamente alienado, em alguns casos a alienação é tão gritante que passa a ser “conivência”. Não me canso de repetir, nas manifestações do ano passado protestaram como Leões predadores. E nas eleições votaram como ovelhas em seus próprios tosquiadores. Um dia esse País aprende, amadurece e muda!…” – Profº Celso Bonfim

  16. BETO
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 9:04 hs

    Sabemos disso. É público e notório de que LULA é o chefe da quadrilha e Dilma sabia de toda a roubalheira. A pergunta é a seguinte:
    Pque não cassam Dilma e metem Lula da Cadeia.
    Pelo amor de Deus, o que esta acontecendo com este pais?

  17. Juca
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 9:29 hs

    Vixe santa, essa Dilma Youssef sabia de tudo e não fez nada? Onde estava o PT exemplo da moralidade? E o Lula cachaceiro que disse não existir ninguém no Brasil como exemplo maior de moralidade que ele?
    Vai chegar a hora que até mesmo os dependentes do bolsa isso, bolsa aquilo, vão se arrepender de ter votado na Dilma Youssef e antes no cachaceiro.

  18. Saul
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 9:40 hs

    É a típica notícia que não leva a nada, a não ser vender revista. Todos sabem há muito tempo da participação dos chefes na formação da quadrilha. Sem eles o negócio não prosperaria. Mas, do que adianta a informação agora se tudo está dominado. São muitos poucos homens sérios na justiça brasileira que têm peito de enfrentar a gang. Nós vamos assistir de camarote a confecção da maior pizza do mundo. Ou será que estamos errados?

  19. toledo
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 10:23 hs

    Nossa quanta idiotice.

  20. Flávio Luiz
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 10:25 hs

    E aí , que paiz é este ?????????????????????????????????
    Muito dificil, será alguém já fiscalizou a declaração de I.R deles, Lula e cia.

  21. augusto
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 10:35 hs

    Nota sobre a nova tentativa de manipulação de informações da inconsistente e golpista revista veja http://www.blogdilmabr.com/nota-imprensa-sobre-reportagem-…/

  22. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 11:24 hs

    E o caso Pasadena,

    Cerveró, quando do depoimento à CPI, confirmou a história fantasiosa da Dilma:

    Segundo o relato do Diretor, ele teria OMITIDO as clausulas:

    MAELIM e PUT,

    Constantes do contrato de aquisição da Usina de Pasadena.

    Dilma, num arroubo, disse que FOI ENGANADA pelo Cerveró.

    A CPI, mancomunada com o governo, não teve coragem de duvidar da informação.

    É simples entender, vejamos:

    Uma poderosa Ministra das Minas e Energia, Presidente do Conselho da Petrobras,
    É ENGANADA pelo Diretor, que omite cláusulas nocivas aos interesses do Brasil,

    Quando ela descobre que foi ENGANADA, qual seria a atitude esperada?

    A DEMISSÃO do Diretor, claro!

    Ledo engano,
    Num primeiro momento, tentaram esconder, depois, quando vazou a notícia, Dilma REMANEJOU o Cerveró para outra diretoria, com o mesmo salário.

  23. Zé Merenda
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 11:27 hs

    E o PSDB ooo partidinho Limpo não tem podre, pois claro não julgam … vergonha do Brasil

  24. CAÇADOR DE PETISTAS
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 11:43 hs

    CRIMES DE LESA PÁTRIA – Como é que é DILMA???

