PSDB pede auditoria especial na eleição presidencial ao TSE | Fábio Campana

PSDB pede auditoria especial na eleição presidencial ao TSE

dilma

Do Globo:

O PSDB pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) auditoria especial nas eleições deste ano. A solicitação foi protocolada nesta quinta-feira pelo deputado Carlos Sampaio (SP), coordenador jurídico da campanha presidencial de Aécio Neves. Embora diga ter confiança na Justiça Eleitoral, o partido afirma que manifestações em redes sociais questionam o processo e ressalta que a auditoria pode dar certeza ao cidadão sobre o sistema eleitoral. O TSE informou que não havia recebido a petição e, por isso, não se manifestaria.

A ideia é criar uma comissão de especialistas indicados pelos partidos políticos para o trabalho. O resultado proclamado pelo TSE foi de 51,64% dos votos válidos para Dilma Rousseff (PT) e 48,36% para o tucano, diferença inferior a 3,5 milhões de votos.

Essa comissão teria acesso a cópias dos boletins de urna e demais documentos gerados nas sessões eleitorais, dos arquivos eletrônicos com a memória dos resultados, além dos logs originais e completos das urnas eletrônicas e de transmissão e recebimento dos dados da apuração.

Pede-se ainda acesso a todas as ordens de serviço e registros técnicos sobre manutenção e atualização dos serviços técnicos relativos ao segundo turno, aos programas de totalização de votos e aos programas e arquivos de urnas usadas, que seriam escolhidas aleatoriamente em pelo menos dez cidades de cada estado.

O documento começa com elogios ao trabalho da Justiça Eleitoral “especialmente as ações voltadas à segurança dos eleitores e da garantia do sufrágio”. Frisa, porém, que, nos dias seguintes à divulgação do resultado, foram registradas manifestações em redes sociais com questionamentos sobre a confiabilidade da apuração e a infalibilidade da urna eletrônica, com petição até em defesa da recontagem dos votos. O PSDB argumenta que a credibilidade do sistema brasileiro precisa ser reafirmada.

“A legitimidade da representação popular, em qualquer país democrático, está diretamente relacionada com a confiança do povo brasileiro no processo eleitoral e nas instituições públicas. Neste momento, as manifestações de uma parte considerável da sociedade brasileira não estão em consonância com esta esperada confiança, o que exige dos órgãos responsáveis pelo processo eleitoral e dos agentes que participaram das eleições ações concretas para que quaisquer dúvidas sejam dissipadas”, diz a petição.

O ex-presidente do TSE, Carlos Velloso considerou “salutar” para a democracia uma auditoria das eleições. Ele presidiu o TSE entre 1994 e 1996, época em que a urna eletrônica foi instituída. Ele atesta a eficácia do equipamento:

— Uma auditoria não compromete a credibilidade das eleições. É um direito dos partidos políticos esclarecer todo o processo eleitoral. Esse sistema de apuração da Justiça Eleitoral é seguro e tem muitas garantias. Acho até muito bom, salutar, que haja auditoria. Mas não tem possibilidade de a auditoria acusar erro que pudesse mudar o resultado das eleições — afirmou.


25 comentários

  1. quinta-feira, 30 de outubro de 2014 – 23:40 hs

    EU ACHO Q O PSDB REALMENTE DEVE PEDIR RECONTAGEM DE VOTO, PQ EU ACHAVA Q O AÉCIO VENCERIA ESSA ELEIÇÃO, EXATAMENTE PELA DIFERENÇA Q DEU PRO DILMA.
    E ESSE SISTEMA DE VOTAÇÃO NO BRASIL, NÃO É CONFIÁVEL.

  2. VERDADE
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 0:06 hs

    Kkkkkk! Isto eh sério ou pegadinha? Muito ridículo!

  3. Helena
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 0:18 hs

    O que me despertou desconfiança, foi a espera que o TSE determinou até as 20 h. e também , onde tem petista, eu desconfio até de sua sombra.

  4. CONTRA CORRUPÇÃO
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 0:25 hs

    Só sei que o candidato à dep. estadual professor Galdino e outros vários pelo Paraná afora, foram roubados nas urnas eletrônicas, não se pode um candidato perder 20.000 votos dentro de uma cidade que reconhece o seu trabalho e estava em plano crescimento e considerado um dos mais votado no PR.

