Pessuti responde a Requião | Fábio Campana

Pessuti responde a Requião

pessuti resp. requiao

Depois de Roberto Requião falar que Serraglio é um “Pessutinho que sabe ler e escrever”, Orlando Pessuti enviou ao Blog um comentário sobre a declaração de Requião. É o que segue:

“Que bom comparar o Serráglio comigo o chamando de Pessutinho…… É assim que chamo meus irmãos e meus filhos… Que bom é reconhecer que o Serráglio sabe ler e escrever…Eu, Orlando Pessuti, não tive oportunidade, na minha infância e juventude, de frequentar boas bibliotecas em Buenos Aires e passar o tempo lendo como me afirmou certa vez o Requião. Posso até não ser tão bom assim na escrita e na leitura, mas de uma coisa tenho certeza: SEI FALAR, FALO O QUE SINTO E NÃO MINTO PARA AS PESSOAS… Quanto ao Requião, deve sim saber ler bem e falar muito.. Quanto a escrever, tenho lá minhas dúvidas. Sempre soube que quem sempre escreve os textos para ele é o Benedito Pires e o irmão Wallace Requião de Mello e Silva….Só para que não esqueçam: passei minha infância e juventude estudando em humildes escolas e trabalhando na roça na minha querida Jardim Alegre e não vivendo as custas de mesada de meus pais.

Orlando Pessuti”


30 comentários

  1. Zangado
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 22:37 hs

    Beleza Pessutão !
    Resposta de um cavalheiro da política, não um cavalão!
    Bobão Rex sempre foi leitor de orelha!

  2. Cide botafogues
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 22:53 hs

    ESTA PELEIA VAI LONGE!!! INTERESSANTE QUE OS DOIS APOIAM A DILMA! QUE FALTA DE VISÃO POLITICA!REALMENTE SE NOTA QUE SEMPRE PENSARAM EM BENÉCIES DE CARGOS PÚBLICOS E O POVO QUE SE LIXE!!!USAM E ABUSAM DO PARTIDO PARA BENEFÍCIOS PRÓPIOS! O POVO COMEÇA ENXERGAR LONGE!!! SERÃO ALIJADOS DO PODER! QUEM DER GUARIDA SE QUEIMARÁ!!! VERGONHOSA DISPUTA INTESTINA> RESULTANTE DO ENTERRO POLITICO DE AMBOS.REZEMOS O OFICIO DOS DEFUNTOS…

  3. bico doce
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 23:01 hs

    Impressionante a imaturidade do nosso representante no senado. Requião totalmente despreparado para o cargo de senador. Nos envergonha. Deveria estar em Brasília trabalhando e não difamando e pregando o ódio.

  4. Carlos - Cajuru
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 23:02 hs

    Duas figuras públicas do Paraná se xingando desse jeito! Mas o que que é isso?

  5. VERDADE
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 23:06 hs

    Sério gente! Este Pessuti não eh normal…Pare de fazer teatro seu lugar na Sanepar estah garantido! Cai fora
    chato…

  6. LUIZ PEIXOTO JR
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 23:20 hs

    Parabens CARLOS ALBERTO bela vitória, PESSUTI pela coragem Dr SERRAGLIO orgulho do PARANÁ no Congresso Nacional pelo seu trabalho na CPI da corrupção do Mensalão, demais meros figurantes.

  7. Diogo
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 23:35 hs

    Sabias palavras Pessuti Parabéns vç é Guerreiro, obrigado por estar do lado da Verdade.

  8. décio
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 0:15 hs

    Um político que foi deputado, prefeito de Curitiba, governador 3 vezes, e senador 2 vezes, conseguir apenas 27% de votos, a metade do Beto Richa, tudo isso ainda no primeiro turno, deveria se mancar, ficar quieto, refletir sobre seus erros. E se recolher a sua insignificancia atual, o tempo dele acabou. Só não vai ser enterrado agora, porque ainda tem 4 anoa de Senado.

