Tempo de delação | Fábio Campana

Tempo de delação

thomaz

Do Lauro Jardim:

Pelo menos um dos executivos da Camargo Corrêa, implicado na Lava Jato, já está negociando uma delação premiada.

A propósito, neste imbróglio da Petrobras, Márcio Thomaz Bastos é advogado de duas empreiteiras – a Camargo Corrêa e a Odebrecht. Mas não há conflito de interesses. Thomaz Bastos defende as questões da Odebrecht na área internacional e da Camargo aqui.


5 comentários

  1. sábado, 11 de outubro de 2014 – 13:22 hs

    Não foi advogado ou ministro do Lula ao qual aconselhou não saber de nada?

  2. Parreiras Rodrigues
    sábado, 11 de outubro de 2014 – 17:25 hs

    Se de cada empreiteira citada pelos premiados colaboradores da Justiça, um se manifestar, podemos dizer que realmente o Brasil se passa a limpo.

  3. NA CORDA BAMBA
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 3:38 hs

    Este ilustre advogado já enriqueceu muito defendendo os malacos ligados
    ao PT. Já foi ministro na gestão do Lula, defende os indefensáveis, porem
    o que um profissional precisa ter sempre em mente é que antes do momen-
    to de atingir o limite do ridículo aposentar…

  4. LUIZ B.
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 8:18 hs

    ESSE É AMIGÃO DO PCC.

  5. ferreira
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 19:54 hs

    Dizem que ficou multimilionário com as ações movidas por terroristas criminosos e anistiados contra o Estado Brasileiro, e ainda foi brindado pelo lula com o cargo de ministro da justiça.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*