Ney Leprevost faz apelo por campanha limpa, sem 'santinhos' no chão | Fábio Campana

Ney Leprevost faz apelo por campanha limpa, sem ‘santinhos’ no chão

santinhos chão - foto G1

A exemplo do que já fez em anos anteriores, o deputado estadual Ney Leprevost está lançando campanha nas redes sociais contra a tradicional “forração” de santinhos no chão das cidades na madrugada que antecede a eleição.

Como secretário-geral do PSD, o parlamentar também está orientando aos candidatos de seu partido para que sejam rigorosos com seus cabos eleitorais, determinando que não utilizem esta prática que suja as cidades e entope os bueiros.“Sei que o controle é difícil, mas temos que tentar. Esta é uma prática política atrasada, poluidora e ineficiente”, afirma Ney.

Nas eleições de 2012, a Prefeitura de Curitiba recolheu cinco toneladas de santinhos nas ruas da cidade. Uma equipe de 500 garis foi necessária para limpar a capital paranaense.


7 comentários

  1. CORINGA
    sábado, 20 de setembro de 2014 – 12:48 hs

    DEPUTADO TEM MEU TOTAL APOIO A SUA CAMPANHA.É JUSTO E MUITO CERTO NÃO CONHEÇO NINGUÉM QUE JUNTOU PANFLETOS NO CHÃO PARA ESCOLHER SEU CANDIDATO E FICA UMA SUJEIRA ALEM DE AJUDAR A ENTUPIR RALOS , BUEIROS E ESGOTOS.

  2. Ederlei Moresco
    sábado, 20 de setembro de 2014 – 14:05 hs

    O nobre deputado podia começar tirando os seus próprios cavaletes da esquina das ruas João Tschannerl com a Major Virgolino Esmanhotto, antes que provoque um sério acidente no local, pois prejudicam a visibilidade de quem vai cruzar a via.

    Tanto lugar pra por tem que por justo onde atrapalha a visão do motorista.

  3. Helena
    sábado, 20 de setembro de 2014 – 15:33 hs

    Campanha limpa, o PT jogando sujo?! A outra sujeira é muito pior que essa! Não desmerecendo o seu apelo que é também muito válido.

  4. Lea
    sábado, 20 de setembro de 2014 – 20:28 hs

    Estou com Ney e não abro .

  5. Vigilante do Portão
    domingo, 21 de setembro de 2014 – 7:32 hs

    Também tenho objeções aos “santinhos” e aos cavaletes.

    Tenho esperança que, vendo a inutilidade dos 2 mecanismos, sejam abolidos.

  6. Paulo
    domingo, 21 de setembro de 2014 – 12:22 hs

    Demagogia pura! Eleição passada foi a mesma coisa e suas dobradinhas (Ney Leprevost) estavam recheando as ruas de Curitiba. Chega de hipocrisia, a sociedade curitibana agradece.

  7. domingo, 21 de setembro de 2014 – 12:25 hs

    EU DOU UMA SUGESTÃO..NAO VOTAR NOS SANTINHOS QUE ESTÃO JOGADOS NO CHÃO….O POLITICO TEM QUE VOLTAR A SER COMO ANTIGAMENTE..ELE IA FAZER CAMPANHA DE CASA EM CASA CONVERSANDO SOBRE SUAS PROPOSTAS ETC..DAI SIM,,SERIA LEGAL..NÉEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*