PMDB assume o comando da campanha de Dilma no Paraná | Fábio Campana

PMDB assume o comando da campanha de Dilma no Paraná

joao arruda - foto franklin de freitasFoto: Franklin Freitas/Bem Paraná

Do Bem Paraná:

O PMDB, liderado pelo senador Roberto Requião, vai coordenar a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) no Paraná. Depois de uma disputa com os petistas do Estado e com os partidos da coligação da senadora e ex-candidata ao governo Gleisi Hoffmann (PT), os peemedebistas conseguiram a coordenação da campanha presidencial no segundo turno. O deputado estadual eleito Maurício Requião Filho (PMDB) e o deputado federal reeleito João Arruda (PMDB) participaram de uma reunião entre os partidos e declararam apoio à campanha com a condição de assumirem a coordenação em Curitiba e região. Requião, segundo lugar na disputa ao governo do Estado vencida no primeiro turno pelo governador reeleito Beto Richa (PSDB), deve coordenar a campanha estadual do PT ao lado do deputado federal Doutor Rosinha (PT) e da senadora Gleisi Hoffmann.

A primeira reunião suprapartidária realizada pelo Diretório Estadual do PT para organização da campanha da presidenta Dilma no Estado foi marcada pela imposição do PMDB em assumir a campanha. O número de votos conquistados no primeiro turno foi decisivo para que o PT cedesse o controle da coordenação. Requião fez 1.634.316 votos, ou 27,56% para o governo, contra apenas 881.857 votos ou 14,87% de Gleisi . Além do PMDB, estiveram na reunião dirigentes estaduais do PDT, PCdoB, PRB e PTN, além de deputados, prefeitos, vices, vereadores, ex-candidatos da coligação da senadora Gleisi Hoffmann (PT) ao governo, “Paraná Olhando Pra Frente” e lideranças sindicais.

Maurício Requião Filho – filho do senador – afirma que o número de votos dos candidatos do PMDB no primeiro turno e a maior bancada eleita na Assembleia foram os argumentos que convenceram o PT a ceder. Coordenar a campanha significa organizar comitês, distribuir cargos de liderança e funcionários. “Vamos votar na Dilma, mas pra gente fazer campanha, temos que ter condições. Estamos todos saindo de uma campanha agora, infelizmente não deu segundo turno, está todo mundo fechando as contas, temos que encerrar os comitês. Precisamos de condições para o trabalho”, alegou. “Ninguém está falando em dinheiro. Só que o PMDB do Paraná fez oito deputados, eles (o PT) fizeram três. Fizemos muito mais votos do que eles em Curitiba e região, que é onde eles estão muito mal; então é uma parceria, mas queremos estar na cabeça da parceria”, impõe.

Desafio –
A estratégia do PMDB é “diminuir a diferença” de votos entre Dilma e Aécio Neves no Paraná. Para João Arruda – sobrinho do senador – será difícil reverter o quadro eleitoral de Aécio no Estado. “O desafio é muito grande, acho que o Aécio vai ganhar a eleição no Paraná. A ideia nossa é diminuir a diferença”, admite. “Requião tem força em Curitiba e região metropolitana, já chegou a ficar na frente do atual governador, principalmente em Curitiba, e naregião metropolitana terminou na frente em alguns municípios, com o Vale da Ribeira, e agora aproveitar do prestígio eleitoral que ele tem em alguns municípios e tentar reverter o quadro e fazer com que a diferença diminua”, avalia.

Setoriais –
A vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves (PT) também participou da reunião de ontem e deve coordenar parte da campanha em Curitiba e região, mas com papel limitado à relação com centrais sindicais e movimentos sociais. “A coordenação do PT em Curitiba ficará a meu cargo e do Tadeu Veneri (deputado estadual reeleito), e saíram várias outras (coordenações), setoriais, de sindicatos, de Sem Terra, outros movimentos sociais”, organiza. Diferente do primeiro turno, as maiores centrais sindicais do Paraná se posicionaram claramente a favor da campanha de Dilma no Paraná. CUT, CTB, Força Sindical, NCST, CGTB declararam apoio incondicional e apenas a UGT negou apoio.