  9. Escritor
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 0:42 hs

    Chupa Requião, fica de boca fechada que é menos pior………

    Depois da ridícula votação que você e sua companheira Gleise fizeram, melhor vocês sumirem do mapa.
    O Alvaro Dias sozinho cuida melhor do Paraná que junto de vocês.

  10. Miguel
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 6:01 hs

    Seria trágico se não fosse cômico. Pessuti e um paspalho!

  11. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 7:39 hs

    Pessuti nem deveria responder a Requião. Que nem ler não sabe. Se lê, não assimila o bom fluído, os bons ensinamentos dos livros.
    O comportamento do Requião é semelhante ao do guri que vai à escola prá trocar lanche no recreio e brigar na saida. Brigar e apanhar.

  12. quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 8:41 hs

    Sou do PMDB , mas a briga destes dois está destruindo o PMDB no Paraná. Nós do interior do estado já estamos de “saco cheio” da briga destes dois.

  13. Rolândia
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 8:53 hs

    Quem é Requião?

  14. Vitor Hugo Turko
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 9:37 hs

    Acho meio chororô do Pessuti.

    Que o Requião é um jegue, sabemos, mas o Pessuti não é uma Brastemp não.

  15. LUIS ADOLFO KUTAX-CONTENDA/PR
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 9:38 hs

    TRABALHAR NA ROÇA E OU MESMO TER ORIGEM HUMILDE NÃO PODE SER MOTIVO DE VERGONHA PARA NINGUÉM, E QUANTO A ISSO, SOMOS TESTEMUNHAS, O PESSUTI SEMPRE HONROU E TEVE ORGULHO DE SUAS ORIGENS!
    DEUS GUIA E CONTINUARÁ GUIANDO SEUS PASSOS!

    VALE A PENA LEMBRAR:
    http://www.tribunaregionaldalapa.com.br/index.php?mod=3&id=370

    “A vida de Orlando Pessuti
    Por Luís Adolfo Kutax 01/04/2010
    Na pequena casa de madeira com chão de terra batida, fogão de lenha e chaminé, o abrigo da família. E, do trabalho penoso na lavoura e criação de algumas cabeças de gado, conseguidas com muito suor e sacrifício, o pai (Natal) e a mãe (Idalina) deram o sustento aos filhos.

    A luta começava cedo. Havia a lenha para cortar, o milho a ser debulhado e as “criações” a serem tratadas. Rotinas estas bem conhecidas para quem vive e trabalha na roça. Ainda menino, Orlando, grande e forte, se acostumou ao uso de ferramentas como a enxada, foice, facão, e a ajudar o pai a encilhar o cavalo para ir a cidade buscar mantimentos que o sítio não produzia. Cresceu formando seu caráter no exemplo de sua família e tantos outros que buscavam prosperidade para plantar, criar alguns animais, ou mesmo continuar sonhando em ter um pedacinho de terra. E, devido à pobreza em que viviam, trabalhando descalço sujavam seus pés na terra vermelha e gosmenta da roça, e daí o orgulho de ser chamado de “pé vermelho”.

    Quem foi criado aprendendo, por ensinamentos práticos de seu pai, a curar animais, viajando no lombo de cavalo ou em antigos carroções por quilômetros e quilômetros, ou mesmo pisando o gelo das geadas, não podia reclamar de qualquer coisa que o destino, por mais duro que fosse se apresentasse.Com a vizinhança as relações de amizade e a vivência comunitária se fortificavam principalmente nas missas dos domingos, ou durante a semana quando se reuniam de casa em casa para rezar o terço ou praticar o ritual das novenas. Neste ambiente de princípios cristãos, a mãe pertencente à congregação Sagrado Coração de Jesus e o pai congregado mariano criaram Orlando, seu irmão e irmãs.

    Assim é parte da história de Orlando Pessuti, vice-governador do Paraná, filho de uma família de humildes agricultores, sendo exemplo, ora para o pequeno agricultor, ora para o trabalhador rural, ora para tantos outros que, independente do local ou região em que vivem, ou do tipo de trabalho que desenvolvam, sonham e buscam conhecer suas potencialidades e colocá-las em prática.”

