Richa promete duplicar mais 750 km de rodovias | Fábio Campana

Richa promete duplicar mais 750 km de rodovias

beto richa duplicar

O governador Beto Richa (PSDB) anunciou nesta terça-feira (16), durante palestra no Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná) que vai duplicar 750 quilômetros de rodovias até 2018, com recursos próprios do Estado, das empresas concessionárias ou em parcerias público-privadas.Também será ampliada a recuperação de estradas rurais e implantado um programa de segurança rodoviária, com a construção de acostamentos, ciclovias e pistas para pedestres e recuperação de pontes.

“Hoje, a malha rodoviária do Paraná passa pelo maior programa de duplicações dos últimos 25 anos. E o trabalho vai continuar. Investimos em infraestrutura para melhorar as condições e reduzir o custo de produção no Paraná”, disse Beto Richa, que recebeu um documento do Sinduscon com as principais revindicações do setor. Ele respondeu perguntas dos participantes e falou da boa relação que tem com o setor da construção civil. “Sempre respeitei esta entidade, que deu importantes contribuições para nossas gestões”, destacou Beto Richa, que é engenheiro civil.

As principais rodovias que cortam o Estado passam por obras de duplicação. Na Rodovia do Café (BR-376) serão duplicados 231 quilômetros entre Ponta Grossa e Apucarana, com investimento de R$ 1 bilhão. Na mesma rodovia BR-376 também estão sendo realizadas as obras do contorno de Mandaguari e a duplicação entre Jandaia do Sul e Apucarana. Na BR-277 está em andamento a duplicação de 6,7 quilômetros entre Guarapuava e o distrito do Relógio.

Outra obra de destaque na RMC é a duplicação de 6,5 quilômetros da Rodovia da Uva (PR-417), entre Curitiba e Colombo. Serão investidos R$ 35 milhões com recursos próprios do governo estadual. Na região de Curitiba, serão duplicadas ainda as rodovias dos Minérios, entre Curitiba a Rio Branco do Sul, e a João Leopoldo Jacomel, entre Curitiba e Piraquara. Além dessas, no interior o governo está duplicando a PR-445, entre Londrina e Cambé, e a PR-323, entre Maringá a Paiçandu. Obras com recursos do Governo do Estado.

Beto Richa vai duplicar três trechos de rodovias em parceiras público-privadas. A PR-092, entre Jaguariaíva e Santo Antonio da Platina, a PR- 182 e PR-280, entre Realeza e Palmas, e a PR-323, entre Paiçandu a Francisco Alves. “A PR-323 terá o melhor projeto de rodovia do Brasil, com 41 viadutos e trincheiras”, explicou.

O governador falou ainda dos investimos em ferrovias, aeroportos, estradas rurais e portos. “Com uma gestão ética e profissional, tiramos o Porto de Paranaguá das páginas policiais e acabamos com as longas filas com recordes anuais de movimentação”. O presidente do Sinduscon, José Eugenio Gizzi, agradeceu a participação do governador e destacou o importante canal de diálogo existente hoje no governo estadual. “O Paraná tem avançado e hoje o setor tem representatividade no Estado. O Beto é engenheiro civil e conhece muito nossas necessidades”, avaliou o Souza.

ENCONTROS – Depois da palestra no Sinduscon, o governador Beto Richa teve três encontros em Curitiba com lideranças da União Geral dos Trabalhadores (UGT), empresários do Boqueirão e com revendedores de combustíveis. Richa fez um balanço dos investimentos em segurança, saúde, habitação e assistência social e falou das dificuldades financeiras que herdou. “Assumimos o governo com uma grande crise de confiança e financeira, com uma dívida de R$ 4,5 bilhões. O setor produtivo tinha temor do governo pela falta de respeito, diálogo e segurança jurídica. Resgatamos a confiança e o Paraná voltou a ser uma terra promissora”, avaliou o governador. Em quatro anos, foram atraídos mais de R$ 35 bilhões em novos investimentos.