28 comentários

  1. quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 10:44 hs

    O PMDB do Paraná e o PT também tentam ressuscitar a DILMA no 2° turno o que é difícil. ninguém pode negar que Requião ainda tem seus fãs e seguidores, mas transferir votos para a CRIATURA – o famoso “POSTE” sem luz própria. O APAGÃO tomou conta do Petismo. No Paraná ficou claro de que o ANTIPETISMO É O CAMINHO PARA OS ELEITORES PARANAENSES. Aqui o PT não tem vez e nem voz.

  2. Cesar
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 10:59 hs

    Nossa,agora a Dilma vai decolar no Paraná! Equipe formada por Requião,Dr Rosinha e Gleise,time de primeira linha…
    Com essa turminha aí ,o Aécio vai dobrar a vantagem no Paraná.
    Adeus PTzada,em 2015 vocês terão de retornar ao trabalho pois a boquinha vai acabar…
    Aécio rumo à vitória achapante!!!!!
    Ps: O Requião não vai precisar trabalhar pois já está muito bem aposentando,não é mesmo?

  3. Freddy Kruger
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:00 hs

    A derrota desta vez será mais humilhante ainda. Deveriam ter vergonha até de aparecer em público depois de tantos escandalos envolvendo o PT. O Requião e sua turma provam mais uma vez que são tralhas e devem ser expurgados do Paraná.

  4. Paulo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:09 hs

    O requião nem ligou que perdeu a eleição no Paraná, entrou na disputa para colocar seu nome nos holofotes, para um senhor de 74 anos, fazer 1 milhão e 600 mil votos, usando apenas o twitter e uma camera amadora, não é nada mal, Requião vai de aposentar com um salario de 50 mil até morrer, é mole?

  5. COELHO RICOCHETE
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:13 hs

    Domingo passado Rex mamona recebeu 43% votos a menos do que quando foi eleito senador.

    A ministrinha petralha encolheu mais ainda: menos 73% dos votos que tinha recebido em 2010.

    Ambos sistreparam e querem “comandar a campanha” pra tentar reeleger o poste?

    KKKKKKKKKKKKK

  6. quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:15 hs

    Olha o FERREIRINHA aí gente !!!!!!!!!!!!!!!!

    A turma da mentira, do do$sSiê fajuto e da pilantragem está de volta a troco de mí$eros to$tôe$ fazem qualquer negócio

  7. SIDÃO PontaGrossa
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:27 hs

    Com o pinoquião e pinoquinho no comando aqui no Paraná. O poste tia Dilma foi pro brejo. É Aécio 45 neles.

  8. Sergio R.
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:43 hs

    Humm. As trevas se reorganizando. Vai ser muito bom este combate. A vitória em cima do grupo reunido é muito mais interessante. Ainda mais que a campanha da candidata se colocou como COração VAlente. COVA. A coveira do Brasil. Aquela que enterrou a economia. Enterrou os empregos. Enterrou a Petrobrás.

  9. timothy
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:52 hs

    Coitada da presidente, iludida pelo Dr. Rosinha que fez lobby pelo senador. Requião + Gleisi + Gomyde, isso não é uma soma, é um tiro no pé! É aquela operação em que o resultado final é menor que a somatória das partes. Um bocudo, que fez apenas 27% dos votos, perdeu para um piá de prédio, agora posa de salvador da pátria. Nem gosta da Dilma, é um crítico contumaz da presidente, mas está se engajando na campanha para disfarçar a sua acachapante derrota. Se Dilma ganhar, ele vai dizer que foi graças ao trabalho dele aqui no Paraná e ao “prestígio” que ele tem no Brasil todo. Quanta arrogância, o homem não se enxerga!!!

  10. serpa
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:54 hs

    QUO USQUE TANDEM ABUTERE, REQUIÃO, PATIENTIA NOSTRA?
    Nem quando o senador é derrotado de forma vexatória, ele se toca. Acho mesmo que a gente nunca vai se livrar desse grosseirão, arrogante e pernóstico. Vamos ter que aguentá-lo para toda a eternidade, porque alguém assim sempre dará um jeito de se reencarnar… Mas, pelo menos, podemos desabafar parafraseando o romano Marcus Tullius Cicero, “Quo usque tandem abutere, Requião, patientia nostra?”. Até quando, tu, Requião, abusarás da nossa paciência?

