Presos fazem rebelião em Guarapuava | Fábio Campana

Presos fazem rebelião em Guarapuava

Da Agência Brasil:

A Polícia Militar começou a negociar com os cerca de 80 presos que promovem uma rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava, no Paraná. O motim foi iniciado hoje (13), por volta das 11h30, por cerca de 80 dos 240 presos da unidade, na qual os presos trabalham e estudam.

Os presos conseguiram capturar 11 dos 18 agentes penitenciários que trabalhavam na prisão. Um deles foi liberado após ter sido queimado com cola quente, segundo a Secretaria da Justiça.

A secretaria explica que os rebelados aproveitaram o horário de almoço e a movimentação dos presos, que iam trabalhar na penitenciária, para começar o protesto. As reivindicações dos que se rebelaram ainda não são conhecidas.

A segurança nos presídios paranaenses é crítica, de acordo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Antony Johnson. Ele diz que esta é a 21ª rebelião no sistema penitenciário do estado, desde dezembro do ano passado.

“Estamos vivendo uma crise sem precedentes”, avalia Johnson. Segundo ele, o sindicato tem cobrado do governo estadual medidas para garantir a segurança para dos agentes e melhorias no tratamento dispensado aos apenados.


Um comentário

  1. FUI !!!
    terça-feira, 14 de outubro de 2014 – 5:44 hs

    O Brasil carece de uma conduta mais radical em relação aos motins que
    tomou conta dos presídios de todo o país. Os agentes penitenciários sofrem
    com a ameaça de vida enquanto os presos “pintam e bordam” fazendo as
    suas exigencias. Se os caras matam, depredam tudo que existe pela frente,
    deixem sem comida, colchão e roupas para dormir. Negociam e recons-
    troem tudo de novo atendendo aos pedidos dos delinquentes… Que os direitos humanos vá para o inferno !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*