O maior ciclo industrial da história. “As novas empresas se traduzem em mais empregos e geração de impostos. Aumentando as receitas você tem mais recursos para investir em escolas, estradas e postos de saúde. Esse é um dos meus principais legados no governo estadual”. Richa garantiu que a assistência social será o legado da sua próxima gestão. A meta é tirar mais de 200 mil pessoas da miséria com o programa Família Paranaense.


14 comentários

  1. quarta-feira, 17 de setembro de 2014 – 14:29 hs

    Cá entre nós, não suporto mais o horário eleitoral.
    São sempre os mesmos, prometendo as coisas de sempre —que jamais o eleito vai cumprir.
    *Ainda não defini se o horário eleitoral é comédia, terror, ou campeonato de mentiras.

  2. Diego
    quarta-feira, 17 de setembro de 2014 – 14:37 hs

    Fábio, vc tem alguma informação sobre a estrada do Cerne?

    Obrigado

    Um abraço

  3. Paulo
    quarta-feira, 17 de setembro de 2014 – 15:58 hs

    Prometer ele promete mas quem diz que cumpre?

  4. zangado
    quarta-feira, 17 de setembro de 2014 – 17:41 hs

    Agora vai !
    Nunca antes no Paraná a coisa acontece como na época de eleição.
    Agora vai !

  5. DJAIR
    quarta-feira, 17 de setembro de 2014 – 22:23 hs

    Politico é igual verme, só aparece quando o defunto da podre,suga tudo e desaparece, parecem papagaio de pirata ou seja pra mim só fazem peso na terra.

  6. Denilson Pires da Silva
    quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 1:28 hs

    Boa noite Fabio , a reunião não foi com Comerciantes e empresários do Boqueirão e sim do Sitio Cercado , Bairro novo , Ganchinho e Umbará , foram 372 comerciantes , no aniversario de 25 anos do Jornal O Bairro , bodas de prata e da 7 anos da RBN 98,3 FM, Radio Bairro Novo .

  7. Denilson Pires da Silva
    quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 1:29 hs

    A foto a cima e do aniversario do Jornal O bairro o primeiro jornal de bairro de Curitiba .

  8. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 10:25 hs

    Paulo e Zangado: Somem os kms feitos em 12 anos pelo Requião e os feitos em 4 pelo Beto…

    É preciso atentar para essa diferença. O troglodita governou uma dúzia de anos, três mandatos. Se a gente não for naquela conversa mentirosa dele de melhor educação, melhor segurança, melhor porto, melhor saúde, facilmente se conclui que o resultado não é lá essas coisas.

  9. quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 10:39 hs

    Para Pitanga nada né Governador?

  10. quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 10:43 hs

    Regional da Saúde,Asfalto para Barra Bonita a Mato Rico.

  11. Paulo
    quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 14:09 hs

    Parreiras, eu trabalho no porto e posso lhe garantir que o Requião acabou com as filas de caminhões, pavimentou as vias de acesso, garantiu o porto público, entre outras melhorias.
    O desgovernador atual diz que aumentou a exportacão de grãos, o que não é verdade, que fez a dragagem(esquece de dizer que usou 4 dragas para fazer o servico de uma, entre outras mentiras.

  12. jose marcos
    quinta-feira, 18 de setembro de 2014 – 22:59 hs

    QUEM TA DUPLICANDO AS RODOVIAS SÃO AS CONCESSIONÁRIAS …..EM 1997/1998 QUANDO O ENTÃO GOVERNADOR JAIME LERNER VENDEU NOSSAS ESTRADAS AO MEGA-EMPRESÁRIOS ELES TINHAS 20 ANOS PARA DUPLICAR, DEIXARAM PRO FINAL, BEM RO FINAL A OBRA.

  13. Rodoufo
    segunda-feira, 29 de setembro de 2014 – 10:42 hs

    duplicar rodovia federal pedagiada com dinheiro do estado? Que barbarismo!

  14. Carlos
    terça-feira, 30 de setembro de 2014 – 16:27 hs

    É difícil acreditar, ele não duplicou praticamente nada em quatro anos e agora promete (mente) que vai duplicar 700 Km. Tem gente dizendo que ele duplicou 270 Km de estradas. Eu conheço bem o estado e viajo muito de carro. Onde foi isso???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*