  11. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:04 hs

    Baita mentira essa do Requião, para eleger o filho. Para atender interesses próprios – e da família, Requião não hesita em mentir para o povo, empurrando Requião Filho, quando na verdade, o nome do deputado de pouco mais de 50.000 votos é Mauricio Requião Filho. Interessante que Maurício é irmão do Cavaleiro da Granja. O nome correto seria então Mauricio Requião Sobrinho.
    Até nisso, nó-cego.

  12. glacy
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:12 hs

    Taca le o pau, Requião Véio! Com os seus coices, a sua boca grande e imensa capacidade de desagregar, você vai enterrar ainda mais a candidatura da presidente no Paraná. Me espanta ver o PT se intimidando com as peitadas do senador.

  13. joão eduardo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:15 hs

    Isso é obra do Dr. Rosinha, que convenceu o PT nacional a dar o comando local ao senador. Pelo visto, o Dr. Rosinha se esqueceu da fábula da RÃ E O ESCORPIÃO!!!

  14. albuquerque
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:16 hs

    BOLSA-PACIÊNCIA
    De novo, Requião? Ninguém merece! Está na hora de se criar o Programa Bolsa-Paciência, para que cada um dos cidadãos que não votam e não gostam do senador, possam aturá-lo por mais quatro anos, o tempo que ainda resta do seu mandato no Senado. A divulgação da Bolsa-Paciência, através de campanha publicitária, poderia ter como mote uma frase de um famoso da Roma Antiga, o Marcus T. Cicero: Quo usque tandem abutere, Requião, patientia mostra? Ou seja, Até quando, tu, Requião, abusarás da nossa paciência?

  15. Helena
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:16 hs

    Apoio `que será suicídio político para quem o fizer ao PT.

  16. CORINGA
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:38 hs

    que tal a familia encrenca reunida. será que o joão arruda vai fazer parceria com a cristiane yared nos projetos dela , afinal experiencia ele tem

  17. ferreira
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:46 hs

    Derrota garantida da dona dilma , somos gratos à família Melo e Silva do Paraná.

  18. SOLANGE LOPES
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:50 hs

    Agora tenho certeza. Aécio Presidente.

  19. clarice franze
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:51 hs

    NOSSA, O REQUIÃO E O QUE RESTOU DO PMDB FISIOLOGISTA E VINGATIVO PERDERAM MESMO O RUMO..

    SÓ DEUS PARA MOSTRAR A DECREPITUDE DESSES QUE RESTARAM.

  20. zangado
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 13:07 hs

    Está reeleito, então, pode ser “alinhado” …
    Não deve nada ao Brasil que quer mudar para melhor …

  21. Magaiver
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 13:08 hs

    PMDB – PR é falido, tadinha da Dilma.

  22. lindacir
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 13:23 hs

    REQUIAO SÓ VAI COLABORAR PARA QUE O PT TENHA UMA DERROTA AINDA MAIOR NO PARANA … AECIO SERA NOSSO PRESIDENTE

  23. eloy giraldi
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 14:08 hs

    O Senador mamona, está igual a mulher de malandro, é uma surra por semana, como gosta de apanhar, vai tomar mais uma sova nas urnas, só que desta vez com uma diferença maior para o Aécio!

  24. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 14:42 hs

    Mas esse rapaz não aprende mesmo, hein? Nem apanhando…

  25. Tarzan
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 16:52 hs

    É isso aí, quanto mais apoio do PMDB ( diga-se Requião) mais rápido vai a pique esse barquinho do PT. No PARANÁ pt não emplaca.

  26. Luiz
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 18:27 hs

    El matador.

  27. sexta-feira, 10 de outubro de 2014 – 4:00 hs

    Saber perder é uma grande humildade do homem, mas esta tigrada co-
    mandada por Requião fazer campanha para a Dilma será um desastre,
    ou seja “maravilha” para o Aécio !!!!

  28. nelson
    sexta-feira, 10 de outubro de 2014 – 12:49 hs

    essa turma do requiao nao devem conhecer a verdade nem praticar a verdade e muito menos falar a verdade, pq pelo jeito amam a mentira e a corrupçao…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*