TRE nega censura ao canal 'Xô Requião' | Fábio Campana

TRE nega censura ao canal ‘Xô Requião’

O juiz Leonardo Castanho Mendes, do TRE, negou em primeira decisão a retirada do ar do canal “Xô Requião” no YouTube. O pedido havia sido feito pelo candidato do PMDB Roberto Requião (PMDB). O “Xô Requião” contem vídeos que relatam entrevistas do candidato do PMDB em rádios do Paraná e também sobre o caso envolvendo a utilização de R$ 8 milhões em recursos do Governo para trato de 88 cavalos do ex-governador em seu último mandato. O canal pode ser acessado no link http://www.youtube.com/user/xorequiao

“Ademais, como já registrado, as matérias veiculadas no canal “Xô Requião” indicadas pelo autor na inicial ou constituem manifestações do próprio representante (cuja deturpação intencional não vem demonstrada) ou constitui (Requião e o funk do cavalinho) notícia satírica a respeito de denúncia feita pelo Ministério Público sobre fatos ocorridos quando o representante era Governador de Estado”, diz o juiz em sua decisão.

Este é um dos vídeos publicados no canal:


Um comentário

  1. Haydn
    quinta-feira, 21 de agosto de 2014 – 23:39 hs

    Na verdade, a balança do povo deve julgar as atitudes dos políticos;
    Privatizar os bens Estatais ao Capital Externo deve ser considerado “um pecado sem purgatório na política brasileira”;
    Essa ideologia precisa ser banida do escopo administrativo do Pais, que tem redundado nas maiores falcatruas já praticadas e na entrega total do Pais às multinacionais; Essa teoria do Estado Mínimo sempre vem à discussão, ” e a gora é moda DEMOCRATAS DEFENDEREM ESTADO MÍNIMO??” ; (Pior que a corrupção das ambições humanas, à representação teatral dos atores “e impostores de coração internacional” nos excecutivos Brasileiros”;;

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*