  16. Douglas
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 9:52 hs

    Viver de mesada dos pais é proibido? Ilegal? Imoral? Ou o Pessuti queria que o pai do Requião desse o dinheiro que tinha para ele? Fica a pergunta.

  17. Corvo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 10:02 hs

    Como dizia hoje senador Romário ao Pelé…Requião calado é um poeta!! Boa Pessuti é com educação e respeito como sempre tratou as pessoas que o faz um homem digno e um político confiavel!! Tacalepu Landão!!

  18. Jacinto Ferro
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 10:44 hs

    Pessuti:
    É assim mesmo enquanto o Rei lia livros de anarquismo a gente trabalhava e muito. Seguimos trabalhando e ele segue mamando.

  19. Gardel
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 10:46 hs

    É isso ai guri, chega o milho no comedor de mamona.

  20. itamar
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:04 hs

    se o mitomano falalasse tão bem, ele não ficaria o tempo todo repetindo a palavra ABISSOLUTAMENTE,.fala pro véio caquético que o certo é absolutamente.

  21. quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:15 hs

    Na mocidade a mesada do pai, hoje é bancado pela mesada do Governo Estadual e mais tarde terá a mesada do Senado. E, assim caminha a HUMANIDADE ou a uma identidade?

  22. João
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 11:20 hs

    Vai em frente Pessuti. Até que enfim alguém se levanta para acabar com a pretendida hegemonia dos Mello e Silva no PMDB. Infelizmente o Paraná terá que amargar mais quatro anos desse atraso de vida no Senado.

  23. Ademir
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 12:00 hs

    Douglas!!! Não é errado e nem ilegal receber mesada, porém dizer em outras palavras que um homem esforçado e trabalhador é analfabeto conhecendo a historia dele e sabendo que não teve as mesmas condições de estudo é muito errado…

    Requião você já era…

  24. quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 14:16 hs

    Ouvindo os comentários…Requiao vc continua incomodando…Taca le pau Requiao.o melhor senador do BRASIL…q dirá se tivesse sido eleito….seria o melhor governador do Brasillll…mas 2018 está aí!!!!

  25. GATINHO - IVAIPORÃ
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 14:23 hs

    Muito bem, governador Pessuti!!!
    Não podemos deixar o Roberto Requião sem resposta. Quem fala o que quer, ouve o que não quer!
    Ele ainda está magoado, afinal, recebeu a resposta amarga do povo paranaense com um NÃO nas urnas. Merecido.
    Fiquemos seremos e tranquilos, com a cabeça erguida.
    Imagine agora como ele irá representar o Estado do Paraná como senador. Penso que nosso estado está perdendo oportunidades de melhorias e recursos com o senador Roberto Requião em Brasília.
    Abraço do Gatinho!

  26. Beatrix Kiddo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 14:42 hs

    Não se ofenda Pessuti, o Pinoquião sempre foi assim mesmo, ele quer que falem dele, nem que seja mal dele. Você já deveria saber disto, não perca tempo chutando cachorro morto, não vale a pena e pode sujar o tênis.

  27. Beatrix Kiddo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 14:43 hs

    Não se ofenda Pessuti, o Pinoquião sempre foi assim mesmo, ele quer que falem dele, nem que seja mal . Você já deveria saber disto, não perca tempo chutando cachorro morto, não vale a pena e pode sujar o tênis.

  28. Hernane Fraga
    quinta-feira, 9 de outubro de 2014 – 15:28 hs

    Tenho vergonha de ter votado para o Requião em 2010 para o senado. Ele até fala bem, mas se comporta como uma criança.

  29. Marcia Dias
    sexta-feira, 10 de outubro de 2014 – 11:12 hs

    Este sim é o chamado tapa de luvas . Pessuti tem meu respeito!

  30. Elaine
    sexta-feira, 10 de outubro de 2014 – 15:24 hs

    Isso aí Olrlando Pessuti.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*