Petrolão: Gilberto quer aproveitar escândalo para garantir ainda mais privilégios a seu partido | Fábio Campana

Petrolão: Gilberto quer aproveitar escândalo para garantir ainda mais privilégios a seu partido

De Reinaldo Azevedo, Veja:

Sempre que Gilberto Carvalho fala, o mundo, o Brasil em particular e, muito especialmente, a política se tornam menos pudorosos, menos decentes, menos inteligentes e inteligíveis, menos sensatos, menos honrados. É impressionante a capacidade que este senhor, que é secretário-geral da Presidência, tem de penetrar no terreno do grotesco, do absurdo e do asqueroso. Neste domingo, algum figurão do Planalto tinha de vir a público para tentar dar uma resposta às graves acusações que Paulo Roberto Costa, o engenheiro da Petrobras que está preso, fez em depoimentos à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal. Ora, para tarefa tão espinhosa, só mesmo alguém da, digamos, estatura de Carvalho.

Segundo Paulo Roberto, as empreiteiras que faziam negócios com a Petrobras pagavam uma comissão a um grupo de políticos que incluía três governadores de Estado, seis senadores, um ministro, um ex-ministro, 25 deputados e o tesoureiro de um partido. É o petrolão. O esquema fraudulento funcionou nos oito anos do governo Lula — que, afirma Paulo Roberto, sempre soube de tudo — e estava a pleno vapor na gestão Dilma, até ser desbaratado pela Polícia Federal. A denúncia atinge em cheio três partidos: PP, PMDB e, muito especialmente, o PT.

A candidata Dilma Rousseff falou sobre o assunto — o que deixo para outro post. Carvalho se manifestou, reitero, como a voz do governo. E não viu mal nenhum em falar uma penca de barbaridades, que indicam o buraco no qual o país pode estar a se meter caso Dilma Rousseff seja reeleita.

Gilberto Carvalho, acreditem, para escândalo da lógica, do bom senso e da vergonha na cara, disse o seguinte: “Enquanto houver financiamento empresarial de campanha, e as campanhas tornarem-se o momento de muita gente ganhar dinheiro e de se mobilizarem muitos recursos, eu quero dizer: não há quem controle a corrupção enquanto houver esse sistema eleitoral. Isso é com todos os partidos. Não há, infelizmente, nenhuma exceção”. O que Carvalho está dizendo é o seguinte: “Nós, do PT, somos corruptos, sim, mas todos são”.

Ora, o que o financiamento privado de campanha tem a ver com o antro em que se transformou a Petrobras? Digamos que o dinheiro do estado financiasse os partidos. Será que a empresa estaria protegida contra larápios? A resposta, obviamente, é “não”. Ao contrário: no dia em que o financiamento privado for proibido, aumentará o volume de caixa dois nas campanhas, e as estatais estarão ainda mais sujeitas ao assalto.

Para lembrar: a lista dos que receberiam propina do Petrolão inclui, entre outros, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu num acidente aéreo no dia 13 de agosto, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), e Sérgio Cabral, ex-governador do Rio (PMDB). Paulo Roberto acusa ainda Edison Lobão, atual ministro das Minas e Energia, e atinge o coração do Congresso: estão no rol o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e o do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). PT, PMDB e PP seriam os três beneficiários do esquema, que teria também como contemplados os senadores Ciro Nogueira (PP-PI) e Romero Jucá (PMDB-RR), e os deputados João Pizzolatti (PP-SC) e Candido Vaccarezza (SP), além de João Vaccari Neto, tesoureiro do PT.

Carvalho tentou, adicionalmente, desqualificar a acusação, como se tudo não passasse de uma tramoia da oposição. Até parece que Paulo Roberto Costa procurou a sede do PSDB para fazer sua denúncia. Errado! Ele já gravou 42 horas de depoimentos à Polícia Federal e ao Ministério Público.

Um dos principais ministros de Dilma, vejam vocês, quer aproveitar mais um escândalo que pega em cheio o PT como pretexto para fazer uma reforma política que privilegiaria o seu partido e ainda elevaria exponencialmente o volume de caixa dois nas campanhas, o que deixaria as estatais ainda mais sujeitas à sanha dos companheiros.


9 comentários

  1. araujo
    segunda-feira, 8 de setembro de 2014 – 18:15 hs

    Este senhore é o sindico dos esgotos do PT com toda certeza.Seu dia ainda chegará e está muito próximo.É O IMEDIATO DO CHEFE LULA.