    DILMA pensa que está imune a irregularidades, de cunho criminal, que vem cometendo no exercício de sua função pública, mas não está nem de longe.
    Pensa que está com tudo e não está prosa, mas vem cometendo erros em cima de erros imputáveis à sua pessoa , na administração, quais sejam:
    – Crime de Lesa Pátria, que é um crime contra o interesse ou patrimônio público para atender a interesses particulares. É mais comumente cometido por ocupantes de cargos públicos.
    – Desvio de Função é “Pirataria Funcional”. Pirataria funcional ou Pirataria profissional é o mesmo que Desvio Funcional porque caracteriza o servidor ocupar função para o qual não está apto a exercê-la, ou não deveria exercê-la, conforme legislação vigente.Participou de palanques eleitoreiros nas últimas eleições, usando o uniforme do Partido que realizava a propaganda, desviando a sua função presidencial, em detrimento de toda a sociedade brasileira. No caso da probidade administrativa essas aparições em palanques eleitorais de candidatos, sendo que na medida em que ocupa um cargo Presidencial, deixa de ser meramente uma pessoa de cunho eleitoreiro para ficar em palanques gritando slogans e vibrando bandeiras de partidos políticos.
    – Mal versação do dinheiro público, esbanjando recursos do Tesouro para Países como Cuba, Faixa de Gaza e do Oriente em geral; e, além disso premiou jogadores de Copas do Mundo antigas com recursos do Tesouro e, ainda, prometeu aposentadoria a eles, vitalícia, pelo valor do teto do benefício do INSS. Ora, ela não está corrigindo a defasagem dos benefícios dos aposentados dizendo que não tem recursos financeiros, mas se presta a premiar jogadores de Copas antigas no Valor de R$ 100.000,00 para cada jogador, inclusive reservas e concede o benefício vitalício a estes pelo teto?
    -Utilização do Patrimônio Público ( Palácio da Alvorada) para fins eleitoreiros entre seu Partido PT e do Vice-Presidente (PMDB) para conchavos destinados às eleições de 2014, inclusive com lautos jantares para os “convivas” , às custas do povo.
    – Agora, se intromete de forma politiqueira ( que se intromete muito na politicagem partidária), ordenando telefonemas a Governadores e Políticos do PT para se arregimentarem para a defesa de LULA perante a opinião pública e, quiçá, o Supremo Tribunal Federal.
    – Afora isso não está reequipando às Forças Armadas como deveria, colocando em risco a segurança interna e externa do País,inclusive a soberania nacional, senão vejamos: é pública e notória a situação caótica que está, sem munições e sem equipamentos, inclusive aeronaves que lhe foram solicitadas há mais de um ano. Além disso, as remunerações dos integrantes das Forças Armadas estão defasadas há quase 11 anos. Isso fere frontalmente a Constituição nos deveres inerentes ao cargo de Presidente da República.
    A corrente doutrinária que admite a ação penal popular no direito brasileiro baseia-se na Lei 1.079/50, cujo artigo 14, trata da denúncia levada a efeito por qualquer cidadão.
    “Art. 14. É permitido a qualquer cidadão denunciar o Presidente da República ou Ministro de Estado, por crime de responsabilidade, perante a Câmara dos Deputados.” Na realidade, esta norma apenas afirma uma prerrogativa democrática, tendo como pressuposto que os crimes de responsabilidade praticados pelo Presidente da República, ou quaisquer outros administradores da res pública, representam flagrante ilegalidade constitucional e atentam contra o interesse público, uma vez que preservação dos interesses da coletividade é máxima a ser observada pelo gestor público. Em suma, a objetividade jurídica da norma é defender o normal funcionamento da Administração.
    A previsão legal (artigo 14 da lei 1.079/50), tem por finalidade a comunicação formal de fato para eventual apuração da responsabilidade penal do Presidente da República, sendo dirigida à autoridade competente, no caso, a Câmara dos Deputados, a quem cabe a titularidade da ação penal contra o Chefe do Executivo Federal.
    Os crimes de responsabilidade são infrações político administrativas, se cometidas no desempenho da função, definidas na legislação federal e em conformidade com o artigo 85 da Constituição da República,
    “Art. 85. São crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra:
    I – a existência da União;
    II – o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação;
    III – o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;
    IV – a segurança interna do País;
    V – a probidade na administração;
    VI – a lei orçamentária;
    VII – o cumprimento das leis e das decisões judiciais.”
    Em seguida, o parágrafo único do referido artigo, preleciona que:
    “Esses crimes serão definidos em lei especial, que estabelecerá as normas de processo e julgamento”.
    O artigo 85 da Constituição Federal apresenta um rol meramente exemplificativo dos crimes de responsabilidade, pois o Presidente poderá ser responsabilizado por todos os atos atentatórios à Constituição Federal, passíveis de enquadramento idêntico ao referido no rol, desde que haja previsão em lei federal, pois o brocardo nullum crimen sine typo tem aplicação a todos os delitos, e obviamente aos delitos político administrativos.
    A Lei 1.079/50, é a lei especial, que regula os crimes de responsabilidade do Presidente da República, e conforme o dispõe o seu artigo 2º, são passíveis de sanção política, ainda quando simplesmente tentados.
    A autoridade atribuída pela Lei 1.079/50, a qualquer do povo para dar início a ação penal nos crimes de responsabilidade do Presidente da República, o termo “denúncia” deve ser interpretado como tendo natureza jurídica de direito a delatio criminis, mesmo porque, sequer é condição de procedibilidade da ação penal a ser movida pela Câmara do Deputados, conforme se depreende da leitura do artigo 51 da Carta Magna:
    “Art. 51. Compete privativamente à Câmara dos Deputados:
    I – autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração de processo contra o Presidente e o Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado;”
    Realmente, se qualquer pessoa do povo denunciar o Presidente da República, por crime de responsabilidade, somente se os órgãos internos da Câmara dos Deputados derem prosseguimento à delação feita instaurar-se-á processo para apurar o delito apontado. São inúmeros os casos de denúncia apresentada, que não são processados por questões políticas, razão pela qual não se pode deduzir a existência de ação penal popular. Aliás, no caso da ação civil popular, não há como deixar de apreciar o pedido do autor, o que inexiste no caso da Lei 1.079/50.
    Não precisamos muito, na mídia compulsamos todas as provas a respeito. O Mundo sabe desse comportamento irregular da Presidente. É público e notório.
    Portanto, a Presidente da República está enquadrada no art. 85 da Magna Carta, porque está descumprindo os incisos do mesmo dispositivo constitucional.