  5. Eleitora atenta
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 0:33 hs

    Nós, eleitores do professor Galdino 45.021 estamos contrariados em vê nosso candidato à dep. estadual perder mais de 20.000 votos de uma eleição para outra, sendo que seu trabalho além de ser reconhecido pelo Paraná afora, ele estava em pleno crescimento e tendo visibilidade comprovada.
    Temos sim, que fazer auditoria para trazer uma luz e queremos saber de verdade onde está o nosso voto digitado para ele no dia 5 de outubro de 2014 nas urnas paranaense.

  6. Carlos - Cajuru
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 1:01 hs

    Isso tem um nome! DESESPERO!
    3,5 milhões é bastante! É a população de uma cidade como Curitiba!

  7. Helena Hoffmann Wagner
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 2:16 hs

    Democracia é quando eu mando em você. Ditadura é quando você manda em mim. Vitoria eleitoral é quando eu venço você. Fraude é quando você vence a mim. Tá certo, Adel. É isso aí…

  8. SOLANGE LOPES
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 3:29 hs

    É claro que esta eleição foi decidida no TSE. Agora estou entendendo o que o Lula quis dizer em um comício que deve estar gravado. ELES NÃO SABEM O QUE SOMOS CAPAZES DE FAZER. Fizeram.

  9. ferreira
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 8:13 hs

    É bom que se faça uma auditoria antes de um impeachment, não podemos confiar num governo de mentiras e roubalheira assim como num TSE raposário.

  10. Selbach
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 8:13 hs

    Em países onde as eleições são com votos impressos, em caso de dúvida é só fazer a recontagem. Aqui no Brasil é o resultado apresentado na maquininha e ninguém mais pode . Como o sistema tem apresentado sérios problemas em todos os cantos, por que aqui no Brasil tem que ser desta forma e ponto final?

  11. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 8:51 hs

    Fomos roubados sim. A diferença aqui em Curitiba foi maior. Notou-se desânimo das lideranças e militância petista depois que Gleisi foi escanteada por Requião que tomou as rédeas da campanha.. E o índice de rejeição do Figueira é de pelar o pescoço da gralha.
    Urnas eletrônicas não são confiáveis. Países mais avançados tecnologicamente não as usam. Porque não o comprovante do voto, como qualquer maquininha de cartão de crédito emite, até o do vendedor de cachorro-quente da esquina.

  12. Tarzan
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 9:13 hs

    Por favor PSDB e coligação, façam isso 48,36% da população te deram crédito. Com certeza houve fraude. Temos que limpar essa legião de bandidos.

  13. Jopa Santana
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 9:20 hs

    Por que será, que países que mandam espaçonaves pra fora da Terra, e dominam a anti-materia, contam seus votos no Papel e não com urnas semelhantes às brasileiras?

    Será que temos mais tecnologia que estes países?

  14. Do Interior....
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 9:26 hs

    Todos falam da urna que é inviolável. Mas o problema não está nela mas na junção dos votos de todas elas, pelo TSE. Gente, para pegar um ou dois milhões de votos no total e passar par o outro lado é mole. O Ideal era que, existisse uma urna (como na antiga) em que depositasse um tipo de recibo (voto no candidato) quando da votação para que, no caso de uma recontagem, possa ser verificado fisicamente e comparado com o voto eletrônico. Este sistema já é assim em TODOS os países que optaram pela urna eletrônica, EXCETO NO BRASIL!.

  15. ANTONIO ALMEIDA
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 9:29 hs

    Olha vejo todos os dias algumas pessoas reclamarem dos nossos políticos em sua generalidade por todo o brasil, basta refletir oque era o PIB, e a nossa classe media na época do governo FHC, acorda Brasil, hoje países europeus e da América central, Central estão passando por mudanças, e estão pouco a pouco criando um pais mais justo aos menos favorecidos, ou seja essa e a diferença do PT, está, governando para todos, pobres e ricos, no inicio do mandato do Presidente LULA, em 2003, os ricos estavam apavorados, muitos realizaram desvios de divisas investindo em em paraísos fiscais estrangeiros. ai vai a dica reflita o Brasil ficaria muito pior se o PSDB houvesse ganho as eleições, governaria diretamente aos mais favorecidos, no quesito da Justiça Eleitoral do Brasil, Após anos de testes e visitas e inspeções internacionais , o sistema URNA ELETROTÔNICA foi considerado totalmente seguro e confiável.
    Att. Antonio Almeida, Militar na ativa e Economista.