  2. Beatrix Kiddo
    segunda-feira, 8 de setembro de 2014 – 21:08 hs

    O povo já está vacinado contra escândalos como este, ninguém duvida mais de nada. E sabemos como tudo termina sempre, em nada. Os condenados, quando existem, vão parar lá naquela pensão conhecida como Papuda. E fica o dito pelo não dito.

  3. Palpiteiro
    segunda-feira, 8 de setembro de 2014 – 21:24 hs

    O governo vai jogar pesado e tentar intimidar a imprensa investigando o “vazamento” da delação premiada. A KGB do lulopetismo vai entrar em ação para desmoralizar o carteiro.

  4. segunda-feira, 8 de setembro de 2014 – 22:09 hs

    Quando um cidadão de um Estado torna-se Ministro era, no meu tempo da boa política, uma satisfação e uma honra, também ficávamos honrados por ter um conterrâneo nos representando. Há poucos dias atrás tínhamos dois Ministros, hoje somente um, que diga-se de passagem, não vale nem meio. E, o que é pior, o meesmo é subserviente do PT e da Presidência. Quando o mesmo abre a boca é triste ouvir o que o mesmo fala. Só diz bobagem, tenta, de maneira debochada e sem argumentos válidos, denegrir a denúncia do CARLOS ROBERTO COSTA. Esquece que a PF e a Justiça Federal tem todos os nomes desses assaltantes do dinheiro do povo. Não há o que negar. O estrago vai ser tão grande que a DILMA nem sequer irá para o 2° turno. CALA-TE GILBERTINHO, pois você está nos decepcionando bem como a todos os brasileiros. Não queira blindar e defender àquilo que é INDEFENSÁVEL, POIS AS PROVAS CONTRA TODOS JÁ ESTÃO A CAMINHO.

  5. FUI !!!
    terça-feira, 9 de setembro de 2014 – 5:53 hs

    O que mais nos envergonha é saber mais uma vez das falcatruas do
    PT e a duplinha Lula / Dilma afirmando de cara lavada que não sabiam
    de nada. Quando eu digo que tenho saudade da ditadura não é por
    achar que a ditadura é melhor. É simplesmente por achar que neste
    mundo democrático onde existe o bem e o mal, deveria sempre preva-
    lecer o bem, porem o que está acontecendo é que a turma do PT con-
    seguiu transformar este Brasil em um mundo sujo e de roubalheira
    escancarada que assemelha-se ao tráfico de drogas. Sabemos que
    existe e não podemos fazer nada… Se fosse na ditadura estes caras
    já estariam a sete palmos abaixo do chão !!!

  6. Johan
    terça-feira, 9 de setembro de 2014 – 8:09 hs

    Caro FABIO e eleitores. Há necessidade de entendermos o “mal – lulo-petismo”, como um “cometa”. O cometa aparece no espaço, provoca panico, desajusta a sociedade do outro planeta, provoca vendavais e muito prejuizo e segue em frente o seu caminho para retornar no prazo de 1.500 anos. Há necessidade de auxiliarmos a nova rota dos petistas, pois com os recursos arrecadados já poderão sobreviver nesse período. Atenciosamente

  7. tadeu rocha
    terça-feira, 9 de setembro de 2014 – 8:55 hs

    QUANTO MAIS APARECE ESSAS COISA QUE DEIXA O BRASIL RUIM ESSES ESCÂNDALO . PARECE QUE OS BRASILEIROS GOSTAM MAIS, ACORDA BRASIL CHEGA … DE TANTOS ROUBOS,,, ACORDA NORDESTE …

  8. junior
    terça-feira, 9 de setembro de 2014 – 10:40 hs

    meu deos!! Que raciocínio raso!

  9. terça-feira, 9 de setembro de 2014 – 14:03 hs

    E claro, parafraseando o canalha mor desta corja de gatos inimputaveis a Presiddnte disse que nao sabia dd nada e pede para a PF uma colinha do inquérito para que os seus juristas de plantão busquem ou criem situações no inquerito para transformar mais essa folia financeira noutra pizzaria vagabunda e tomada pelas ratazanas de unhas bem feitas, bigodes e sobrancelhas bem apradas, exalando odores de grife, usando reluzentes colarinhos branco, que proliferam nos esgotos de Brasilia. Ima hora ate a casa desta corja cai!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*