Terceirizados da poda de árvores protestam por salários atrasados | Fábio Campana

Terceirizados da poda de árvores protestam por salários atrasados

prefeitura - gazeta - protesto

Da Gazeta do Povo:

Cerca de 120 funcionários terceirizados da poda de árvores e coleta de resíduos vegetais protestam desde o meio-dia desta quinta-feira (25) em frente à Prefeitura de Curitiba, que fica no bairro Centro Cívico. Eles alegam que estão com os salários atrasados e contestam uma possível demissão de 200 trabalhadores.

A assessoria de imprensa do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação (Siemaco), que representa a categoria, explicou que a Prefeitura de Curitiba tem feito os repasses mensais às empresas prestadoras de serviço com atraso. Além disso, um projeto de reduzir postos de trabalho da coleta vegetal já teria levado ao agendamento de 200 demissões. A redução, conforme o Siemaco, está prevista principalmente em áreas de escolas e postos de saúde do município.

Segundo o representante de uma das empresas contratadas pela administração municipal, Marcelo Ribeiro, da empresa Urbanistic, os repasses da prefeitura pela prestação dos serviços está atrasado. O sindicato confirmou que neste mês de setembro ainda não foi pago o vale-alimentação.

Os trabalhadores que protestam nesta quarta-feira são vinculados a três das nove empresas diferentes que prestam serviços para a administração municipal. Os manifestantes trouxeram dez caminhões usados em seu serviço cotidiano e promovem buzinaços em frente ao prédio.

A Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) informou que, por causa da manifestação, há bloqueio total da rotatória na Avenida Cândido de Abreu, em frente à prefeitura.

Em nota, a Prefeitura de Curitiba informou que vai retomar na próxima segunda-feira (29) os pagamentos as empresas da área de manutenção urbana, e que o atraso ocorreu por causa de alterações no fluxo de caixa do Município. Segundo a assessoria de imprensa, a Prefeitura trabalha para conter gastos e otimizar os recursos disponíveis, de forma a fazer frente à situação.

Segundo a Prefeitura, representantes das empresas foram recebidos na tarde desta quinta-feira (25) pelo secretário municipal de Governo, Ricardo Mac Donald Ghisi, e informados sobre os pagamentos.


2 comentários

  1. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 26 de setembro de 2014 – 7:36 hs

    E o FRUET, disse alguma coisa?

    NÃO!

    É prefeito para eventos, festas e inaugurações.

    Na hora de tomar alguma posição, ele foge, manda o “Macdonaldo”

  2. QUEM É QUE ASSINA O CHEQUE?
    sexta-feira, 26 de setembro de 2014 – 12:00 hs

    Este prefeito incompetente nomeou a irmã dele Eleonora Fruet como caixa da prefeitura e é ela que não paga as contas. Se fosse na iniciativa privada, ela seria demitida ou teria que pagar as multas e juros por atrasos nos pagamentos, mas aqui não. A irmã da chefe de gabinete dela á funcionária fantasma do Tito Zeglin e mesmo não trabalhando o salãrio dela é pago todo mês. MINISTERIO PUBLICO VAMOS INVESTIGAR ISSO AGORA?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*