Vídeo: Idosa é agredida por sobrinha em Guaratuba | Fábio Campana

Vídeo: Idosa é agredida por sobrinha em Guaratuba

idosa agredida - guaratuba

Do G1:

Um vídeo divulgado pela Polícia Civil de Guaratuba, no litoral do Paraná, mostra o momento em que uma mulher de 43 anos agride a tia – de 78. As agressões ocorrem enquanto a idosa toma banho em um chuveiro externo, que fica nos fundos da casa. A imagem mostra que, durante vários momentos, a sobrinha esfrega a vassoura no rosto e em outras partes do corpo da idosa, além dos gritos e xingamentos. A vassoura chega a desmontar e, em alguns momentos, a mulher usa sabão em pó para lavar a tia. A agressora foi presa em flagrante. O caso ocorreu no sábado (4), na Vila Esperança. As imagens foram entregues através de uma denúncia anônima. Nesta segunda-feira (7), a vítima passou por uma tomografia e os exames constataram que ela teve traumatismo craniano. Até a manhã desta terça (7), a idosa estava internada no Hospital Regional de Paranaguá. Ela não corre o risco de morte.

O vídeo pode ser conferido aqui.

O delegado responsável pelo caso, Claudimar Lucio Lugli, disse ao G1 que as denúncias dão conta de que as agressões contra a idosa eram frequentes. A sobrinha morava com algumas crianças e era a única responsável por cuidar da tia. “Durante o depoimento, a agressora disse que a tia era moradora de rua e que ela a acolheu em casa para ajudar. Ela justificou a violência dizendo que a tia era “pirracenta” e que fazia as necessidades fisiológicas na roupa de propósito para que ela tivesse que limpar”, relatou o delegado.

“O que mais me chamou a atenção neste caso, diante de tantos que já presenciei como delegado, foi a covardia dessa mulher em agredir uma pessoa tão indefesa insistentemente e por tantos minutos. Isso é um absurdo. Uma falta de respeito sem tamanho”, argumentou o delegado.

A pessoa que gravou o vídeo não quis se identificar, mas contou que precisou ter “sangue frio para conseguir filmar”. “Eu pensei que se eu não fizer nada e não tomar nenhuma atitude, ela vai continuar a sofrer as agressões. O nosso fim de semana acabou ali. Depois de denunciar para a polícia, nós resolvemos pegar as nossas coisas e ir embora logo”.

A agressora está presa na delegacia de Guaratuba e vai ficar à disposição da Justiça. Se for condenada, pode cumprir pena de dois a oito anos de prisão pelo crime de tortura, segundo o delegado. Até a publicação da reportagem o advogado que representa a agressora não tinha sido localizado.


4 comentários

  1. Paulo
    terça-feira, 7 de outubro de 2014 – 17:53 hs

    Deveria era dar um corretivo nesta SAFADA. Onde se viu agredir uma pessoa desta idade e com toda a certeza que cuidou desta VADIA quando era criança. PORRADA NESTA VACA.

  2. Helena
    terça-feira, 7 de outubro de 2014 – 21:46 hs

    Todos nós idosos somos agredidos moralmente agredidos, umas das agressões mais marcantes foi, quando o entao presidente Lula VETOU o projeto aprovado pelo Congresso Nacional, o aumento aos aposentados de 16.50% por pela defasagem de nossos benefícios, e ainda os congressistas do governo receberam propinas para votarem contra o povo em especial a nós, aposentados que representamos para eles um objeto descartável, pois, não damos lucros, só despesas, e assim sobra menos para eles se apoderarem e corromperem mais.

  3. Fernando
    terça-feira, 7 de outubro de 2014 – 22:48 hs

    Essa ordinária, morava em Pinhais no bairro Jd Weissopolis, esss idoso ja vem sendo agredida a muito tempo. Esta mulher era Traficante na Regiao metropolitana, e saiu fugida para guaratuba por ser ameaçada de morte, por roubar de toda a vizinhança, e só levou esta Idosa q é tia dela, pelo simples motivo de que esta idosa é incapaz de qualquer coisa e recebe um salário do governo, q vai tudo para o bolso da sobrinha.

  4. Eide Maura
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 21:11 hs

    Deveria ficar na cadeia para o resto da vida dela, porque um troço desses não serve pra nada mais. Coitadinha da Idosa!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*