    Sai do trono ou não sai?

    IMPEACHMENT DE DILMA JÁ.

  25. segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 11:49 hs

    Ei Sergio ! se os cara da Veja são safados, imagine aquele pessoal do “conselho administrativo da Petrobraz” !!!!

  26. segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 12:13 hs

    “Impossivel que alguém com ‘mens sana in corpore sano’ ache que ‘ELES NÃO SABIAM. NÃO TINHAM CONHECIMENTO’, simplesmente me recuso a acreditar, me recuso! Parafraseando o Pe. Quevedo; ‘Isso Nón Ecziste’. Um dia o Brasil aprende, amadurece e muda! A mudança é princípio elementar básico para a sobrivência da democracia. É como oxigênio para qualquer ser vivo. Em qualquer País minimamente um pouquinho só mais desenvolvido cuturalmente que nós já estariam todos presos, bens sequestrados, e inelegiveis. País com complexo de Alice. Povo criminosamente alienado. Protestaram nas manifestações do ano passado como Leões Predadores. Mas… Nas eleições desse ano votaram como ovelhas em seus próprios tosquidores…” – Profº Celso Bonfim

  27. Freddy Kruger
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 13:58 hs

    Estamos naquele velho dilema da acomodação. Está na hora da população decente sair as ruas e protestar em frente ao Palácio Alvorada, junto ao STF, junto ao Senado e Câmara Federal, ou continuarmos dormindo em “berço esplendido ?

  28. Julian
    segunda-feira, 24 de novembro de 2014 – 18:27 hs

    Depois falam que quem quer IMPEACHMENT é golpista…..IMPEACHMENT PARA DILMA ROUSSEFF, JÁ!

  29. Helena
    terça-feira, 25 de novembro de 2014 – 0:08 hs

    Safados são aqueles que votam em candidatos de partidos compostos por ladrões, e ainda dizem que todo mundo rouba. Faz me lembrar na época que que muitos diziam: vamos malufar ! Hoje podemos usar outro verbo: PTzar.
    O PT foi melhor que seu professor do malufar.

  30. Juca
    terça-feira, 25 de novembro de 2014 – 11:23 hs

    Parabéns pelos coeretes comentários Prof. Celso Bonfim.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*