  16. Mírian Waleska
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 9:33 hs

    Eu queria que houvesse uma auditoria sim, pelo grande número de denuncias apresentadas nas redes sociais, porém, sou da seguinte opinião. Quem pariu Matheus que o embale, não acho justo que Aécio Neves pegue esse abacaxi que Dilma plantou em todas as vias do país, sei que PT é coisa do diabo e eles tentariam de todas as formas inviabilizar o governo de Aécio Neves promovendo greves, manifestos, quebradeira, para daqui a quatro anos pousarem de competentes. Então, eu defendo a tese de que não cai uma folha de uma árvore se Deus não quiser, essa derrota de Aécio hoje pode ser vista como uma vitória pois, ele não merecia arcar com todas as consequências de um país inflacionado, cheio de problemas em todas as áreas fruto de um governo corrupto e irresponsável que se arrasta ha 12 anos. Deixem o Aécio bem bonitinho no cantinho dele lá no Senado, compondo aquele grupo de feras que virão para fazer uma oposição ferrenha a estes corruptos a partir de 2015, e que Dilma comece a colher o jilós que plantou em todos os cantos do país. Essa eleição, que mais foi um cadastramento do Bolsa Família veio também mostrar que Aécio Neves está sim preparado para em 2018 presidir o nosso país, quanto toda essa PTzada tiver se mudado para Cuba ou para a Papuda. É o que eu penso.

  17. Cidadão
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 9:36 hs

    Mas o QUÊ é confiável no Brasil sil sil sil sil? Digam lá, sejamos honestos, francos, humanos. Na questão da segurança pública, insistimos em não copiar a flexibilização que sinaliza o fim da criminalização dos drogados – de que tipo forem – como fizeram USA, Canadá, Suíça, Espanha, Chile, Argentina, Uruguay etc., etc., etc.. Piores que ignorantes, somos verdadeiramente asnos-políticos. Na questão do bingão-eletrónico do tse (hahahahahahahahahahahaha), querem discutir com competentes matemáticos brasileiros e estrangeiros que já provaram, à exaustão, o abismo de falhas existente no sistema, e nosso povão continua acreditando, infelizmente, em ‘loterias da cacha-preta’, caça-níqueis e na ‘infalibilidade’ (hahahahahahaha) das ‘urnas-eletrónicas’ que são usadas somente aqui no Brasil sil sil sil sil. É falso? É mentira? Quem vive de mentiras desdenha da verdade, e jamais aprenderá Ciências verdadeiramente, lamentavelmente para o Brasil.

  18. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 10:40 hs

    Aécio,para governar o Brasil,precisaria ter governado Minas Gerais.
    Me parece que não governou.

  19. VILSON
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 10:45 hs

    PARECE ELEIÇÃO DE GRÊMIO ESTUDANTIL DE ESCOLINHA.
    ONDE O PROTEGIDO DAS “TIAS” NÃO GANHOU

  20. Patobranquense
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 10:46 hs

    Uma das coisas que se poderia instituir e que inibiria tentativas de fraude via sistema seria imprimir o voto para o eleitor. Primeiramente, para que o mesmo conferisse sua votação e segundo porque possibilitaria uma recontagem, mesmo que por amostragem, caso necessário para se constatar eventual fraude.

  21. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 10:49 hs

    Por quê não havia fiscais de partidos no local onde se processavam os votos? Essas plêiades de sábios e iniciados que, tal como os alquimistas da antiguidade, são detentores de todos os conhecimentos e ritos cibernéticos sempre me causaram arrepios.

  22. didi
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 11:04 hs

    nao voto no PT nunca votei e nunca votarei.Toca a vida Aecio.O tempo nos dira e a historia nos diz onde vai dar o popuulismo.

  23. sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 14:18 hs

    Eu acho que devemos mesmo pedir a recontagem de votos mas em todas as instâncias, por ex. pra governador no Parana depois do péssimo governo do Richa em q foi reeleito, em São Paulo com todos os problemas relatados pelos problemas de segurança, pela falta de água tbem foi reeleito.

  24. jk
    sexta-feira, 31 de outubro de 2014 – 22:10 hs

    Tem que recontar os votos no parana, Esse governo ganhou de novo ???

  25. LUIZ B.
    sábado, 1 de novembro de 2014 – 8:25 hs

    LULADRÃO / DILMALÁRIA,O CÂNCER DO BRASIL.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*