'Trem Pé Vermelho será realidade com Richa', diz Cida | Fábio Campana

‘Trem Pé Vermelho será realidade com Richa’, diz Cida

Trem_Pe_Vermelho

A candidata à vice-governadora na chapa de Beto Richa (PSDB), Cida Borghetti (Pros), afirmou, nesta quinta-feira (18), em Apucarana, que o Trem Pé Vermelho, trem de passageiros que ligará as regiões metropolitanas de Maringá e Londrina vai se tornar realidade com Beto Richa: “Serei a parceira de Beto nessa obra e serei incansável no trabalho pela construção da tão sonhada ferrovia”. O trem é uma reivindicação de mais de 30 anos da região e vai cortar 13 municípios do Noroeste, Norte e Vale do Ivaí.

Cida fez campanha nesta quinta nas cidades que serão cortadas pelo trem. Foram 11 municípios em um dia marcado com reuniões, entrevistas, carreatas e caminhadas. O percurso iniciou logo cedo com uma concentração em Maringá e seguiu por Sarandi, Marialva, Mandaguari, Jandaia do Sul, Cambira, Apucarana, Arapongas, Rolândia, Cambé e terminou à noite em Londrina.

As agendas foram acompanhadas por prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, empresários,candidatos da coligação e lideranças regionais. “Quero firmar o compromisso de trabalhar por essa que é uma das obras mais importantes para as regiões Noroeste, Norte e Vale do Ivaí”, disse Cida.

TREM – A obra de cerca de 150 quilômetros passa por 13 municípios e está estimada em R$ 700 milhões. Foi considerada pelo BNDES como a de maior viabilidade econômica entre 14 trechos estudados em todo o país. A previsão é de que sejam transportados mais de 34 mil passageiros por dia.

A deputada federal lembrou ainda que já há verbas destinadas para a execução do projeto da obra. “Já conseguimos junto ao Ministério das Cidades a liberação de R$ 10,7 milhões para a execução do projeto e nos próximos anos vamos trabalhar pela construção da obra”.

Cida citou também os benefícios diretos do trem de passageiros para os municípios e para a população das regiões. Segundo ela, haverá avanços na rapidez, conforto e qualidade do transporte entre as cidades. “Mas acima de tudo, estaremos criando oportunidades, aumentando a competitividade das regiões para atrair indústrias e também integrando faculdades e universidades. Essa integração entre as regiões metropolitanas de Maringá e Londrina vai incentivar a criação de uma grande metrópole linear no Norte do Paraná”.

O projeto – recordou Cida – conta com o apoio das Associações Comerciais de todos 13 municípios.

PREFEITOS – A notícia do compromisso de Beto e Cida pela execução da obra motivou prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. O vice-prefeito de Sarandi, Luiz Carlos Aguiar (PPS), disse que “o Trem Pé Vermelho é um sonho para Sarandi e região. Uma obra fundamental para a melhoria da infraestrutura”.

O compromisso também foi elogiado pelo prefeito Carneiro (PTC) de Jandaia do Sul. “Conhecemos o histórico de trabalho da Cida e do governador Beto Richa. Jandaia avançou muito com as parcerias com o governo Beto Richa e vai avançar mais”. A necessidade do Trem Pé Vermelho ainda foi destacada pelos prefeitos de Marialva, Edgar Silvestre (PSB); de Rolândia, Johnny Lehmann (PTB) e de Cambé, João Pavinato (PSDB).

CIDA NA ESTRADA – A viagem faz parte de um roteiro iniciado há quatro semanas que já passou pelos municípios de Campo Mourão, Pitanga, Guarapuava, Ponta Grossa, Paranavaí, Cianorte, Umuarama, Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Pato Branco, Bandeirantes, Andirá, Cambará, Jacarezinho, Santo Antonio da Platina, Joaquim Távora, Arapoti, Jaguariaíva, Piraí do Sul, Castro, Carambeí, Morretes, Paranaguá, Matinhos, Guaratuba, Campina Grande do Sul, Quatro Barras, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Balsa Nova, Campo Largo, Araucária, Lapa, São Mateus do Sul, União da Vitória, Telêmaco Borba, Tibagi e Ortigueira.


2 comentários

  1. sergio
    sexta-feira, 19 de setembro de 2014 – 12:40 hs

    Avisa a Cida que a verba para o Trem
    Pé Vermelho é Federal.

    Então se for sair, saí com qualquer um
    que assuma o governo.

  2. Paulo Nascimento
    sexta-feira, 19 de setembro de 2014 – 14:01 hs

    Nós Engenheiros vamos estar na frente desta importante obra planejando,projetando,levantando os custos e executando, pois este é o nosso papel e o Eng.Beto Richa tem esta visão global e política de fazer acontecer. Aliás o Paraná é um dos poucos estados do Brasil,altamente qualificado na área de Engenharia para realizar projetos de grandeza. Itaipú é o maior exemplo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*