Adolescente é assassinado após chutar cachorro de vizinho | Fábio Campana

Adolescente é assassinado após chutar cachorro de vizinho

foto - banda B - cachorro

Da Banda B:

Um adolescente de 16 anos foi assassinado no portão de casa no início da noite desta terça-feira (7) no bairro Guarituba, em Piraquara na região metropolitana de Curitiba. Robson Benjamin Arruda teria sido ameaçado de morte um dia antes depois de ter chutado o cachorro do vizinho. A família acredita que o suspeito seja esse homem que o ameaçou. A mãe entrou em desespero ao ver o filho morto e chegou a ter ataques epiléticos.

O crime aconteceu por volta das 18h30 na rua Ondina Soares Luz. Três homens chamaram o adolescente no portão de casa, e ao ir para fora foi atingido por, pelo menos, dois tiros. Uma equipe do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), do Corpo de Bombeiros, foi acionada, mas Arruda morreu na hora. Os atiradores fugiram a pé e, até agora, não foram localizados.

“A princípio ele foi morto com dois disparos e sem chance à vítima. Pelo que a família contou, ele era trabalhador, estudava e não envolvimento com a criminalidade. Ele tinha tido desavenças com o vizinho um dia antes. A mãe teve ataques epiléticos, precisou ser atendida e agora grita desesperadamente”, disse o tenente Goulart do Batalhão de Polícia de Guarda

Os familiares afirmaram que o adolescente teria discutido com um vizinho por causa de um cachorro, um dia antes do crime. Arruda teria chutado o animal e foi ameaçado de morte. A mãe do garoto estava dentro de casa quando o filho foi baleado e entrou em desespero, ao lado da filha, depois de ver o adolescente morto.

O corpo do adolescente foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) Curitiba e a Delegacia de Piraquara investiga o caso.


5 comentários

  1. Beatrix Kiddo
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 9:25 hs

    A vida do cachorro vale mais do que a vida de um ser humano. Se ainda não estamos vivendo no inferno, estamos chegando bem próximo. Taca le pau tinhoso.

  2. carlos
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 11:30 hs

    se o cara bater no meu cachorro tambem pode se acertar com o capeta porque eu mando o fdp prara la com um balaço na testa do caboclo.

  3. Kandero
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 15:02 hs

    Beatrix – Com todo respeito não se trata de avaliar o que vale mais. É inadmissível a violência, seja ela nos homens ou a qualquer ser vivo. Não se admite a morte de forma banal, nem tampouco a agressão a animais, apenas chutar por chutar!

  4. protetora
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 15:21 hs

    maltrata um ser indefeso.. levou a pior…

  5. Mírian Waleska
    quarta-feira, 8 de outubro de 2014 – 17:26 hs

    Esse país virou mesmo um antro de bandidos, por causa de um pulguento tiram a vida de um ser humano. Tenho nojo de ver gente lambendo cachorro, tenho nojo de ver gente dormindo com cachorro na cama e tratando como se fosse gente só para aparecer. Maltratar não se deve, mas cada qual no seu lugar, tem gente que prá aparecer trata cachorro como se fosse uma criança, vão prá P.Q.P. adote uma criança abandonada, dê comida e roupa prá uma criança. Tem muitas Ong’s por aí que se encostam nessa de proteger e colhem todas as benesses, grana, no fundo o que querem mesmo é a grana que as ong’s recebem. gente falsa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*