Dilma amplia vantagem entre os dependentes do Bolsa Família | Fábio Campana

Dilma amplia vantagem entre os dependentes do Bolsa Família

dilma - bolsa familia

Da Folha de S. Paulo:

Criado no governo Lula e transformado em uma das principais bandeiras da gestão petista, o Bolsa Família teve mais impacto para ajudar a presidente Dilma Rousseff (PT) a ampliar sua vantagem sobre os adversários nas eleições deste domingo (5) do que no primeiro turno de 2010.

Neste ano, os 150 municípios com maior cobertura do programa federal (famílias atendidas em relação ao total de habitantes) deram à presidente uma votação média de 77,8% dos votos, ou 36,2 pontos percentuais acima da média nacional de 41,6%.

Essa vantagem ficou 7,3 pontos acima da que ela teve na eleição anterior.

Veja o mapa dos votos de Dilma comparado ao mapa da cobertura do Bolsa Família.

Gráfico: Folhapress grafico - bolsa família - folha press


16 comentários

  1. ATENTO
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:02 hs

    NADA MAIS É DO QUE A COMPRA DE VOTOS.ANTIGAMENTE , ERA BOLAS, JOGOS DE CAMISA, DENTADURA,CADEIRA DE RODAS , AGORA É BOLSA FAMILIA, VALE GAS, BOLSA ISTO E BOLSA AQUILO.
    MINHA PERGUNTA É COMPRAR VOTOS PODE????

  2. Saul
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:13 hs

    Pago impostos como milhões de brasileiros naõ recebo bolsa família e nem posso negociar o meu voto por ser crime eleitoral. Agora, trocar bolsa família por voto pode. Sou da opinião de milhares de brasileiros de quem recebe bolsa família deveria ser proibido de votar. É isso mesmo. O governo dos petralhas pede voto abertamente aos beneficiários do bolsa família e não acontece nada? É o maior estelionato eleitoral do mundo. O país precisa passar por reforma política já. Mandato único de cinco anos sem reeleição, fim do senado, voto facultativo, fim da imunidade parlamentar, fim de verbas de representação, fim do auxílio moradia, paletó, viagens e combustível de graça, conta de telefones e celulares, trabalho de gráfica e tantas outras vantagens que dão a esses vagabundos o direito de se perpetuarem no governo hereditário no país. Vejam quantos filhotes de malandros estão assumindo cadeiras este ano. País rico é país sem corrupção e bandidos como existe nesse governo PT. Vai acabar moçada. O povão vai endurecer e entornar o caldo dos vilipendiadores do dinheiro público, podem esperar.

  3. silvano
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:22 hs

    Alguém pode nos esclarecer o que é compra de voto, senão é o que essa pilantra esta fazendo?

  4. Paolo
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:27 hs

    “Criado no governo Lula” NÃO, foi FHC quem o criou!!! O PT colocou uma ETIQUETA, uma grife (como, aliás, também ocorreu noutros programas, tipo Minha Vida, Casa Minha, etc.), no antigo Bolsa Escola, juntando vários programas então existentes num só, BF, desvirtuando-o para funcionar como programa imbatível na compra de votos!!!

  5. LUIZ B.
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:30 hs

    PÕE ESSA CATERVA DE VAGABAS PRA TRABALHAR,QUANTO DINHEIRO ESSA QUADRILHA ROUBA DE NOS PRA SUSTENTAR ESSES PARASITAS.

  6. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:34 hs

    A gauchada já mandou para casa um deles, na foto. Agora falta plantar os pés na bunda dos dois outros.

  7. CORINGA
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:38 hs

    A VASSOURA DEVE ESTAR AO LADO DO PALANQUE

  8. zangado
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 16:54 hs

    Eis o caminho das pedras, mas os dependentes servem aos aloprados e sem recuperação da sua miséria política …

  9. Relho
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 17:02 hs

    Se isso não é compra de votos … O que é ?

  10. segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 17:53 hs

    Bolsa Voto é uma VERGONHA, mas se o PT acha que pode comprar todo munda está muito enganado , o Brasil já mostrou que não quer mais saber dos petralhas

  11. CORINGA
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 18:47 hs

    É A MAIS PURA COMPRA DE VOTOS, PELO QUE EU SEI NÃO PODE DAR NEM CHAVEIRO PARA O ELEITOR MAS PODE DAR BOLSA FAMILIA, ESTRANHO ISTO , NÃO ACHAM???

  12. Beatrix Kiddo
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 19:26 hs

    Amplia vantagem, gente ingrata, quem recebe a BF tem a obrigação moral de votar na companheira, afinal de contas recebe sem precisar trabalhar. Sei que não é muita coisa, mas muita gente tem que ralar muito para também receber pouco.

  13. Sonhador
    segunda-feira, 6 de outubro de 2014 – 20:06 hs

    Um certo regime, sem promessas, construíu a ponte Rio/Niterói, usinas como Itaipu, ponte Brasil/Paraguai, Rodovia Transamazonica, asfaltou o país, de 80 e tantos, fez a economia brasileira passar para a 8* do mundo, acabou com a infração, o país conheceu o telefone, fez ressurgir as áreas sociais, acabou com as greves, assaltos. Será verdade?

  14. tadeu rocha
    terça-feira, 7 de outubro de 2014 – 10:08 hs

    A DILMA AMPLIA A VANTAGEM É NO NORDESTE,,, QUE SOFRE MAIS VOTA NELA MUDA NORDESTE , AJUDE O BRASIL SAIR DESSES LADRÕES ETC. ACORDA NORDESTE CHEGA DE SOFRER….

  15. Freddy Kruger
    terça-feira, 7 de outubro de 2014 – 12:16 hs

    Caro eleitor, o programa bolsa família, foi instituído pelo governo do Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. A diferença do atual, é que o antigo tinha critérios. Era preciso ser verificado o estado de pobreza, todos os filhos deveriam estar na escola, toda família deveria comparacer regularmente no posto de Saúde, reencaminhamento trabalhista e treinamento profissional, entre outros. O governo do PT, muito esperto, viu que era um excelente programa social, e que poderia tirar um grande proveito político disto. Aí, novamente fez o parto, dizendo que era sua cria ! Dando o benefício que todos nós Brasileiros pagamos e sem nenhum critério que o justifique em muitos casos, a não ser a troca por votos, principalmente nos estados menos escolarizados, pois quanto menos escola, saúde, educação e cultura, menos temos de senso crítico ! È importante o programa ? SIM. O PSDB nunca expressou que irá acabar com ele, e sim aperfeiçoá-lo e expandí-lo, com critérios justos para toda a sociedade. A revoltá é que muitos que o recebem atualmente, são de desempregados que não querem voltar a trabalhar, se requalificar, achando que o governo tem o dever se sustentá-los até o resto de suas vidas, dizendo que são excluídos sociais. Eles são nada mais do que vítimas de sua própria preguiça e benesses eleitorais, que em muitos casos devem acabar, pois somos nós (POVO) que pagamos a conta e damos aos políticos e dirigentes a procuração para gerenciar estes mesmos recursos, os quais no mínimo, devem permear por uma gestão honesta, competente e apartidária, priorizando aqueles que realmente necessitam !

  16. Leandro
    sábado, 11 de outubro de 2014 – 19:16 hs

    Só vejo ignorantes comentando aqui. Ninguém sabe nada sobre o programa e fala bobagens o tempo todo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*