Paulo Roberto Costa diz que também havia cartéis fora da Petrobras | Fábio Campana

Paulo Roberto Costa diz que também havia cartéis fora da Petrobras

prc
Ex-diretor afirma que prática ocorreu em contratos na Repar e em hidrelétricas ‘no Norte do país’

De O Globo -O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa disse, em depoimento à Justiça Federal do Paraná, que empreiteiras que realizavam obras para a estatal pagavam propinas de 3% dos contratos para os partidos da base governista (PT, PP e PMDB) porque, segundo ele, temiam, em represália, ficar sem receber contratos em outras obras de outros ministérios ou estatais.

— Se as empresas não pagassem as propinas na Petrobras, os partidos políticos não iriam ver isso com bons olhos — disse Costa, que não informou se as empresas pagariam propina em contratos de outras áreas.

Ele afirmou que tentou, sem sucesso, ampliar o número de empresas a serviço da estatal:

— Os interesses mútuos dos partidos, dos agentes públicos e das empresas, visavam não só a obras da Petrobras, mas também em hidrovias, ferrovias, hidrelétricas etc. A Petrobras até tentou quebrar esse cartel, mas, como eu já disse, o número de grandes empresas é de um grupo muito pequeno. Eu até tentei colocar empresas de menor porte nas obas, mas fui tachado de doido, de que eu iria quebrar a cara, porque algumas empresas não iriam dar conta. Algumas quebraram, como a Santa Barbara, a AIT e a Tenassi. Elas quebraram nos contratos com a Petrobras, mas outras foram em frente.

Ao responder ao juiz Sérgio Moro se alguma empresa do cartel se recusou a pagar propina, Costa disse que “nunca aconteceu”. No depoimento, ele insinuou que havia influência dos partidos políticos também em outras obras do governo federal:

— A cartelização funcionava na Petrobras e fora da Petrobras. Funcionou, por exemplo, na Repar (Refinaria do Paraná). Em Angra dos Reis e nas hidrelétricas do Norte do país. Primeiro, as empresas tinham interesses em outros ministérios, capitaneados pelos partidos políticos. As empresas que atuam na Petrobras são as mesmas que atuam em obras de ferrovias, rodovias, aeroportos, portos, usinas hidrelétricas, de saneamento básico, no Minha Casa Minha Vida. Ou seja, em todos os programas a nível de governo tem partidos políticos interessados.

Costa disse que as grandes empreiteiras sabiam que o dinheiro da propina poderia servir para financiar campanhas políticas em 2010. Procurado, o Palácio do Planalto informou que não comentaria o assunto.

Os advogados do engenheiro Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, entraram ontem com ação por crime contra a honra contra Costa no 9º Juizado Especial Criminal do Rio. Afirmam que Costa fez acusações falsas e sem apresentar provas de que Duque participasse de um esquema ilícito.

CERVERÓ CONTESTA ACUSAÇÕES

O advogado de Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da estatal, informou que seu cliente deixou o cargo em 2008, antes do período investigado. No entanto, Costa disse que o esquema passou a funcionar em 2005. Disse ainda que Costa fez declarações “em condições de constrangimento” e que isso pode levar à invalidade das provas.

Um relatório técnico da Polícia Federal esmiuçou números da Unidade de Coqueamento Retardado (UCR), da refinaria Abreu e Lima, obra a cargo do consórcio CNCC, liderado pela Camargo Corrêa. Concluiu que o CNCC repassou pelo menos R$ 38,750 milhões a título de “comissão” pela obra da Unidade de Coqueamento Retardado (UCR) da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

O valor teria sido repassado por meio de uma fornecedora, a Sanko-Sider. Do valor foram descontados impostos e despesas, e R$ 27,7 milhões foram depositados em contas de empresas de fachada controladas pelo doleiro Alberto Youssef. Para a PF, o consórcio também levou vantagem. O lucro, que era de 9,96% do valor previsto no contrato original, com os aditivos que aumentaram o valor da obra chegou a 26%.


6 comentários

  1. sergio silvestre
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 9:30 hs

    O brasil nas mãos deste bandido e do doleiro,nunca seremos uma nação seria,esses dois nos EUA teriam prisão perpetua ou a CIA já teria dado sumiço.
    No dia que a verdade for evidenciada ,os pobres estaram arrependidos por voltar a um tempo negro e insólito.

  2. justino bonifacio martins
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 11:08 hs

    Vejam só a cara do debochado, do canalha. Tão dando muita corda pra esse calhorda; que seja julgado e executado sumariamente e incinerado para não poluir nosso ar.

  3. Palpiteiro
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 13:58 hs

    A criatura parece-se cada vez mais com o criador.

  4. Parreiras Rodrigues
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 14:53 hs

    E quem diria.o x cara pintada Linderberg Faria, que se projetou politicamente quando no comando da UNE, movimentando os estudantes no Fora, Collor, contratou Paulo Roberto Costa para catar dinheiro junto as empreiteiras para tocar a sua campanha – perdida, no RJ.

  5. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 13 de outubro de 2014 – 7:25 hs

    Esperem Por novas e bombásticas not´´icias.

    Dizem que vão abalar as estruturas .

    Não me surpreende a cara de Bun** da Dilma.
    Falam em GOLPE.

    Ela Dilma, não tomou medida alguma para elucidar as denúncias:

    Chamou o Vacari, tesoureiro de sua campanha e do PT?

    NÃO!

    Convocou, urgentemente, a Graça Foster?

    Não!

    Indagou o Lobão, sobre as denúncias?

    Não!

    Chamou o Cerveró, indagando sobre a OMISSÃO das Clausulas odiosas de Pasadena?

    Não!

    Fez teatrinho, solicitando cópia da Delação, mesmo sabendo que a Lei não permite.

  6. segunda-feira, 13 de outubro de 2014 – 11:15 hs

    “Ninguém escapa. Nem um sequer. Mar de lama de corrupção. O unico projeto deles é entrar na máquina pública, aparelhar o Estado, tomá-lo de assalto e distribuir entre os compadres. Se fossemos um País só um pouquinho mais sério. o Lula, a Dilma, e mais meia república presa, direitos politicos cassados, inelegiveis e bens indisponíveis para ressarcimento de parte dos prejuízos causados ao erário público. Joaquim, volta, você está fazendo falta!!!…” – Profº Celso Bonfim

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*